.
Conheça três versões sobre o Espírito Santo

Conheça três versões sobre o Espírito Santo

Você sabia que muitas são as religiões que acreditam na presença do Espírito Santo? Acontece que entre elas existem algumas peculiaridades sobre a crença de que “Ele está no meio de nós”. Há visões diferentes sobre ele.

É muito importante ressaltar que estas diferenças não devem ser exaltadas ou menosprezadas. Apenas as mostramos aqui para que possamos todos ampliar nossa visão e compreensão também sobre outras religiões.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Visão cristão do Espírito Santo

Na tradição cristão, o Espírito Santo é denominado como a terceira pessoa da Santíssima Trindade. Ele está ao lado de Deus Pai que está no Céu e que é criador do Universo, assim como ao lado de Deus Filho.

Para o cristianismo, o Espírito Santo é uma das formas de manifestação divina neste plano, o plano físico. Ele é recebido pelos cristãos por meio do sacramento do batismo, e depois por meio do sacramento da crisma.

Dentro da tradição cristão também se acredita que é ele quem nos concede dons para o crescimento pessoal, tais como a sabedoria, a ciência, a piedade, o entendimento, o temor a Deus, a fortaleza, a interpretação de línguas, entre outras.


Visão de Ramatís

No livro “O Evangelho à Luz do Cosmo”, Ramatís diz que o Espírito Santo é uma das manifestações divinas. Ele é um dos aspectos de Deus, assim como da Inteligência Suprema que zela pelo Universo assim como por tudo que existe.

Segundo o autor, o dogma da “Santíssima Trindade”, que é adotado e cultuado pelos católicos, equivale ao dogma da “Trinamurti”, que é proclamado e admitido pelos hindus, assim como por outros povos asiáticos.

Enquanto os hindus devotam a trindade Brahma, Shiva e Vishnu; o Budismo se refere a Anútaba, Avalokiteshavara e Naudjousri; e os católicos ao Pai, Filho e Espírito Santo.


Leia também: O Salmo 68 e a glória divina sobre os inimigos e dificuldades


Visão esotérica

Quando Jesus foi batizado, aos 30 anos de idade, ele recebeu o Espírito Santo. Foi só então que passou a ser chamado de Jesus Cristo, pois o Cristo entrou em seu corpo. Este é o grande acontecimento do sacramento do batismo: receber o Cristo, que é chamado de Espírito Santo pelas religiões cristãs.

Mas afinal, porque Cristo e Jesus são pessoas diferentes? Segundo a igreja católica, o Espírito Santo é um mistério. Contudo, nas correntes filosóficas é fácil seu entendimento. O Espírito Santo é a força que nos mantém vivos. Ele é a força que move toda a Terra. É o Cristo Planetário, o Espírito da Terra.

O Espírito Santo habita em cada um de nós e é por isso que no rito católico se afirma: “Ele está no meio de nós”. Ele é a inteligência divina que habita e comanda nosso planeta, assim como rege as leis naturais daqui, tal como o karma – que cada um tem o seu.

No esoterismo ao se falar do Espírito Santo estamos falando sobre o Cristo Planetário, mas também sobre outros Cristos, o Cósmico, o Solar, o Universal. É através da inspiração do Espírito Santo que conseguimos descobrir nossa missão na Terra. E é a energia dele que nos dá o livre-arbítrio e assim nos permite sermos indivíduos com autonomia.


Leia também: Encontrando a graça e proteção divina através do Salmo 121


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!