.
Cigano Ramires (ou Ramirez)  - cigano que sobreviveu ao acidente de trem

Cigano Ramires (ou Ramirez) - cigano que sobreviveu ao acidente de trem

A história do Cigano Ramires

O cigano Ramires é filho do velho Cigano Bergem com a jovem Cigana Gênova. Ele possui uma irmã mais velha, a Huélva e em junho de 1580 o pequeno Cigano Ramires veio ao mundo. Era um menino bonito, de pele morena clara e olhos esverdeados. A família vivia em perfeita harmonia. Apesar do Cigano Bergem ser muito mais velho que a cigana Gênova, havia muita amor entre o casal e eles estavam muito felizes com a família que estavam construindo. Quando Ramires tinha 4 anos de idade e sua irmã 6, a família estava viajando de trem para Madri. No meio da viagem, o tempo virou e uma tempestade fortíssima caiu. Tudo ficou muito escuro, não se via nada, a estrada virou lama e os vagões do trem deslizavam pela pista.

Descubra agora o Cigano que protege o seu Caminho!

Em um certo momento, o pior aconteceu, o trem tombou e a família ficou debaixo do vagão. Bergem, Gênova e Huélva morreram na hora e apenas o pequeno Ramires sobreviveu. O cigano Pedrovik, irmão de Bergem, veio ajudar, mas nada mais pôde fazer além de colocar os corpos da família no vagão e amparar Ramires. Ramires não tinha nem um arranhão no corpo, o que parecia obra de um milagre. Pedrovik então passa a criar Ramires, mas depois desse trágico acidente, a criança nunca mais foi a mesma. Era um menino muito calado, vivia isolado, e tinha comportamento muito diferente das outras crianças de sua idade. Com a maturidade, Ramires se tornou um homem feito mas ainda muito calado, de poucas palavras e que se isolava do restante do grupo.

Um dia, seu tio e protetor Pedrovik chamou-lhe para conversar:

“- Vamos conversar, meu filho. Já és um homem e eu decidi que irás casar com a minha protegida Zanair, neta da falecida Zaira.”

Ramires não ficou animado nem se opôs, aceitou a decisão do seu tio. O Casamento foi realizado em abril de 1610, na primavera. Em Madri. Foi uma cerimônia tradicional, Zanair estava belíssima com uma túnica toda bordada de pedras, saia muito rodada que reluzia o fogo da fogueira ao dançar. Uma cora de flores naturais em tons claros aumentava ainda mais a sua beleza.

Depois de realizado o ritual de união dos dois, Pedrovik deu ao casal dois potes cheios de grãos, para que nunca faltasse alimento na sua tenda. Em seguida, Zimbia Taram, uma cigana idosa do grupo, cortou um fio de cabelo de Ramires e outro de Zanair; colocou-os dentro de um copo de cristal junto com os fios de crina de cavalo e de égua e outros objetos; e fez a magia do amor para que sempre houvesse sexo entre o casal, e para que eles tivessem muitos filhos.

E o feitiço funcionou muito bem, Zanair e Ramires tiveram 9 filhos saudáveis que nasceram nesta ordem: Izalon, Pogiana, Tarim, Tainara, Tamíris, Diego, Thaís, Lemiza e Thalita.

Para Ramires, tudo foi uma novidade. Ele que sempre foi uma pessoa reclusa e solitária teve de se habituar a ser um chefe de família, estar sempre rodeado pela sua esposa e filhos e superar assim os traumas de infância. Ele teve dificuldades, mas conseguiu, foi um pai amoroso e carinho e um bom esposo para Zanair, mesmo com seu jeito peculiar de ser.  

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

A aparência do Cigano Ramires

É um homem forte, de pele morena clara e olhos castanhos esverdeados. Sua roupa preferida é uma blusa branca de mangas compridas com botões de ouro. Um colete de veludo verde bordado com pedras coloridas, uma faixa dourada na cintura e uma calça de veludo azul turquesa. Na cabeça, usa um lenço vermelho, uma argola dourada na orelha e um cordão de ouro com uma moeda antiga no pescoço.


Leia também: Consulta de Baralho Cigano Online - O seu futuro nas cartas ciganas


A Magia do Cigano Ramires

A principal magia realizada pelo cigano Ramires é feita com dois espelhos triangulares pela saúde e cura de doenças. Em noite de lua cheia, ele os coloca no chão, um deles com a ponta voltada para o sul. Em cima de cada espelho ele coloca uma vela branca e no meio dos espelhos um copo de água com um cravo branco dentro. Em seguida, ele pede a Dhiuela que cure a pessoa doente.


Leia também: Cigana Saiam - a cigana misteriosa


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!