.
Cigana Yasmin - a cigana do mar

Cigana Yasmin - a cigana do mar

A historia da Cigana Yasmin

A cigana Yasmin nasceu na Ilha de Chipre, localizada entre o sul da Turquia e a Grécia e ficou conhecida como a cigana do mar.Ela tinha a pele clara, os olhos e cabelos pretos e usava sempre um longo vestido na cor azul celeste, com mangas que iam até os cotovelos. Em dias de festa, ela gostava de se enfeitar com uma coroa de pérolas, brincos de ouro e pérola e adereços da pedra água marinha.
 

Descubra agora o Cigano que protege o seu Caminho!
 

Infelizmente a história de vida da cigana Yasmin não é muito feliz. Ela foi uma cigana muito poderosa para realizar magias de várias formas de amor: amor de casais, de família, de amizades, pela grupo e por Deus. Suas magias de união eram reconhecidas como as mais fortes e eficazes de todo o grupo Natasha. Somente ela dominava como ninguém a Magia dos Shandorónis (Clã de Cigano da região da Grécia). Ela tinha desde muito jovem dons mediúnicos e quando criança já havia dito aos seus pais que ela morreria jovem afogada no mar. Essas previsões que Yasmin fazia assustava muito os seus pais, e quando ela ia entrar no mar, os seus pais ficavam muito preocupados. Ela dizia: “não se preocupem, não será hoje”.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Aceito a ajuda! >

Em sua adolescência, ela se apaixonou por um cigano do grupo que era filho da melhor amiga da sua mãe. Sua mãe e a mãe do rapaz ficaram felizes com o sentimento manifestado por Yasmin, entretanto o cigano não sentia por ela o mesmo sentimento. Para ele, eles eram como irmãos, ele não conseguia enxergar Yasmin como uma mulher. Mesmo tendo a certeza de todo o seu amor, Yasmin procurou abafá-lo, já que não era correspondido. Mas o pior estava por vir: o tal cigano se apaixonou por uma gadji (mulher não cigana) que era muito rica e gostava de encher o cigano com muitos presentes e muito ouro. Ela não era verdadeiramente apaixonada por ele, apenas gostava de se divertir com um homem cigano que fazia tudo por ela. O cigano, viu-se encantado pelo poder e dinheiro daquela gadji e queria muito se casar com ela para também ser rico.

Como Yasmin era a cigana que realizava os melhores rituais de união de todo o grupo, ele foi até ela e pediu que ela o harmonizasse com a gadji. Yasmin sabia que o que eles sentiam um pelo outro não era exatamente amor, mas mesmo assim realizou o ritual, contrariada. Eles se casaram e foram felizes durante um tempo, mas ao passar do tempo eles foram se conhecendo verdadeiramente e o encanto da paixão acabou. Eles se afastaram e o cigano veio chorar a sua tristeza no ombro da sua amiga e confidente Yasmin. Mas ele notou que algo havia mudado em Yasmin. Sempre que a tribo viajava, ela sumiu durante uns dias sem dar qualquer aviso a ninguém, ficava longas horas sozinhas em frente ao mar. Ela sofria por dentro, pois ao mesmo tempo que ainda morria de amores pelo cigano, não queria se entregar a um homem que se casou com uma gadji por dinheiro. Ele até tentou se reaproximar de Yasmin, mas ela não permitiu.

Quando eles voltaram à Ilha de Chipre depois de uma longa viagem pelo oriente, Yasmin e outras ciganas foram se banhar nas águas do mar em um lindo dia. Entretanto, uma grande onda veio e puxou Yasmin para o fundo do mar. As ciganas desesperadas foram para encontro do grupo para avisar o que havia acontecido. Quando o cigano soube que ela havia sido levada pela água, seu coração tremulou e ele disse "Fui ambicioso e perdi o grande amor de minha vida.”

Então, o Kaku do grupo, o sábio cigano Romão que era seu avô, anunciou: Yasmin já não estava mais viva. Todos ajoelharam em frente ao mar para pedir que devolvesse o seu corpo. Vinte e um dias se passaram e nada aconteceu. Então a tribo suspendeu as orações pois acreditavam que o corpo dela já não voltaria para que eles fizessem o ritual cigano. Mas o pai de Yasmin não desistiu, persistiu por mais dois dias, e no 23º dia de sua morte, a lua apareceu grande no céu, iluminou todo o mar e lá de dentro saiu um peixe grande, pulando em direção ao seu pai. Ele ficou paralisado, em choque. Então, sai das águas a cigana Yasmin, e com uma expressão serena diz:

-“Pai, não fique triste. Eu não sou mais da terra, e sim das águas grandes, não fique esperando pelo meu corpo, porque ele foi engolido pelo peixe grande. Estou feliz e daqui protegerei todo o grupo Natasha. Peça a Kaku que levante o acampamento e eu irei levá-los para um lugar seguro”.

Yasmim deu ao pai uma concha e pediu que a entregasse ao Kaku como prova de tudo o que ela disse; voltando para a água grande e desapareceu.

Pela sua infelicidade no amor, Yasmin consegue hoje harmonizar uniões como ninguém, seja de amantes, amigos ou família.


Leia também: Consulta de Baralho Cigano Online - O seu futuro nas cartas ciganas


A magia de Yasmin

Ela gosta de ser recebida com frutas, pães, doces árabes, fitas, perfumes, pó-de-arroz e incensos. Suas cores de preferência são o azul claro, o verde água e o rosa. Suas oferendas devem ser sempre feitas em frente ao mar, que é onde ela vive e de onde ela tira todas as suas forças.


Leia também: Cigana Samara - a cigana do fogo


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: