.
Cigana Najara - a conselheira do amor e protetora dos injustiçados

Cigana Najara - a conselheira do amor e protetora dos injustiçados

A história da Cigana Najara

A lenda da cigana Najara foi psicografada pelo Cigano Romão, que foi seu marido em vida, e este relato está contido no Livro Mistérios do Povo Cigano.

Descubra agora o Cigano que protege o seu Caminho!
 

A história diz que um homem que já havia sofrido muito por amor passava de cavalo por um belo campo quando avistou uma mulher muito bonita passando na planície. Ela tinha a pele clara, cabelos muito escuros, dando um grande contraste, olhos grandes e negros e os lábios naturalmente rosados, de uma beleza ímpar. Ele aproximou-se dela, encantado, e perguntou:

- Qual é o seu nome?

- Najara - ela respondeu.

Eles conversaram muito e ficaram apaixonados um pelo outro. Então, iniciaram um romance e todos os dias o homem ia até lá no mesmo horário para encontrar a bela moça. Um dia, o homem aproximou-se dela com o coração apertado e disse:

- Najara, precisarei fazer uma viagem, não sei quando volto, não sei nem se eu volto!

- Nunca mais irás me ver. Nosso amor foi muito bonito, mas infelizmente ele acaba acaba aqui - disse a cigana.

Ela então tira do seu colar uma moeda antiga e diz:

- Guarde isso, essa é uma moeda eterna, ela irá te proteger.

E então o homem partiu. Najara olhou para o Sol e bradou: “Lua de fogo, és a quentura que aquece a Terra. Obrigada por aquecer minha alma”

Tempos depois, o homem finalmente retorna e procura pela sua bela cigana. Não encontrando, ele fala com um lenhador que estava sempre ali por aquele local:

- Conhece uma moça clara, de cabelos negros e olhos pretos, cujo nome é Najara?

O homem ficou assustado e respondeu:

-O senhor está falando de Najara, a cigana, que lia o passado, o presente e o futuro. Senhor, essa cigana já esta morta há muitos anos.

- Não é possível! Ela me deu esta moeda! Vivemos momentos de romance juntos há poucos meses!

- Senhor, guarde esta moeda, pois isso é a proteção da Cigana mais linda que eu já conheci neste lugar. Ela, em vida, era a protetora dos injustiçados e conselheira no amor.

O homem fica desolado, e sem entender nada do que havia acontecido, mas guarda a moeda mesmo assim.

A sua tia, sabendo que ele estava de coração partido por causa de uma mulher, oferece para ir para a sua casa ajudar-lhe, e levaria junto com ela a sua filha. O homem aceita a ajuda da tia.

Quando as duas chegaram, o homem ficou espantado: a filha da tia, era exatamente igual a imagem de Najara! O mesmo cabelo, os mesmos olhos, lábios e cor clara. Ele encantou-se de amores pela prima logo de cara. E depois entendeu que a cigana Najara assumiu as feições da prima para trazer o amor para a sua vida novamente, só assim ele iria conseguir amar alguém depois das desilusões que viveu. Então, logo que o homem teve a sua primeira filha, colocou o nome dela de Najara, e ela tinha as mesmas feições belas de sua mãe.

Essa era a cigana Najara, uma cigana que fazia o que estava ao alcance dela para ajudar as pessoas, desde a casos amorosos, como é este, como para fazer justiça a quem era injustiçado. Sua imagem é um mistério, pois ela assume a imagem das mais belas mulheres que já viveram pela terra.


Leia também: Cigana Marroquina - uma cigana do Oriente


Magia de amor para a cigana Najara

Você vai precisar de:

  • 1 porção de salada de fruta ( não utilize abacaxi nem tangerina )
  • 14 rosas amarelas
  • 14 lenços coloridos ( cores claras, predominando o amarelo ouro)
  • Papel laminado dourado
  • 14 moedas atuaisde qualquer valor
  • 1 cesto de vime
  • 14 velas coloridas ( exceto preta, pode repetir as cores )
  • 14 fitas coloridas ( com a mesma medida da altura da pessoa a quem fará a oferenda )

Como fazer:

Em uma noite de Lua cheia, forre o cesto com o papel dourado e coloque todos os lenços dentro dele de forma que as pontas fiquem pendentes para fora. Depois, coloque a salada de frutas no centro do cesto e as rosas por cima. Passe simbolicamente as moedas pelo corpo, uma a uma e depois vá jogando-as dentro do cesto, pedindo à Najara que proteja o seu caminho e traga amor para a sua vida. Leve o material para um ambiente aberto em contato com a natureza, levante o cesto 14 vezes sobre a sua cabeça, faça seus pedidos de forma clara e depois coloque o cesto no alto de uma árvore. Agora, passe as fitas pelo corpo e depois amarre-as nesta árvore, pedindo que Najara abra seus caminhos. Acenda as velas ao pé da árvore e ofereça tudo à Najara. Tome muito cuidado para não se queimar nem provocar um incêndio com as velas. Depois de terminado, recolha todo o material utilizado e jogue fora.


Leia também: Consulta de Baralho Cigano Online - O seu futuro nas cartas ciganas


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: