.
Casamento: 8 perguntas que todo mundo deve se fazer antes de casar

Casamento: 8 perguntas que todo mundo deve se fazer antes de casar

Você vai se casar? O casamento é um momento muito importante na vida do casal. É começar a trilhar um caminho junto com aquela pessoa que escolheu para ser seu companheiro ou companheira. Você está pronto(a) para esta jornada? Responda às 8 questões abaixo e veja se está pronta para se casar.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Pronta para o casamento? Veja 8 questões a responder antes de dizer sim

casamento

O namoro é um período incrível no relacionamento do casal. A paixão, a surpresa e o carinho fazem com que os pombinhos queiram se encaminhar para o altar (ou pelo menos para o mesmo lar). É dentro do casamento que nasce o verdadeiro amor, mas para chegar até ele, existe um longo (e nem sempre fácil) caminho. É um período que fazemos promessas de paz e amor eterno. Mas será que estamos mesmos prontos a enfrentar essa jornada? É uma pergunta muito pessoal, depende de cada relacionamento. Vamos mostrar 8 perguntas que podem te ajudar a perceber se está ou não pronta(o) para fazer este compromisso.

  • Por que eu amo meu parceiro/minha parceira?

    Amar alguém é desenvolver a capacidade de fazer tudo pela pessoa sem pedir nada em troca, é uma doação. Isso vai além de qualquer sentimento. Então, pare e analise: o que eu amo nele(a)? Atenção também às suas respostas. Você só estará pronto para o casamento quando as qualidades e razões do seu amor forem duradouras. Se você responde: “porque ele é lindo” – beleza não dura para sempre. “Porque ela tem um bom emprego” – carreiras profissionais vão e vem. Procure encontrar na sua relação motivos duradouros que justifiquem o seu amor e o encoraje a ser um casamento a longo prazo.

  • Eu vou ser capaz de enfrentar a rotina e seguir amando?

    A rotina, o dia a dia de uma casa, pode abalar as estruturas até dos amores mais sólidos. O cansaço, as preocupações, o estresse pode tomar conta do cotidiano. Você considera que juntos conseguirão enfrentar uma rotina juntos? O amor que vocês sentem enfrenta bem os problemas da vida à dois? Pense em uma situação difícil a se viver a dois, e imagine como você e seu parceiro iriam enfrentá-la.

  • Ele(a) ficaria ao meu lado nos momentos difíceis?

    Todo casamento enfrenta momentos difíceis. Seja a morte de um parente querido, contas que se acumularam, um desemprego imprevisto ou a doença de um dos dois. Vocês estão prontos para enfrentar tudo isso juntos sem deixar o amor morrer? Você se sente preparado? E seu parceiro? Sentir-se motivado a enfrentar tudo isso e continuar com a amor e carinho é o primeiro passo. Se isso lhe parece um bicho de sete cabeças que você não saberia lidar, o melhor é repensar o casamento.

  • Filhos estão nos meus planos?

    Antes de se casar é muito importante que o casal deixe muito claro a ideia de ter uma família. Iremos ter filhos? Quantos? Em que época da vida? É preciso que exista uma concordância entre o casal sobre este tema. Muitos casamentos fracassam pela incompatibilidade de desejos em relação a formação de uma família. Vocês estão de acordo sobre os filhos? Se não estiverem, é melhor colocar tudo em pratos limpos e muito bem acordado antes de dizer o “sim”.

  • Eu sei pedir perdão? E meu parceiro(a)?

    O perdão é algo muito importante dentro de um casamento. É impossível que um casal viva juntos e não se magoe, mas desde que ambos saibam reconhecer os erros e pedir desculpa, o amor é capaz de prevalecer. Você costuma admitir quando está errado e pedir desculpas? E seu amor, também? Trabalhem o perdão e a sinceridade antes de trocar as alianças, um casal nunca deve ir dormir magoado um com o outro.

  • Eu estou pronta(o) para abrir mão da minha individualidade?

    Quando você se casa, o seu parceiro(a) passa a fazer parte de todos os momentos da sua vida. É claro que a pessoa precisa manter a sua essência e ter uma vida fora do casamento, mas a presença do marido/esposa é algo marcante e o casal precisa saber como lidar com isso. Quando vocês discutirem, estarão dentro da mesma casa e precisam acertar os ponteiros. Você precisará ceder em muitos pontos para pacificar a convivência e ele também. Está pronto para conviver com as manias e o jeito do seu parceiro? Está disposto a abrir mão de suas manias e tentar equilibrar com os pedidos dela? Tudo isso precisa ser conversado e colocado em pratos limpos antes de casar e morar juntos.

  • Precisamos mesmo nos casar?

    Por que vocês decidiram se casar? Se a sua resposta não for algo como “porque não conseguimos mais viver longe um do outro” ou “para celebrar o nosso amor”, então reavalie a decisão. Casar-se só pelo papel, pela vontade da família, pelo status, pela festa ou por qualquer outro motivo que não envolva o amor é um risco. Com amor, um casamento já é uma aventura difícil. Sem amor, é uma receita para o fracasso. Se você acha que não precisam se casar, ou está se casando para satisfazer apenas o seu parceiro, tente considerar se isso irá te fazer feliz (ou se corre o risco de você mudar de ideia às vésperas da cerimônia). Casamento é algo sério, envolve a expectativa de uma vida juntos e você precisa ter responsabilidade emocional e financeira para embarcar nesta aventura.

  • Como é a relação com a família dele(a)?

    Você não precisa se tornar um membro da família do seu parceiro(a), mas a boa convivência é essencial para que o casamento dê certo. Afinal, a família sempre estará presente na vida dele(a). É preciso conversar sobre isso, definir quão próximo vocês serão das famílias, se passarão natal juntos, como será a convivência. É melhor deixar tudo às claras. Se a convivência não for harmônica, pode ser complicado, pois afastar seu parceiro(a) da família pode atrapalhar a relação antes mesmo que ela comece.

E então, pronta(a) para o casamento? Através destas perguntas não queremos colocar medo do casamento, pelo contrário, queremos favorecer relações bem-sucedidas, com respeito e amor dos dois lados. Casar não é algo fácil, mas quando é bem pensado e decidido, pode ser a melhor fase da relação do casal.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: