.
Use o autoconhecimento para alavancar a sua carreira profissional

Use o autoconhecimento para alavancar a sua carreira profissional

O que o autoconhecimento pode ter a ver com a minha carreira profissional? Tudo! Quem procura desenvolver o seu autoconhecimento tem mais chances de ter sucesso pois conhece os seus pontos fortes e suas limitações. Ao “olhar para dentro” aprendemos a identificar as melhores e as piores características das pessoas ao nosso redor e aprendemos também como lidar com elas. Saber lidar com os colegas de trabalho é um passo gigante para ter sucesso na carreira, certo? Então vamos mostrar os 7 pontos importantes do autoconhecimento que você precisa desenvolver para alavancar o seu sucesso profissional.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

As 7 vantagens do autoconhecimento para a carreira profissional

autoconhecimento

O autoconhecimento não deve ser aplicado apenas para a melhoria da sua vida pessoal, ele serve também para fortalecer e evoluir sua vida profissional. Veja como:

  • autoconhecimento

    Você descobre o seu potencial

    Você é bom no que faz? Quando trabalhamos o autoconhecimento percebemos se gostamos ou não daquela profissão que estamos desenvolvendo ou como encontrar pequenos prazeres naquilo que se faz. Verificamos se ela nos faz feliz, nos deixa realizado, não ficamos trabalhando maquinalmente. Quando percebemos que podemos ter prazer em um trabalho (ao invés de apenas estresse) estamos utilizando o autoconhecimento em seu máximo, para descobrir o nosso potencial, aquilo que somos mesmo bons a realizar, e assim podemos tentar nos dedicar a trazer satisfação pessoal e profissional ao mesmo tempo.

  • autoconhecimento

    Você aprende a identificar as pessoas negativas (e as positivas também)

    Ao desenvolver o autoconhecimento, começamos a identificar muito mais facilmente as pessoas negativas ao nosso redor. Em qualquer esfera da vida, há pessoas que por inveja ou por não acreditarem em seu potencial acabam tentando te colocar para baixo, te diminuir. Como elas acham que você não é capaz, tentam colocar medos em sua cabeça, te deixando inseguro quanto ao seu talento. Muitas vezes as pessoas negativas não fazem isso por nos quererem mal, mas nos prejudicam de toda maneira. Se você tem autoconhecimento, sabe quem você é, seus pontos fortes e fracos, seus limites e potenciais, não vai haver ninguém que pode colocar dúvidas em sua cabeça do que você é capaz.

    Automaticamente você já identifica as pessoas negativas com todas as suas reclamações, visões pessimistas, medos e antipatias e passa a não levar em consideração o que elas falam, pois sabe que aquilo não pode te atingir. Entra em um ouvido, sai no outro. Quem não tem autoconhecimento frequentemente deixa-se abalar por esse tipo de pessoa. Já quando você percebe quem são as pessoas positivas do seu ambiente de trabalho (e da sua vida em geral), você se junta a elas, e as suas chances de evoluir serão muito maiores.

  • autoconhecimento

    Você passa a aprender com qualquer pessoa

    Quem não tem autoconhecimento julga que só pode aprender alguma coisa com pessoas “mais inteligentes” que ele. Quando você desenvolve o seu autoconhecimento percebe que pode aprender coisas boas e novas com qualquer pessoa. Cada pessoa tem uma bagagem diferente, um conhecimento diferente que pode agregar novas informações relevantes para a nossa vida. Não é preciso ser um conhecimento de estudo, acadêmico, ou científico para ser válido. Lições, vivências, experiências, valores e ideias podem surgir da cabeça de qualquer um. Até mesmo as pessoas negativas nos ensinam coisas: como não ser como elas, por exemplo.

    Algo é importante frisar: você já percebeu que as pessoas que discordam de nós são aquelas que mais nos ensinam? É nos mostrando outro ponto de vista, outro ângulo da mesma situação que aprendemos a abrir a cabeça, questionar o mundo e até questionarmos a nós mesmo, independente de concordar ou não com a opinião dela. O importante é aprender sempre.

  • autoconhecimento

    Você passa a ter inteligência emocional na carreira

    Inteligência emocional talvez seja um dos bens mais valiosos que o autoconhecimento pode dar à sua carreira. Trata-se da capacidade de coordenar as suas emoções para alcançar objetivos. Saber lidar com os altos e baixos para alcançar o êxito. Te permite agir com inteligência nas mais diversas situações. Como? Como não levar uma crítica de trabalho para o lado pessoal. Não ficar chateado com uma pessoa que te alertou que você estava fazendo algo errado (ou que podia melhorar). Não se sentir por baixo quando o seu chefe promove o seu colega, mas não você. Assim como não sair contando para todo mundo quando você recebe uma promoção e contando vantagem sobre isso. Ter inteligência emocional trará resultados efeitivos para a sua carreira, pois faz com que você não envolva a sua emoção no lado racional do seu trabalho.

  • autoconhecimento

    Você desenvolve habilidades de relacionamento

    Esse ponto é uma consequência do ponto 2 e do ponto 4. Quando você aprende a identificar pessoas negativas e tem inteligência emocional, você sabe lidar com as mais diversas pessoas em um ambiente de trabalho. Mesmo aquele colega difícil, você sabe como lidar com ele, sem deixar isso te aborrecer. Dizem que os profissionais são contratados pelo seu conhecimento técnico e acadêmico, mas demitidos por problemas comportamentais. A falta de sensibilidade para lidar com as diferenças traz problemas no trabalho, mas o autoconhecimento te ajuda a evitar esses conflitos.

  • autoconhecimento

    Você aprende a não julgar

    Não julgar é uma lição do autoconhecimento para todos os setores da vida. Na carreira, você aprende a não julgar as escolhas dos outros. Nunca se sabe o que pode nos esperar no futuro para dizer se a situação escolhida por um colega é favorável ou não. Aprendemos que somos todos humanos e que este mundo dá voltas, que não cabe a nós julgar se o outro está certo ou errado, cada um tem seu caminho e sua liberdade de escolhas.

  • autoconhecimento

    Não criar expectativas

    As pessoas têm a tendência de agendar a felicidade quando uma coisa acontecer: “quando meu salário chegar a X por mês, vou poder ficar tranquilo” ou “ quando eu juntar dinheiro o suficiente para viajar, eu vou conseguir ser feliz”. É claro que viagens, bons salários e outros benefícios geram a sensação de prazer, conforto e felicidade, mas quem trabalha o autoconhecimento percebe que a felicidade é um caminho, não um destino final. Que é possível ser feliz no processo e não somente na chegada. Que não se deve colocar as expectativas em cima de um sucesso que virá no futuro e esquecer de viver o presente.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!