.
A Oração do justo – o poder da oração de quem é justo perante Deus

A Oração do justo – o poder da oração de quem é justo perante Deus

Em Tiago 5:6, Deus diz que a Oração do Justo pode muito em seus efeitos. Quando uma pessoa justa ora, a sua oração chega até Deus e move a sua mão em prol de suas bênçãos. Conheça abaixo um estudo que mostra o poder da oração de quem é justo.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Estudo sobre o valor da Oração do justo

Para compreender sobre o que este estudo diz, é preciso antes entender o que é uma pessoa justa. Justo é aquele que é íntegro, que busca a justiça sincera, que pratica e prega o que é certo. É aquele que se desvia de todo o mal, do ódio, da mentira e mostra-se diante de Deus como um servo de sua justiça. Deus ouve o justo como um filho louvável. Veja a passagem completa do Capítulo V versículo VI de Tiago:

1 – Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores.

2 – Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite, em nome do Senhor;

E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.

Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis: a oração feita por um justo pode muito nos seus efeitos.

Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós, e, orando, pediu que não chovesse, e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra.

E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto.

Irmãos, se algum de entre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter,

Saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador salvará da morte uma alma e cobrirá uma multidão de pecados.”


Leia também: Oração de Cura e Libertação – 2 versões


Como praticar a oração como um justo?

  • a oração do justo - 1

    É preciso ser justo

    É preciso prezar pela justiça, ser correto com tudo e com todos, buscar sempre a verdade, e desprezar a mentira e o pecado. Para ser um justo, é preciso arrepender-se e confessar os seus pecados. É preciso ter muita fé, pois só a fé aproxima o homem de Deus e salva-o.  Reprima a sua cobiça e seu desejo de esbanjar. Deus disse: “Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites. ” (Tiago 4:3). Abandone todo o ódio e a mágoa, não tenha o coração endurecido por sentimentos negativos. Para Deus, os nossos pecados encobrem os nossos rostos para que Ele não nos reconheça e não nos ouça. Sê justo.

  • a oração do justo - 2

    Ore

    É preciso orar para atingir as graças destinadas por Deus aos justos. Independente de qual seja o tipo de oração que você vá fazer: uma oração pessoal (com pedidos de benção a si próprio), uma oração de intercessória (com pedidos de bênçãos a outros) ou Oração pública (ao orar para todos os filhos de Deus sejam um, crentes n´Ele.)

  • a oração do justo - 3

    Colher os resultados das suas orações e ações

    O Salmo 126:5 diz: Os que semeiam em lágrimas, com cânticos de júbilo segarão. De fato, os que semeiam (são justos) e buscam a Deus (oram), irão encontrá-lo, e ao confiar nEle, Ele tudo fará. Deus ouve os justos e assim nunca permite que eles sejam abalados. Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. (João 1:9). Por isso, precisamos saber orar, saber ser justos perante os homens e perante Deus e agir no propósito da palavra.

Exemplo do poder de um homem justo

A Bíblia dá exemplos de homens justos que tiveram suas preces atendidas por Deus. Veja abaixo a história de Ezequias, que teve um pedido de vida atendido pelo Senhor por ser um homem justo e que acredita no poder da oração.


A história de Ezequias

Quando Ezequias assumiu o seu Reinado, ele fortaleceu a fé em Deus, ao contrário dos seus antecessores. Ele restaurou o verdadeiro culto a Deus em seu reino, retirando as imagens e profecias pagãs que estavam misturadas à crença em Deus pelos reinados anteriores. A palavra de Deus diz que Ezequias fez o que era reto ao Senhor conforme tudo quanto fez Davi, “seu pai” (2 Cr 29:2). Ezequias foi fiel ao Deus de Israel, nunca deixou de segui-lo e viver segundo os seus mandamentos. Mas um dia, Ezequias adoeceu e recebeu, através do profeta Isaias, a notícia que iria falecer. Ele chorou muito, pois não queria morrer, e então como um justo, apelou pela misericórdia divina dizendo: “Lembra Senhor de que andei diante de ti com retidão, com fidelidade e integridade de coração, e fiz o que era reto aos seus olhos.” (2 Reis 20:2,3). Deus ouviu a prece de um justo e disse a Isaías que voltasse a encontrar Ezequias: “Volta e diz a Ezequias que ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas e, que eu o curarei, acrescentarei a ele mais quinze anos e o livrarei do rei da Assíria.”

O compromisso que Ezequias tinha perante Deus era forte, ele tinha créditos com Ele pela sua vida de retidão, de arrependimento de seus pecados e pelo seu senso de justiça. O Senhor detesta as ofertas e sacrifícios dos ímpios, mas a oração dos justos é o seu contentamento.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: