.
7 truques de interpretação corporal para uma comunicação efetiva

7 truques de interpretação corporal para uma comunicação efetiva

A correta interpretação da linguagem corporal pode ser uma ferramenta muito importante para diversas situações cotidianas ou particulares. Quando se fala em público ou participa de uma reunião, por exemplo, saber ler a linguagem corporal dos presentes no recinto pode dizer se está se saindo bem ou é melhor mudar sua postura.

Mesmo que essa não seja uma ciência exata e se tenha 100% de certeza sobre a eficácia dessa metodologia, um estudo da Universidade da Califórnia concluiu que apenas 7% de toda a comunicação humana é proveniente da fala, as demais, são transmitidas através do corpo (55%) e do tom da fala (38%). Sendo assim, é de grande valia observar se as palavras e a expressão corporal coincidem para uma comunicação efetiva.

Palavras e expressão corporal: Indicarão o mesmo?


  • 1

    Cruzar pernas e braços indicam resistência às informações


    Psicólogos dizem que manter suas pernas e braços cruzados é um sinal de que está tentando bloquear o que está a sua frente de alguma maneira, podendo esse bloqueio acontecer de forma física, emocional ou mental. Esse é um ótimo sinal para se analisar, pois ocorre com muita frequência de maneira não intencional durante uma conversa, por exemplo, como uma forma de seu subconsciente expressar fisicamente que não está aceitando o que está sendo apresentado.
  • 2

    Copiar a linguagem corporal é um sinal positivo


    Quando uma conversa ou negociação está fluindo bem é comum se notar alguns movimentos espelhados entre os envolvidos, como quando alguém cruza as pernas ou se apoia sobre um braço, notando que a pessoa a sua frente acaba por fazer o mesmo. Isso é um sinal positivo para o desenrolar da conversa, já que esta é uma reação natural e inconsciente do corpo quando existe algum vínculo e empatia com outra pessoa.
  • 3

    Revelando segredos através da postura


    A importância da postura é observada facilmente no reino animal e pode ser notado até mesmo em seus pequenos seres de estimação. Manter uma postura mais ereta, em pé e com os ombros para traz, transmite poder e expansividade; já no lado oposto, manter uma postura curvada e que ocupa menos espaço no ambiente o coloca em uma situação de submissão.
    Esse comportamento é claramente perceptível em situações como a entrada do um chefe na sala de reunião da empresa; mesmo que ainda não saibam quem ele é, já é possível notar pela maneira como entra que provavelmente tem certo poder ali dentro.
  • 4

    A mentira está no olhar


    O olhar de uma pessoa pode dizer muito sobre ela, mas no caso a questão é sobre olhares que transmitem desconforto. São duas situações que se misturam na realidade, a primeira compreende algo que costuma-se ouvir desde criança, onde pessoas que estão mentindo tem dificuldade em manter contato visual, tendendo a desviar o olhar quando questionadas.
    Tal informação é realmente uma verdade, mas há uma extensão dessa atitude. Justamente por ser de domínio geral, existem pessoas que tentam manter um contato visual forçado, em um tentativa de esconder que estão mentindo, mas por isso acabam exagerando nessa atitude e assim são pegas. Um estudo norte americano diz que as pessoas mantêm o contato visual em uma média de sete a dez segundos, sendo esse contato mais prolongado quando se está escutando ao invés de falar. Mais tempo que isso pode indicar que se está forçando o comportamento.
  • 5

    O desconforto nas sobrancelhas


    Realmente existem diversas emoções e sentimentos que podem ser expressados através do movimento facial em conjunto com as sobrancelhas, tornando toda essa movimentação por vezes inconsciente. Sendo assim, seria até mesmo um pouco difícil levantar as sobrancelhas em uma conversa descontraída onde a atitude não se aplicaria. Por isso, quando alguém o faz pode ser que algo não esteja bem.
  • 6

    Balançar a cabeça em sinal de aprovação


    Esse movimento pode ser observado mesmo em comportamentos pessoais durante momentos de ansiedade, por exemplo. Se em meio a uma conversa notar que a outra pessoa está balançando a cabeça de forma excessiva, isso pode ser uma forma do corpo sinalizar que ela deseja sua aprovação ou que está preocupada que tenha dúvidas a respeito de suas capacidades.
  • 7

    Demonstração de estresse na mandíbula


    Este é outro sinal que se pode comprovar em si mesmo, afinal, quando se está estressado é comum apresentar uma contração maior da mandíbula, assim como ombros e pescoço encolhidos e uma testa franzida. Quando esse comportamento é observado em outra pessoa durante uma conversa, pode ser um sinal de que aquele assunto a deixa tensa e desconfortável ou que não está totalmente focada no assunto, mantendo a mente ocupada com algo que a preocupa.
Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!