.
5 problemas comuns de quem vivencia um crescimento espiritual

5 problemas comuns de quem vivencia um crescimento espiritual

Quando passamos pelo processo de crescimento espiritual, atravessamos uma jornada de evolução e toda jornada possui partes difíceis. O crescimento espiritual proporciona uma metamorfose em nossa vida, abandonamos crenças e verdades que acreditávamos sobre a vida e sobre nós mesmos na busca por mais clareza e sabedoria.  Neste percurso, encontramos pedras no caminho, momentos difíceis. Conheça abaixo alguns dos problemas mais comuns enfrentados por quem atravessa um período de crescimento espiritual, e se você vivencia um (ou mais) deles, tenha fé, força e perseverança, essa mudança é necessária para que você se torne uma pessoa mais evoluída e autêntica.

encontre resposta para os seus pedidos

Quero a ajuda do meu Anjo!

As dores enfrentadas por quem passa por um crescimento espiritual


1- Perda de amigos
Ao vivenciar essa metamorfose, muitas vezes sofremos a conseqüência de perder afinidades com velhas amizades. Nossa mudança interna é tão grande que passamos a não nos identificar com os pensamentos e ações de pessoas próximas e acabamos nos distanciando de muitos amigos. Algumas pessoas não entendem bem esse processo, e isso pode ser muito doloroso. Não se culpe, tente não sofrer, esse é um processo natural da vida, o Universo irá te conectar com pessoas com maior sintonia com as novas vibrações que você terá a partir de então.

2- Mal entendidos na família
O processo pode gerar também mal entendidos na sua família, especialmente se os seus parentes forem muito religiosos. É comum que eles digam que você se afastou ou se esqueceu de Deus, quando na verdade estamos buscando uma conexão própria e mais intensa com a nossa espiritualidade. Para quem está de fora, é difícil entender essas mudanças, portanto, tenha paciência, seja autêntico e explique à sua família que esse ‘novo você’ é melhor do que o anterior, mais evoluído, mais aberto, mais amoroso. Aos poucos eles vão compreender e aceitar sua mudança.

3- Ser ridicularizado
Algumas pessoas gostam de zombar das outras, especialmente por serem incrédulas e não aceitarem que o crescimento espiritual é algo verdadeiro. Provavelmente você vai escutar: “Você acredita mesmo nisso? Isso para mim é bobagem!”. “Elevação espiritual para mim é desculpa de quem quer se afastar, só acredito no que vejo”. “Deixa de ser besta, isso não existe não”. Quem nunca passou ou não está nem perto de passar por uma evolução espiritual vai zombar de quem procura conectar-se com sua espiritualidade, quem busca alimentação saudável ao seu corpo, quem acredita no poder da oração, dos cristais, nas filosofias espirituais, no bem-estar do corpo e do espírito. Seja forte, eles só vão entender quando passarem por esse processo.  

Leia Também: Inteligência espiritual – você sabe o que é isso?

4- Mudança de carreira
Quando estamos passando por um processo de crescimento espiritual, muitas vezes enxergamos que estamos na carreira errada. Nossa profissão não nos completa, pelo contrário, nos traz angústia, sentimento de vazio, negação em relação àquilo que fazemos é muito comum. Temos que decidir a nossa carreira desde muito jovens e muitas vezes fazemos escolhas erradas, é durante o crescimento espiritual que esse erro se torna evidente e é inevitável querer consertá-lo, independente se você tem 30, 40, 50 ou mais anos. Muitos vão dizer que você é louco, de abandonar uma carreira nesta altura da vida, de largar algo lucrativo para buscar prazer na profissão. Vai ser uma transição difícil, mas tudo acontece por uma razão. Se o seu coração e sua alma não estão satisfeitos com o seu trabalho, o Universo irá te guiar para que você consiga se realizar profissionalmente e se sentir espiritualmente satisfeito.

Leia Também: 11 atitudes que potencializam a espiritualidade

5- Solidão
A solidão é um subproduto dos demais problemas citados acima. Ao afastar-se de amigos que já não se parecem conosco, trocar de profissão (e, na maioria dos casos, afastar-se dos colegas de trabalho) e ter desentendimentos com a família, acabamos por ficar solitários. Mas você não precisa deixar isso acontecer, procure conectar-se com pessoas também espiritualizadas, que passam pelo mesmo processo que você. Procure a calma e a consciência do estar só, confortável consigo próprio, participe de retiros de meditação, grupos de Yoga e lá você poderá preparar um novo cenário para sua vida e criar laços com pessoas mais parecidas com o seu novo eu.

Leia Também: 7 sinais de um despertar espiritual que você nem imaginava

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!