.
13 curiosidades incríveis sobre vodu

13 curiosidades incríveis sobre vodu

O Vodu é uma religião de origem africana, que foi trazida ao Brasil pelos escravos. Os rituais da religião correspondem às crenças tradicionais que são encontradas na área do atual Benim, na África. O vodu foi dispersado pelos escravos para diversos lugares do mundo. Conheça 13 curiosidades incríveis sobre esta religião

13 curiosidades sobre vodu

  • Diferente do que muitos pensam, graças aos filmes de terror, o vodu não é focado na magia negra, nem na prática de feitiços. Trata-se de uma religião que busca a cura e o bem da comunidade;

  • O termo vodu tem origem no dialeto africano Fon gbé e seu significado é “entidade espiritual”;

  • Trata-se de uma religião monoteísta, na qual a figura central é um deus único, que se destaca das demais divindades e é chamado pelos praticantes por Bon Dieu — ou Bom Deus, em tradução livre;

  • Apesar de serem monoteístas, os praticantes do vodu creem na existência de entidades “menores”, conhecidas como Iwa. Assim como ocorreu com a umbanda no Brasil, essas entidades acabaram se fundindo com ícones do catolicismo e hoje existe um sincretismo entre as duas religiões;

  • Essas entidades geralmente se relacionam com forças da natureza, e os praticantes as invocam para pedir conselhos ou aprenderem com elas. Para estabelecer essa comunicação, os seguidores do vodu fazem orações, realizam rituais com músicas e danças e sacrificam animais;

  • Os sacrifícios são realizados para liberar a energia vital dos animais que é transferida ao Iwa. Entretanto, vale destacar que os sacrifícios humanos nunca fizeram parte do vodu. Segundo o código da religião, é proibido ferir o próximo;

  • O vodu é praticado em diversos lugares do mundo como Cuba, República Dominicana, Porto Rico, New Orleans (EUA) e no Brasil. Entretanto, a religião é praticada especialmente na África Ocidental e no Haiti – onde somam 10 milhões de seguidores.

  • O vodu é reconhecido pela Constituição do Haiti, que foi promulgada em 1987. Mas, a religião nem sempre foi tão aceita por lá. Entre as décadas de 1940 e 1950, a Igreja Católica ordenou que seus santuários fossem queimados e que agredissem seus seguidores;

  • A religião não segue escrituras ou algum líder, diferente da Igreja Católica com a Bíblia e o Papa;

  • Muitas pessoas acreditam que os praticantes do vodu usam frequentemente bonecas para realizar feitiços, mas esses objetos são empregados raramente. Na verdade, eles são utilizados com frequência pelos seguidores de outra religião, o Hoodoo;

  • Não há distinção de sexo para comandar as cerimônias do vodu, ou seja, homens ou mulheres podem desempenhar o papel de sacerdotes. Apesar de serem conselheiros dos seguidores, a religião acredita que todos podem alcançar a sabedoria espiritual por sua conta própria;

  • Os praticantes creem que podem ser possuídos por entidades menores durante determinadas cerimônias. Alguns também defendem que a própria alma pode sair do corpo para dar lugar ao Iwa;

  • No Benin, lugar em que nasceu a religião, existe uma figura chamada de Zangbetos, que são guardiões que se vestem com uma fantasia de palha cobrindo-os da cabeça aos pés. Estes guardiões patrulham as ruas durante a noite e podem ter possessões da Iwa em algumas ocasiões. Antes que houvesse policiamento oficial no país, os Zangbetos mantinham a ordem nas ruas.

Saiba mais :

 

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.