.
11 coisas que (provavelmente) você não sabe sobre o povo cigano

11 coisas que (provavelmente) você não sabe sobre o povo cigano

O povo cigano é uma das comunidades étnicas que mais sofre preconceito na Europa. A descrição da sua cultura e costumes são estereotipadas por visões deturpadas que foram sendo formadas ao longo dos séculos. São um povo muito místico e com reconhecidos poderes de adivinhação. Conheça no artigo 11 curiosidades que provavelmente você não sabia sobre o povo cigano.
 

Descubra agora o Cigano que protege o seu Caminho!

O Guia Cigano - coisas que você precisa saber sobre a cultura cigana

É difícil apontar com certeza os fatos sobre a cultura do povo cigano, pois existem poucos registros físicos sobre a sua história e cultura. Marcada pela tradição oral, a cultura cigana é passada de pais para filhos.

  • A maior minoria étnica da Europa

    De acordo com uma pesquisa realizada pela Comissão Europeia, os ciganos são o maior grupo de minoria étnica presente na Europa. Apesar de não existirem estatísticas oficiais sobre este grupo, estima-se que exista ente 10 e 12 milhões de ciganos vivendo no continente Europeu.

  • Origem do povo cigano: Índia

    Apesar de não haver um registro oficial, pesquisas realizadas nas áreas da genética, linguística e antropologia cultural estimam que o povo cigano seja originário do Norte da Índia. Não existem dados precisos que confirmem a data que este povo começou o seu processo migratório, mas existem evidências fortes da chegada de ciganos na Europa por volta do século 13.

  • Cigano, Roma ou Romani?

    Devido a grande preconceito que o termo cigano carrega dentro da Europa, foi determinado em um congresso realizado em 1971 que este grupo étnico passaria a ser respeitosamente classificado como Romani ou Roma. A palavra “Rom” significa homem na língua cigana, e por isso foi a palavra escolhida para denominar este grupo, esta terminologia foi aceita por toda a Europa, apesar de alguns grupos ainda preferirem o termo cigano. Já outros, defendem os novos termos, pois a palavra cigano já foi inclusive classificada como uma ofenda. No dicionário da língua romena, por exemplo, cigano quer dizer “pessoa com maus hábitos”, “pessoa da pele escura”.

Leia também: Simpatia cigana para atrair o amor
  • Porajmos, a dizimação do povo cigano

    Todos nós estudamos nas aulas de história sobre o Holocausto, dizimação do povo judeu. Entretanto, pouquíssimas pessoas sabe sobre o Porajmos, a dizimação do povo cigano. Desde que chegaram à Europa, o povo cigano sofreu perseguição, sendo escravizado na Romênia por mais 500 anos. Somente em 2015 o Parlamento Europeu passou a reconhecer o Porajmos como um genocídio na história da humanidade. O dia 2 de agosto, considerado o Dia da Memória do Cigano, é dedicado aos mais de 500 mil ciganos assassinados durante o Porajmos, data semelhante ao 27 de janeiro, Dia da Memória do Holocausto.

  • A cultura cigana não é uma só

    A cultura e a comunidade cigana é bem diversa: existem diversas línguas diferentes, costumes específicos, tradições, regras e normas que modificam de grupo para grupo. Na verdade, cada subgrupo cigano tem tradições absorvidas do seu país de origem. A língua comum dos ciganos é o Romani, mas boa parte dos grupos fala apenas a língua do seu país de origem. Apesar da cultura ser diversa e sofrer influências das culturas locais, o sentimento de pertencimento à cultura cigana é algo muito forte nesta etnia.

  • Nem sempre são nômades

    A maioria das pessoas associa o povo cigano à uma nação nômade, que vive viajando e assentando acampamentos em tendas. Isso foi uma realidade em tempos passados, mas atualmente cerca de 95% ds ciganos europeus possuem moradia fixa. A principal razão das constantes migrações do povo cigano é a falta de aceitação do grupo nos países e a tentativa de fugir do racismo e da marginalização sofrida por eles.

Leia também: 3 simpatias ciganas poderosas
  • O preconceito contra os ciganos é explícito

    O povo cigano sofre muito com os efeitos da exclusão social, sendo comum encontrar grupos que vivem em situação de pobreza. Eles sofrem discriminação social nas mais diversas áreas: no emprego, nas escolas, para conseguir moradias e até para conseguir atendimento médico. Em alguns países, são inclusive impedidos de ter acesso à segurança social. No Leste Europeu, especialmente na Romênia, República Tcheca, Eslováquia e Hungria, as crianças ciganas são inscritas em escolas para crianças com necessidades especiais simplesmente pela sua etnia. Muitas famílias ciganas já foram desalojadas sem qualquer aviso prévia e em cidades mais conservadoras existem inclusive muros que separam os bairros ciganos dos não-ciganos. Por não possuírem um estado nacional, uma pátria que os represente, eles não têm a quem recorrer para defendê-los ou velar pelos seus direitos e interesses.

  • O Dia Mundial do Cigano

    No 4º encontro mundial dos ciganos realizado em 1990 em Serock, na Polônia, foi instituído o Dia Mundial do Cigano como dia 8 de abril. Na Europa, existem diversos eventos, marchas e atividades neste dia para celebrar a diversidade cultural e diminuir o racismo e o preconceito contra essa etnia.

  • Tradição Oral

    A língua Romani é passada para as gerações pela tradição oral, existem poucos registros escritos sobre esse idioma e sobre a cultura. Durante séculos, toda a sabedoria cigana era passada de pai para filho, através de histórias, fábulas, músicas folclóricas e contos ciganos. A partir do século XX, alguns autores ciganos de diversos países passaram a se dedicar a escrever a sua literatura e idioma em diferentes línguas e dialetos.

Leia também: Magia cigana ajuda a trazer riqueza para sua vida
  • 500 mil ciganos no Brasil

    Você sabia que existem cerca de 500 mil ciganos vivendo atualmente no Brasil? Apesar de ser uma comunidade muito mais numerosa na Europa, existem ciganos espalhados pelo mundo todo, inclusive por aqui. Apesar de não existirem dados oficiais sobre o número de ciganos que vivem no país, a ONU estima que sejam 500 mil espalhados por 337 municípios em 21 estados. Aqui no Brasil, a comunidade cigana também sofre com a marginalização e invisibilidade. A relatora especial da ONU sobre a questão de Minorias, Rita Izsák, apresentou um estudo em 2014 sobre o direito do povo cigano no mundo e criticou o Brasil por discriminar essa etnia. Apesar desse alerta da ONU, em 2006 o presidente Luis Inácio Lula da Silva abrigou a comunidade cigana dentro da Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais.

  • Ciganos (ou descendentes de ciganos) que são famosos

    Existem muitas celebridades que são ciganos ou descendentes de ciganos que muita gente nem desconfia, veja alguns exemplos:

    Elvis Presley, Charlie Chaplin Michael Caine Pablo Picasso Shayne Ward Juscelino Kubitscheck

Este artigo foi originalmente escrito e publicado pelo Site Catraca Livre com a colaboração com alguns membros das comunidades ciganas do leste Europeu. Para verificar o artigo original, clique aqui.
 

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: