.
A origem mística da quiromancia - O Destino nas Mãos

A origem mística da quiromancia - O Destino nas Mãos

Do grego  Χείρων, “mão”, e Μαντεια, ” profecia”, a Quiromancia é um método de interpretação baseado nas linhas da palma da mão e no seu formato, tamanho e textura. Místicos antigos acreditavam que as linhas das mãos são formadas de acordo com as experiências que o espírito vivencia, podendo também trazer revelações sobre eventos futuros e inclinações psicológicas.

Acredita-se que desde o princípio da humanidade se usa a leitura das mãos para conhecer o futuro, mas foi na Antiguidade que a prática se fortaleceu e deixou evidências históricas, especialmente na China, onde ainda hoje é usada na medicina. Também no Egito os registros da leitura adivinhatória das mãos são muitos.

Na idade Média a adivinhação era tida como bruxaria, mas nem mesmo a opressão religiosa foi capaz de acabar com a prática, que sobreviveu subversiva aos tempos de trevas e escuridão. Porém, foram os ciganos que a espalharam e popularizaram pelo mundo, associando fortemente sua imagem à prática

Temos muitas outras ciências que atuam em conjunto com a Quiromancia, como por exemplo a Metoposcopia, que lê os sinais nas testas das pessoas, a Fisiognomia, que observa o corpo de uma forma geral e a Quirologia, que estuda o significado dos formatos de mãos e dedos.

A Astrologia, a Cabala e o próprio Tarô também têm forte ligação com a Quiromancia e completam suas bases significatórias com essa arte, oferecendo um panorama mais completo aos consulentes.

Magicamente elas também demonstram, como sagradas ciências, suas correlações com os chakras humanos.

A consciência desenhada nas mãos

As linhas na quiromancia têm um propósito que se relaciona com nossa personalidade e pode nos ajudar a tomar decisões e promover o autoconhecimento.

Todos nós temos segredos “escritos” na palma da mão que podem ser interpretados, revelando informações sobre nossa personalidade, espírito, karma, universo afetivo e futuro.
Tradicionalmente, a mão direita representa o nosso presente e a mão esquerda, o destino.

Uma perspectiva mais ampla presenteia que usufrui da prática, sendo possível possível prever se vamos ser felizes no amor, quantos filhos vamos ter, se podemos enfrentar mudanças drásticas ou ter a saúde enfraquecida. Mostra as inclinações de decisões que que podemos tomar e o quanto elas podem prejudicar ou favorecer determinados aspectos, influenciando muito na nossa qualidade de vida.

Através de nossas mãos podemos mudar nosso futuro e receber orientação, despertando a consciência e nos colocando alinhados às energias mais elevadas. Como é também adivinhatória, trabalha a clarividência, isto é, quanto mais a intuição estiver apurada, mais informações o quiromante consegue absorver de suas mãos.

A Quiromancia é um dos oráculos mais bonitos de se trabalhar, é de graça e pertence à você!


Clique Aqui: Quiromancia: Guia básico da Leitura das Mãos


8 sinais importantes nas linhas das mãos

Tradicionalmente, a mão direita representa o nosso presente e a mão esquerda, o destino.

Ou seja, quando lemos a mão direita, recebemos informações sobre o presente, enquanto que, quando lemos a mão esquerda, estamos falando do que está por vir.

Além disso, as linhas são mutáveis, o que significa que sofrem transformações. Quando mudamos nossos pensamentos e emoções, é natural que as linhas da mão também de transformam de acordo, o que faz da Quiromancia uma companheira para toda a vida.

Existem alguns sinais que podemos ter nas mãos que nos dizem muito, podendo revelar espiritualidade, sorte, trabalho e intuição:

  • 1

    O EME

    Significa espiritualidade mais avançada, com mais de 3 dons espirituais despertos como cura, sensibilidade ou sonhos.

  • 2

    Cruz

    Quanto mais cruzes na palma da mão, mais atribulações. As cruzes representam excessos, especialmente caminhos que exigem muita dedicação para conseguir atingir objetivos.

  • 3

    Asterisco

    Eles são o conjunto de 4 linhas e significa boa sorte e ela brilha para a pessoa. É fácil atrair  aquilo que se deseja e coisas mágicas acontecem constantemente.

  • 4

    Estrela

    Representa as vidas passadas e simboliza o poder da vida, a força perante à vida e está muito ligada à magia. Pessoas com uma estrela na mão tem muita capacidade mística e deslocam energia com facilidade, tendo uma vocação mística trazidas de outras vidas.

  • 5

    Linha da vida curta

    Quando a linha da vida é curta, é preciso prestar atenção. Alta dedicação a espiritualidade é necessária para não enfrentar problemas de saúde na meia idade e são pessoas que não podem de maneira alguma se conectar com padrões de excessos, vícios e esportes radicais. Precisam estar sempre conectadas à espiritualidade e suas necessidades internas, para garantir longevidade e equilíbrio físico e emocional.

  • 6

    Triângulo

    Significa dificuldade de contar com pessoas e ao mesmo tempo, quando sobrepostos, sugerem facilidade de perder o que se estima. Quando localizados em determinados montes, podem simbolizar racionalidade, aptidões científicas e boa capacidade de trabalho.

  • 7

    Tridente

    Simboliza as várias possibilidades de escolha e o poder interior e ligação com o divino. São pessoas intuitivas e mediúnicas que, quando não trabalham essas capacidades,  podem entrar em um padrão nocivo de indecisão e mudança de humor.

  • 8

    Dinheiro

    Ter a linha do dinheiro é um ótimo sinal. Vinda da região do punho em direção ao dedo anelar, quando ela existe significa abundância material e a ausência dela sugere dificuldades financeiras constantes.


Saiba mais :

Guta Monteiro Guta Monteiro

Apaixonada por filosofia e literatura, é formada em publicidade e estuda espiritualidade desde criança. Buscadora incansável dos mistérios da vida, adora compartilhar ideias sobre Deus e as forças que movem o universo, para ajudar no seu próprio despertar e no encontro com poder divino que existe em nós. Usa a espiritualidade para crescer e ajudar a crescer aos demais e sonha com um mundo feito de igualdade, fraternidade, liberdade e amor.