.
Descubra como se converter ao judaísmo

Descubra como se converter ao judaísmo

É comum nascermos dentro de uma família que segue uma determinada religião ou mesmo nenhuma religião e nos adaptarmos aos dogmas que já estavam ali propostos no ambiente familiar. Contudo, à medida em que crescemos e estudamos outras religiões e outras formas de ver o mundo, não é impossível que surja a vontade de se converter para estar junto a grupos que olham e falam com Deus de formas diferentes.

Hoje vamos falar com aqueles que desejam saber como se converter ao judaísmo.

Conversão ao Judaísmo

Antes de mais nada devemos sempre lembrar que o batismo em qualquer igreja e, principalmente, a conversão são coisas muito sérias. Os ritos envolvem crença e respeito pelo dogma, pelo Deus e por aqueles que participam daquela religião. Por isso, antes de decidir se converter ao judaísmo ou mesmo a outra religião, você deve limpar seu coração contra os preconceitos e entender a sua espiritualidade e suas crenças. Também é muito importante estudar muito sobre uma religião antes de se converter a ela.

Quando falamos da conversão ao Judaísmo, é preciso lembrar que é uma vida de mão única. Quem a atravessa passa a ser para sempre parte da religião.

“Todo judeu é repleto de mitsvot, como uma romã está cheia de sementes.”
Bereshit Rabah 32:10

Cerimônia de conversão

A cerimônia de conversão de uma pessoa ao judaísmo só pode ser realizada sob os auspícios de um Tribunal Rabínico, conhecido como Beit Din, que é formado por três rabinos tementes a D’us e plenamente observantes. Por isso, quando decidir se converter e se tornar Judeu, assegure-se que os rabinos do Beit Din são ortodoxos e reconhecidos como tal pelos demais.


Clique aqui: Qual a diferença entre religião e espiritualidade?


Os 4 Passos da Conversão

  • Aceita o jugo dos mandamentos

    Aquele que se converte ao judaísmo precisa tornar verbal o seu comprometimento de viver segundo todos os mandamentos da Torá, livro sagrado da religião, conforme são explicados na Lei da Torá.

    Assim, não basta que ela que se converte se comprometa apenas com alguns ou apenas com a maioria dos preceitos. Ele deve se comprometer com todos os preceitos da religião. E isso tem que ser feito de forma sincera, de um sincero desejo de servir a D’ys como um judeu. Ou seja, a conversão não deve se dar apenas por um motivo, como casar com outro judeu, mas sim pelo desejo real de ser judeu.

  • Imersão no micvê

    O micvê é uma piscina de água natural normalmente feita de água da chuva na qual é feito o banho de purificação espiritual daquele que vai se converter. A pessoa mergulha e aceita a Torá neste momento sobre si mesmo.

  • Circuncisão

    Homens que queiram se converter precisam passar pela circuncisão. Se a pessoa foi circuncidada quando bebê, nesse momento é apenas retirado um sangue simbólico e é feito um pronunciamento das devidas bênçãos pelo mohel.

  • A conversão demora?

    Sim, a conversão ao judaísmo leva um tempo, pois é um compromisso para toda a vida. Por isso, a comunidade judaica utiliza um regime de estudo e observância. É preciso que o futuro convertido viva imerso dentro da comunidade judaica, sempre observando todas as mitsvot para que ele realmente consiga alcançar um sentimento de todo aspecto de uma vida que deverá ser comprometida com a religião.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.