.
Cama de cristal — Conheça a técnica que limpa e harmoniza os chakras

Cama de cristal — Conheça a técnica que limpa e harmoniza os chakras

A cama de cristal, também conhecida como banho de cristais, é uma espécie de terapia votada a cura energética através do uso de cristais, cores e o alinhamento dos chakras. No entanto, essa técnica vai muito além de conceitos superficiais e oferece uma incrível experiência de imersão nos sentidos e aprofundamento do ser.

O que é e como funciona a cama de cristal?

É muito comum associarmos terapias com cristais a técnicas de cura. Entretanto, quando falamos em cama de cristal seu propósito vai muito além disso. Aqui vamos procurar responder as principais perguntas sobre essa terapia como uma espécie de manual. Sucinto, mas esclarecedor.

Para começarmos a compreender o seu funcionamento, é importante dizer que a terapia na cama de cristal é também uma experiência meditativa multissensorial de limpeza. Ela busca leva-lo a um profundo estado de meditação, permitindo que sua mente se expanda e acesse os locais mais profundos e secretos do seu subconsciente.

É também por ter essa proposta tão complexa que a terapia da cama de cristal não costuma ser rápida. Em geral, uma sessão tem duração média entre 45 e 50 minutos, envolvendo uma série de cuidados e preparativos.

Essa terapia incorpora uma grande variedade de técnicas de outras terapias vibracionais, como por exemplo a cromoterapia, cura por som de cristais, terapia magnética e até mesmo a cura por cristal de quartzo no estilo Vogel.

A complexidade da cama de cristal também não se limita às técnicas empregadas, já que até mesmo as instalações são levadas em conta e precisam de uma construção especial. A cama de cristal consiste em uma modalidade terapêutica onde 7 cristais se encontram suspensos cerca de 12 cm acima do paciente, que permanece deitado sobre uma mesa de massagem.

Cada um dos cristais de quartzo é cortado a uma frequência específica, e permanecem alinhados acima de cada um dos sete chakras.

Quando cortados de forma precisa e em um arranjo predeterminado, eles podem ser usados como um dispositivo de energia para equilibrar, organizar e suavizar o campo de energia humana ou vibrações em um espaço.

Em seguida, sete luzes coloridas passam através de cada um dos cristais cristal para o chakra correspondente, limpando, energizando, alinhando e equilibrando todos os aspectos do Eu, quer seja mental, emocional ou físico.

Quando um paciente surge com um problema pontual a ser equilibrado, o tratamento dá prioridade para o feixe de luz correspondente ao chakra desalinhado. Se, por exemplo, a queixa está em problemas digestivos, o plexo solar deve receber mais atenção; já os problemas emocionais como estresse e ansiedade podem ser tratados através dos chakras frontal, laríngeo e cardíaco.

Devido a essas particularidades, a entrevista prévia entre paciente e terapeuta é indispensável para um bom resultado.


Clique Aqui para saber mais sobre Pedras e Cristais!


Cama de Cristal: O papel dos cristais na terapia

Pense em um cristal como um receptor de rádio com capacidade de armazenamento. Cada tipo de cristal tem a capacidade de sintonizar com um tipo de energia; ao fazer essa sintonia ele consegue captar, condensar e conduzir essa energia. Além disso, ele também pode armazenar energia em si como uma bateria.

Em terapias como a cama de cristal os cristais têm o papel de literalmente elevar a sua vibração. Diversas pesquisas sugerem que certas vibrações influenciam no funcionamento de seu corpo, e que inclusive existe uma frequência ideal de cura. No caso, o princípio utilizado é do prisma de seis lados.

Segundo estudos, um cristal como um prisma de seis lados com uma de suas extremidades em “término” compartilha essa estrutura semelhante com moléculas de água e energia. Essa estrutura permite que o cristal ressoe em sincronia com a água do corpo humano, que seria de 456 hertz, estabelecendo uma comunicação direta com as células do corpo.

É assim que o cristal da terapia da cama de cristal atua, fazendo com que a suas células se alinhem à estrutura do cristal, basicamente criando uma porta de comunicação fisiológica, elevando os padrões celulares e estimulando profundamente suas funções.

Acrescente a tudo isso algumas técnicas xamânicas especiais para limpeza e o autoconhecimento intuitivo — tudo para leva-lo a maior profundidade cósmica — e assim começaremos a ter uma ideia do que é a cama de cristal.

Falar sobre a cama de cristal é falar sobre a construção de um espaço de poder energético, de construir um local onde sejamos capazes de criar um verdadeiro vórtice de energia. O objetivo dessa terapia é que você entre em um espaço não apenas bonito, mas que te faça sentir bem de dentro para fora, elevando suas energias até que alcancem o seu exterior.


Clique Aqui: Pedras dos 7 chakras: aprenda a equilibrar os centros energéticos


Durante uma sessão de cama de cristal

Além de todo o aparato físico e uma estrutura meticulosamente pensada, uma sessão da cama de cristal envolve muito da parte humana do processo, em geral antes de aplicar a terapia da cama de cristal é feita uma pequena entrevista.

O terapeuta emprega todo o tempo que julgar necessário para ouvir o paciente. Com isso, busca compreender melhor suas necessidades emocionais, mentais, físicas ou espirituais. O paciente é livre para falar sobre o que ele desejar e especialmente sobre o que ele próprio julga que precisa ser corrigido.

Após essa entrevista e identificados os eventuais bloqueios energéticos, o terapeuta faz os preparativos para levar o paciente de fato a cama de cristal, onde terá a missão de abrir esses canais.

O primeiro passo costuma ser iniciado com a cromoterapia. As luzes do ambiente se apagam e o paciente começa sua jornada assim que a “máquina” de cromoterapia é ligada. Equipada com os cristais terapêuticos, ela irá filtrar todos os espectros de luz no chakra da coroa.

Ao mesmo tempo em que o paciente está exposto a cromoterapia, ele também está deitado sobre uma mesa que oferece terapia magnética com pontos estrategicamente posicionados em toda a sua superfície.

Esses pontos magnéticos miram diretamente em meridianos específicos do corpo — basicamente aqueles correspondentes aos centros de energia.

O paciente permanece deitado, completamente vestido, de olhos cobertos por um pano branco, durante toda a sessão. Tudo o que precisa fazer é relaxar. Até mesmo adormecer é permitido.

Durante o andamento da sessão, é comum que os terapeutas utilizem recursos sonoros, seja com uma música relaxante ou a incorporação de uma outra terapia: a das tigelas de cristal. Essa é uma técnica terapêutica pouco comum e mais rara ainda em nosso país, mas aponta para excelentes feedbacks dos pacientes.

Aqui o terapeuta começa a “tocar” um conjunto de sete tigelas de cristal, as quais emitirão sons sintonizados e alinhados com cada chakra do paciente. Essas tigelas devem vibrar em uma frequência muito específica de 432 hertz. Segundo especialistas, essa é a frequência que induz a cura e acalma todo o sistema nervoso.


Para quem a cama de cristal é indicada?

Não existe uma limitação sobre quem possa receber os benefícios da terapia da cama de cristal. Há, inclusive, casos de terapia com animais, especialmente aqueles com condições especiais.

Apesar de não haver nenhuma limitação sobre quem possa procurar essa terapia, ela é comumente recomendada àqueles que estejam sofrendo com algum tipo de dificuldade física ou emocional.

Pessoas que estão enfrentando uma fase transitória de dificuldade e precisam de orientação ou qualquer outra que necessite do “reinício cósmico” pode procurar a terapia de cama de cristal. Entretanto, não é necessário que esteja em um momento de dificuldade para que tenha a oportunidade de estabelecer um novo rumo para seus pensamentos.

Para saber se você precisa da terapia da cama de cristal, faça uma autoavaliação e perceba como vai o seu interior. Você realmente se conhece?


Clique Aqui: Vela dos 7 Chakras: aprenda a ativar os seus centros energéticos


Qual é a frequência do tratamento?

A frequência com que uma pessoa deve se submeter a essa terapia é muito variável e depende de cada caso em particular. Se você vem enfrentando problemas de ordem física, emocional ou espiritual, a cama de cristal deve ser encarada como qualquer outro tratamento médico, composto por um determinado número de sessões. Não há um limite e há quem possa fazer por toda a sua vida, sem quaisquer prejuízos.

O mais comum entre os especialistas é a sugestão de 4 a 12 sessões. Esse é um padrão que costuma auxiliar no equilíbrio, purificação e restauração do padrão energético. No entanto, para as pessoas que se encontram mais debilitadas a frequência aumenta — e as sessões podem ser feitas até duas ou três vezes por semana até que os níveis de saúde aumentem.


Os benefícios da cama de cristal

A cama de cristal trabalha sobre energias e. segundo estudiosos, é por isso que ela funciona. Quando ficamos expostos as diferentes energias à nossa volta, é esperado que uma pouco seja absorvido por nosso corpo — toda energia interage entre si, a energia das coisas e de outras pessoas. Eventualmente, acabamos nos sobrecarregando nesse processo, e é aí que começam os problemas e necessidade de limpeza energética.

Quando os bloqueios criados pelo excesso de energia são liberados você tem mais espaço para manter a luz na energia ao redor do seu corpo. Nós vivemos em um universo baseado na lei da atração. Quando você mantém mais luz em seu campo, é inspirador e as pessoas são atraídas para essa luz. Além disso, você passa a ter acesso a partes mais profundas de si mesmo. Fisicamente, isso se reflete em resultados como:

  • Aumento do fluxo criativo;
  • Maior clareza mental;
  • Perda de peso;
  • Redução de excessos;
  • Padrões alimentares mais saudáveis;
  • Hormônios equilibrados;
  • Maior sensação de felicidade;
  • Alívio de estresse;
  • Libertação de ansiedade, depressão e aflições mentais diversas;
  • Melhora do sono;
  • Níveis de energia elevados (graças a reestruturação celular de moléculas corpo).

Existem outros efeitos relatados como transformações espirituais e aumento do senso de intuição, por exemplo. Ainda há uma extensa lista de benefícios recebidos pela cama de cristal, mas exigem uma percepção mais apurada de si mesmo e são menos mensuráveis que os descritos.


Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar