.
Bruxas brasileiras: descubra suas histórias

Bruxas brasileiras: descubra suas histórias

As bruxas são criaturas que não praticam magia, como os feiticeiros, mas que estudam os conhecimentos místicos e dos sábios para curar e influenciar o próximo, mediante uma necessidade. Elas podem fazer poções, ataduras, chás, mexido de ervas, etc.

No Brasil, também tivemos bruxas. Assim como ainda temos. Hoje, iremos falar da história de três bruxas brasileiras que influenciaram o nosso país, mas que, no entanto, ninguém fala sobre elas.

Bruxas brasileiras: Maria da Conceição

Durante o ano de 1798, na cidade de São Paulo, Maria da Conceição era uma brasileira muito ativa no meio religioso. Sempre ia à igreja católica para realizar as suas preces e falar com Deus. Porém, em casa, ela fazia medicamentos e chás com ervas para a vizinhança, no intuito de ajudar a população, priorizando a saúde.

Um dia, porém, o padre – que na época se chamava Luís – veio falar com ela sobre estas ditas “bruxarias” e a denunciou a Portugal, que ditava a constituição brasileira no século XVIII.

Assim, dona Maria da Conceição foi denunciada, acusada e queimada numa praça pública de São Paulo, sem direito a defesa.


Clique Aqui: Bruxa: o que é e o que faz?


Bruxas brasileiras: Ursulina de Jesus

Esta história também se passou no século XVIII, durante o ano de 1754.

Este é ainda um relato mais triste, visto que a injustiça se mostra latente para as bruxas brasileiras. Dona Ursulina de Jesus era casada e o seu marido a acusava de tê-lo deixado estéril com suas bruxarias. Ela nunca as tinha praticado contra o marido, mas este sempre a acusava de não poder ter filhos por causa da mulher.

Até que certa feita ele a denunciou, fazendo-a ser acusada, julgada à morte na fogueira. Uma morte terrível.

Depois disto, ele se casou com a sua amante, todo confiante em formar uma família.  Entretanto, ele nunca conseguiu ter filhos, o problema de esterilidade já era dele.

Dona Ursulina morreu inocente.


Clique Aqui: Bruxas do amor: quem são?


Bruxas brasileiras: Mima Renard

E, por último, temos a história de Mima Renard. Ela veio com o seu marido René da França, em 1692, para o Brasil. Assim, conseguiu sua nacionalidade de franco-brasileira.

Ela era muito linda e fazia inveja e desejo a vários homens e mulheres. Um dia, porém, com muita inveja no coração, um grupo de homens acabou assassinando o seu marido René.

Mima, sem condições e com muito medo, acabou tendo que virar prostituta num simples prostíbulo da cidade de São Paulo.

Certa feita, quando era a prostituta mais requisitada e explorada do prostíbulo, alguns grupos de mulheres traídas pelos seus homens que iam ver a prostituta, denunciaram Mima por bruxaria, dizendo que esta tinha enfeitiçado os seus maridos e que eles se tornaram “sem-vergonha” por causa dela.

Assim, Mima – infelizmente – foi morta queimada numa das praças de São Paulo, pela inquisição.


Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.