.
Aprenda a fazer seu próprio conjunto de runas

Aprenda a fazer seu próprio conjunto de runas

As runas são antigos símbolos usados pelos povos escandinavos e da Europa Central com o objetivo de comunicação escrita, e também na forma de oráculo ou talismã. De acordo com a mitologia nórdica, as runas foram encontradas por Odin, o principal deus escandinavo, que as difundiu entre seu povo como símbolos de sabedoria e do conhecimento de todos os mistérios dos deuses e dos homens. Não é de hoje que elas são usadas na magia ou vidência. Se você é uma pessoa que se interessa por adivinhação, já deve ter conhecimento sobre runas e saber que é possível comprar diferentes tipos de conjunto de runas atualmente, que vão desde os mais simples até os mais elaborados com pinturas ou esculpidos. Porém, se você realmente se interessa por este instrumento, deve considerar criar seu próprio conjunto de runas. Desta forma, terá uma leitura mais clara do que com um conjunto comprado, pois infundirá com sua energia e sua intenção ao confeccioná-las. Aprenda como fazer seu próprio conjunto de runas.

A escolha dos materiais

Para confeccionar o seu próprio conjunto de runas, você deve primeiro escolher qual material usar. Preferencialmente, devem ser utilizados materiais totalmente naturais. Semente, madeira, pedras, cristais, osso, couro e conchas são elementos comuns. Sendo a madeira a escolha mais popular. Você pode optar pela madeira de sua árvore favorita, ou de uma árvore que te atraia. Podem ser aproveitas toras caídas, mas a melhor madeira vem da árvore ainda viva. Lembre-se de pedir permissão da árvore ao cortá-la e deixe uma oferta de água quando sair. É necessário apenas uma peça de um centímetro de espessura e aproximadamente dois pés de comprimento.

As pedras são outra escolha popular. Você poderá obtê-las em uma praia ou um rio próximo a você. O ideal é escolher pedras que sejam de formato e tamanho uniformes, com superfície plana. Opte pelas que possuem cores parecidas, ou simplesmente aquelas que se sentir atraído.

Na praia, você também pode selecionar conchas para serem usadas na confecção das runas, embora sejam frágeis. Mas, atente-se a olhar em voltar para ver se será possível coletar 24 conchas de tamanhos e formatos parecidos.

Algumas pessoas utilizam ossos parar criar os conjuntos de runas. Isso é uma preferência pessoal, mas caso escolha essa opção, deve usar apenas ossos de um animal que você conheça a forma de morte, de preferência que morreu por causas naturais.


Clique aqui: Runas: O significado desse oráculo milenar


A inscrição do seu próprio conjunto de runas

Após a escolha de materiais, o passo seguinte é inscrever as runas. Caso tenha escolhido madeira, é preciso deixa-la secar antes de começar essa etapa. Em seguida, corte a sua madeira formando sentidos ovais ou circulares, ou pequenas tiras planas.

Para inscrever as runas em madeira, você pode cortar e depois manchar a madeira. Na cultura tradicional das runas, é usado o próprio sangue para manchar o corte, mas você pode optar por qualquer tipo de coloração natural, com pigmentos naturais. Outra alternativa é usar a ferramenta de pirografia para queimar o símbolo da runa na madeira, o que elimina o uso de coloração. Ou você pode apenas pintá-la.

Caso você tenha optado por conchas, pedras ou seixos, será necessário pintar as runas, apesar de algumas pedras serem tão macias que permitem que você use uma ferramenta dremel para inscrever as formas de runas. Se decidir pintar, cubra a pedra ou casca com uma camada de goma-laca quando estiver seca, para preservar a tinta.

Na maior parte dos casos, as pessoas usam as 24 runas do Elder Futhark. Mas, você pode criar seus próprios símbolos se preferir.


Clique aqui: A boa fortuna através de um talismã raízes


A consagração do seu próprio conjunto de runas

Após concluir a confecção de seu próprio conjunto de runas, o passo seguinte é consagrá-las. Para isso, acenda uma vela e se concentre. Manuseie uma runa de cada vez dizendo seu nome em voz alta, pense por um momento em seu significado. Finalize fazendo uma oração, pedindo suas runas para lhe oferecerem informações e orientações.

Depois da consagração, recomenda-se que você durma com suas runas sob seu travesseiro por algumas noites ou leve-as com você por onde for por alguns dias, ajudando-as a absorver sua energia.


Clique aqui: Anel Atlante – poderoso talismã para proteção pessoal


Dicas extra para seu próprio conjunto de runas

É importante ter um local para guardar as runas que você confeccionou. Faça um saquinho, preferencialmente usando materiais naturais como lã, algodão e linho. Você pode deixar uma ametista junto com as runas, para a transmutação das energias. Além da ametista aumentar a intuição, vai limpar as energias entre uma consulta e outra. A confecção das runas e do local em que serão guardadas deve ser feita como um ritual, se conectando com os Deuses das Runas e desenvolvendo sua sensibilidade. Busque trabalhar em uma fase de lua crescente ou cheia. Depois de confeccionar suas runas, guardá-las em local adequado e se conectar a elas, você está pronto para fazer suas próprias consultas.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.