.
Água de Alecrim: seu cérebro 11 anos mais jovem

Água de Alecrim: seu cérebro 11 anos mais jovem

Quem não quer parecer mais jovem? Essa aspiração pode parecer mais feminina, mas a verdade é que nunca os homens estiveram tão inseridos na indústria da beleza e preocupados com a aparência. Todos gostam de se cuidar, de se sentir bem com o corpo que carregam, com a roupa espiritual que vestem. A juventude também é tema de muitas discussões filosóficas e obras literárias, um assunto amplamente discutido na história humana.

“Na juventude deve-se acumular o saber. Na velhice fazer uso dele”
Jean-Jacques Rousseau

E se o cérebro também pudesse ficar mais jovem? Seria esse o caminho para a imortalidade da alma, para a vitória contra o envelhecimento? Um cérebro jovem faz sinapses mais rapidamente, conecta informações e armazena conhecimento com maior facilidade. Os reflexos do corpo também são comandados por este órgão, logo, estamos mais despertos e atentos durante a juventude.

Se você quer conhecer um dos segredos da mente jovem, continue lendo esse artigo!

Os benefícios do alecrim

O alecrim não é apenas uma planta extremamente aromática. A crença nos poderes dessa planta perduram por séculos! Em Hamlet, Ofélia diz a seu irmão, Laerte, que alecrim é bom para a memória. O alecrim é muito conhecido por proporcionar benefícios em aspectos diversos ao nosso corpo, melhorando questões que vão desde a digestão e a saúde da pele até funções cognitivas. Ele também é usado como tempero, muito presente na culinária de diversos países.

Os antigos usavam essa planta por seus efeitos anti-inflamatórios, digestivos e em função de seu poder de melhorar a função do rim. Em termos estéticos, o alecrim nos ajuda a ter cabelos mais resistentes e sedosos e, inclusive, deixa a pele mais bonita e iluminada. Por ter propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o alecrim acaba fazendo bem à saúde da pele e também a circulação sanguínea. Alguns estudos já mostraram que a erva é eficiente para o tratamento de casos de eczema, justamente por sua ação eficiente em inflamações.

O alecrim atua também no cérebro, pois, ele tem uma substância chamada ácido carnósico, que melhora a memória e protege nossas conexões neurais. É ótimo, então, para pessoas em fase de envelhecimento, por prevenir o desenvolvimento da Doença de Alzheimer e outras degenerações que aparecem com a idade. O fígado também é um órgão beneficiado pela ingestão do alecrim. Ele melhora o funcionamento e ajuda o corpo a se desintoxicar, o que acaba sendo bom para outros órgãos e, claro, para a sua aparência.

“A juventude é uma conquista da maturidade”
Jean Cocteau

Para quem sofre de estresse e ansiedade, o alecrim é bastante conhecido por suas propriedades calmantes e relaxantes, um ótimo amigo para situações de tensão e descontrole emocional, pois ele não deixa que o hormônio do estresse aumente e nos ajuda a manter a calma.

Acha que é pouco ainda? Saiba que ele também já foi estudado por suas propriedades relacionadas à prevenção do câncer. Por causa de seus antioxidantes, o alecrim consegue neutralizar a ação de alguns radicais livres, conhecidos por provocar mutações celulares e desencadear tumores.


Clique Aqui: Você conhece os principais benefícios do alecrim?


O que o alecrim faz com seu cérebro

Água de alecrim deixa seu cérebro 11 anos mais jovem é a afirmação que faz esse artigo. Mas a ideia de que o alecrim rejuvenesce o cérebro tem fundamento científico. A BBC fez uma investigação bem detalhada sobre a atuação do alecrim no cérebro, através de uma entrevista com o professor da Universidade da Nortúmbria, Mark Moss, que investiga os possíveis benefícios do óleo essencial de alecrim para a memória e o cérebro.

Moss revelou que foram feitos estudos científicos para analisar os efeitos do óleo de alecrim em idosos, e que os resultados foram surpreendentes! Os idosos, que achavam que estavam testando uma água com vitaminas, entravam em uma sala que havia passado por uma infusão de óleo de alecrim, óleo de lavanda ou em uma sala sem cheiro algum. Após permanecerem na sala, os voluntários passavam por um teste de memória, que mostraram que os idosos realmente tinham melhores notas nos exames. Já o cheiro da lavanda diminuiu a performance deles, exatamente como é esperado segundo tradições da medicina natural e antiga.

Segundo Moss, existem compostos no óleo de alecrim que podem ser responsáveis pela mudança na performance da memória. Um deles é o eucaliptol, que tem um cheiro maravilhoso e pode agir da mesma forma que drogas aprovadas para o tratamento de demência, já que ele causa um aumento do neurotransmissor chamado acetilcolina. Basicamente, o composto impede que esse neurotransmissor se quebre em uma enzima.

Segundo Moss, os benefícios do alecrim são mais sentidos quando a erva chega ao nosso organismo através da inalação, pois, durante a ingestão, o fígado faz um processamento químico que pode enfraquecer p poder do alecrim. Já quando a administração é feita através da inalação, as moléculas passam diretamente para a corrente sanguínea sem ser processadas pelo fígado, e vão direto para o nosso cérebro. Por isso, aposte também nos incensos e óleos essenciais além de beber a infusão de alecrim.


Clique Aqui: Respirar alecrim: o que é e como utilizar


Como fazer Água de Alecrim

Após conhecer os benefícios incríveis dessa erva, aposto que você quer fazer um chazinho ou tomar Água de Alecrim para ajudar seu cérebro a se manter jovem. É natural, tem um sabor agradável, um ótimo aroma e, para melhorar, é de fácil acesso, o que significa que você não vai ter dificuldades de encontrá-lo já que é usado também em receitas culinárias.

Você vai precisar de duas colheres de sopa de folhas de alecrim fresco, duas xícaras de água e um recipiente fechado.

Para preparar a infusão, coloque uma panela de água no fogo até ferver. Adicione as folhas de alecrim dentro da água fervente, espere 5 minutos e retire do fogo. Deixe as folhas repousarem na água enquanto elas esfriam e não as remova por 12 horas. No dia seguinte você terá sua água pronta! Basta passar a mistura por uma peneira, retirar o que restou das ervas e você já pode beber essa água durante seu dia. Além de hidratar o corpo, seu cérebro vai ficar mais jovem!

Vale lembrar que o chá de alecrim tomado em excesso pode ter alguns efeitos indesejados, como náuseas, vômitos, espasmos e contrações uterinas, por isso não é indicado para mulheres grávidas.


Saiba mais :

Guta Monteiro Guta Monteiro

Apaixonada por filosofia e literatura, é formada em publicidade e estuda espiritualidade desde criança. Buscadora incansável dos mistérios da vida, adora compartilhar ideias sobre Deus e as forças que movem o universo, para ajudar no seu próprio despertar e no encontro com poder divino que existe em nós. Usa a espiritualidade para crescer e ajudar a crescer aos demais e sonha com um mundo feito de igualdade, fraternidade, liberdade e amor.