.
8 sinais de um espírito livre

8 sinais de um espírito livre

Quando pensamos sobre espírito livre, muitos criam logo na mente o estereótipo de uma pessoa que não segue regras, que não se prende a nada nem a ninguém e que só o que importa é sua liberdade. A boa e velha “ovelha negra”, que se destaca do rebanho e trilha seu caminho como bem entende.

Na sociedade o que não falta são ideias preconcebidas de como seriam os espíritos livres: rebeldes sem causa, hippies… pessoas que decidem romper com os valores preestabelecidos e fazer suas próprias regras. Mas seriam essas pessoas espíritos realmente livres? Ou apenas seres que sonham com a liberdade, mas apenas vivem a ilusão de uma liberdade?

O que é um espírito livre?

Ser um espírito livre é muito mais do que romper com convenções sociais e se distanciar do ideal de mundo que muitos seguem a cartilha. É muito mais do que romper com o sistema opressivo e lutar contra conglomerados que colocam o lucro acima do bem estar de todos.

O espírito livre é uma pessoa que pode parecer um tanto estranha aos olhos da sociedade pois segue fora da curva que todos consideram como a mais adequada. Ela escolhe desbravar novos caminhos ao vez de trilhar os que já foram abertos e percorridos pela maioria. Não se encaixam em rótulos predefinidos e valorizam a liberdade e a verdade como valores essenciais.

O lobo

O lobo é o animal mais utilizado para caracterizar o espírito livre. Selvagem, vive sem qualquer tipo de amarras. Dentro de seu próprio grupo, os lobos podem escolher a vida que quiser. Há os que prefiram viver junto à matilha e os que vivem solitários, isolados. Ao primeiro olhar pode-se imaginar que os que caminham sozinhos estariam em posição mais frágil, mas não é verdade. O lobo solitário se torna mais forte, mais agressivo que os outros lobos que vivem em grupos.

Espíritos livres se libertam, como os lobos, das convenções do mundo exterior, mas também do mundo que existe dentro deles. Não existe espaço para sentimentos de opressão dentro de um espírito cuja liberdade está acima de tudo. Ele busca a prosperidade em todos os caminhos que decide trilhar. Seja em matilha ou na vida solitária. O que importa não é ser, o que importa é a essência da coragem em lutar pela paz interior.

Você é um espírito livre?

Separamos alguns traços de personalidade e comportamento para saber se você é um espírito livre. Escolha uma das alternativas abaixo e descubra:

A – Gosto da rotina e de programar minha vida. A organização é a chave para o sucesso e evitar conflitos sempre é o caminho mais seguro.

B – O que tiver que ser, será. Não planejo meu futuro, apenas sigo o fluxo natural das coisas. Adoro desafios. Sei que no final, tudo vai dar certo.

Se você optou pela letra A, é sinal de que você valoriza uma vida mais segura, sem grandes riscos.

Se optou pela letra B, coloca a liberdade em primeiro lugar. Logo, você é um espírito livre.

Não confunda ser espírito livre uma pessoa que abandona a família e não cumpre suas obrigações. O espírito livre é a pessoa que procura viver a vida em sua plenitude, sem se importar em como ela está no momento, em como essa vida é.

Engana-se quem pensa que o caminho do espírito livre é mais fácil e agradável do que o de quem escolhe viver uma vida planejada e sem grandes sustos. Todo percurso rumo ao crescimento espiritual é doloroso. Somos estimulados, através da insatisfação diante de alguma coisa ou situação, a nos mover, a procurar uma solução que acabe com essa insatisfação.

A distinção é a marca do espírito livre. Ele não está preso ao seu tempo ou as ideias que o rodeiam. Não há aqui uma questão moral, de certo ou errado, mas sim o crescimento do ser através da sua autoafirmação, que ultrapassa questões de bem ou mal. Alcançar a iluminação é alcançar a verdade. É abandonar todas as falsas convenções. Quanto mais nos aprofundamos desta luz espiritual, mas desconfortável se torna o processo.

Não ser um espírito livre não quer dizer que você esteja no caminho errado. Cada um, a sua maneira, segue em direção à iluminação. Afinal, já nos ensinava Gandhi “não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho”. Mas você pode se tornar um espírito livre. Quando a conformidade deixar de alimentar a sua alma e a necessidade de liberdade falar mais alto, com tempo e muita prática, você se transformará.

8 sinais de um espírito livre

  • Desbravador

    Por que seguir pelo mesmo caminho se posso trilhar o meu próprio? Você não gosta de mais do mesmo, de rotina, de seguir regras que tentam lhe colocar numa posição de submissão. Além disso, qual é a graça de se viver uma vida sem qualquer desafio? Claro, alguns podem ser muito intimidadores, mas são sempre aceitos como uma oportunidade de crescimento. Desbravar o novo o faz se sentir vivo.

  • Independente e confiante

    Como espírito livre, você tem total segurança sobre suas ações e sobre quem é e não tem medo de tomar as melhores decisões para a sua vida. A confiança lhe garante a coragem necessária para assumir responsabilidades e correr riscos.

  • Otimista e corajoso

    Há quem olhe para o copo e o enxergue sempre meio vazio. Mas para você, ele está sempre cheio. Os obstáculos existem e aparecem, mas você não se afasta com medo do que eles podem trazer em termos de mudança. Os enfrenta para vencer!
    Se alguma ideia surge em sua mente e você acredita nela, não desiste nem a abandona. Por mais que muitas pessoas lhe digam que não vale à pena ou que é loucura, você segue em frente porque acredita no poder da criatividade e da inovação.

  • Resiliente

    Quando as coisas não dão certo, a tendência de muitos é desistir. Mas mesmo depois de uma grande queda, você se levanta, arregaça as mangas e começa tudo de novo. É que para o espírito livre, o mundo representa um lugar onde as possibilidades são infinitas e que tudo o que precisa fazer é viver a vida ao máximo para alcançar o que é realmente importante para você.

  • Verdadeiro

    Não existe liberdade verdadeira se ela for construída em cima das bases de uma mentira. Por isso, você busca a verdade em todas as situações da sua vida: Nas relações familiares, afetivas, de trabalho. O que importa é seguir sempre o caminho da verdade. Por isso, o espírito livre está sempre aberto a mudar de opinião quando percebe que o que acreditava não era verdadeiro.

  • Autêntico

    Seguir determinados comportamentos ou padrões de vida para criar uma imagem de perfeição para os outros, definitivamente não faz parte de quem você é. Aliás, você abomina qualquer tipo de falsidade e consegue perceber este tipo de comportamento com muita facilidade. Separar o joio do trigo não representa muito trabalho para você e é tarefa necessária para preservar sua liberdade. Afinal, não se pode ser livre em um mundo de mentiras.

  • Ser emocional

    A razão é valorizada por muitos por representar a tomada de decisões sem interferências de sentimentos humanos. Mas como alcançar a liberdade sem seguir o que nos fala o coração? Muitos podem confundir o fato de se colocar a emoção como fator determinante como um sinal de fraqueza ou de instabilidade, mas na verdade isso representa um ato de extrema coragem.

    Não apenas desejar, mas colocar em prática o que ama, o que acredita, é um dos sinais mais claros de que você é um espírito livre. Deixar de lado projetos, relacionamentos em segundo plano, não fazem parte de sua realidade. Eles são, de alguma maneira, incorporados aos seus projetos de vida e passam a fazer parte deles, como importantes ferramentas no processo evolutivo.

  • Liberdade como lema principal

    O espírito livre pode ser um tanto solitário. A solidão é por muitas vezes companheira quando você precisa escalar até a montanha mais alta para descobrir novas maneiras de enxergar o mundo, longe de toda a energia e contraste de sensações e sentimentos que dominam esse mundo. Desta forma se torna possível ouvir a si mesmo, suas necessidades e desejos.

    É natural e esperado que o espírito livre questione tudo: crenças, hábitos, ideologias, regras, relacionamentos. É como se fôssemos colocados dentro de uma jaula e perdêssemos a capacidade de decidir sobre o que queremos. Perdemos nosso livre arbítrio. E não há sentimento mais angustiante para o espírito livre do que se sentir preso.

    Por isso, muitos o confundem como uma pessoa egoísta, que só pensa em seus objetivos, mas o espírito livre só está respeitando a sua própria verdade, só está seguindo o caminho que julga correto. Não se baseia e nem se deixa influenciar pelo que os outros acreditam. Ele formula e segue suas próprias crenças.

    O espírito livre conhece o mundo que existe dentro dele. Desvenda seus desejos, suas alegrias, seus medos e traumas. Ao descobrir este mundo, percebe quais são os reais obstáculos que existem para que o sofrimento termine e que a luminosidade seja alcançada. Somente ao se aceitar como é e se mostrar disposto a encarar a vida, você se sentirá finalmente livre.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.