.
Signos da Terra: o sólido e multifacetado trio terreno

Signos da Terra: o sólido e multifacetado trio terreno

Signos da Terra, signos de Ar, signos de Fogo e signos de água: é possível que algumas pessoas se familiarizem com essa classificação, mas o mais provável é que muitos leitores estejam tendo seu primeiro contato com ela nesse exato momento. Os famosos 12 signos do zodíaco ocidental são amplamente difundidos na sociedade já há muito tempo, mas o que chega até o conhecimento geral é apenas uma ponta de um gigantesco iceberg de informações e campos de estudos.

Além de fatores como a configuração planetária e estelar que influencia nas tendências de comportamento de uma pessoa, há outros elementos de influência como os elementos da natureza. Estes elementos são alvos de estudo metafísicos até mesmo antes do surgimento da astrologia como a conhecemos. Desde tais tempos remotos, eles são associados a manifestações da espécie humana e até de figuras divinas, as quais já os representaram em diversas ocasiões.

Segundo os antigos sábios, esses elementos, divididos em quatro essências fundamentais – terra, fogo, agua e ar -, podem ser correlacionados com todos os 12 signos, os quais acabam sendo também divididos em quatro grupos, dependendo do poder de influência.

Outra importante ligação feita pelos estudos destes anciões tem relação entre estes elementos e as ideias fundamentais da manifestação da vida. Segundo a linha principal de pensamento dos antigos astrólogos, essa representação ou divisão bate de maneira muito precisa com os quatro conceitos básicos que caracterizam a manifestação da vida: o espírito, o espaço, o tempo e a matéria.

Assim sendo, fica estabelecida uma íntima relação entre os 4 elementos que definem o estado da matéria, os conceitos de manifestação da vida e os signos do zodíaco. Esse foi um passo muito importante na consolidação destes estudos, pois todos os 12 integrantes das casas zodiacais foram divididos em quatro grupos de 3 signos cada, de acordo com sua relação elemental.

A divisão dos 12 signos entre os 4 elementos naturais configurou Capricórnio, Touro e Virgem como os representantes do triângulo de terra; Áries, Leão e Sagitário como os representantes do triângulo de fogo; Câncer, Escorpião e Peixes como os representantes do triângulo de água e Libra, Aquário e Gêmeos como os representantes do triângulo de Ar. A partir da divisão entre os triângulos elementais, é possível estabelecer uma conexão com a maneira em que os sábios viam os elementos dentro das manifestações básicas da vida.

Para eles, o elemento de fogo determina o espírito, o elemento de ar é espaço, o elemento de água é tempo e o elemento de terra é matéria.

Ainda dentro dessa divisão podemos observar como cada um destes elementos atua sobre os signos, uma vez que eles exercem influência direta sobre a forma como o temperamento de uma pessoa se manifesta. É como se cada elemento fizesse aflorar as características de suas manifestações elementais nos signos que estão sob seu domínio.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Signos da Terra

Ao entender o conceito básico dos elementos sobre os signos é possível observar cada um deles em separado; isso é muito importante pois é a partir desse ponto que surge a compreensão de como o elemento de uma pessoa diz muito sobre suas atitudes. A seguir, vamos falar sobre os signos de terra que compreendem Touro, Virgem e Capricórnio – juntos, eles formam o triângulo mais sólido do zodíaco.

A terra é um elemento muito diferente do ar, por exemplo, sendo este um elemento muito mais palpável e real. Afinal, você é capaz de segura-la em suas mãos, sentir seu cheio, provar seu gosto, ouvi-la quando toca o chão – abrangendo todos os seus sentidos. Essa é a primeira e principal característica do elemento terra sobre esses signos: é um elemento que oferece muita segurança e que procura se mostrar presente e confiável em todos os lados.


Leia também: Signos do Fogo: conheça o triângulo ardente do zodíaco


O temperamento dos signos da Terra

Os signos da terra são muito verdadeiros e reais em todos os sentidos. A terra representa o alicerce fundamental de tudo o que existe, e é necessária para tudo o que tiver de ser construído. Portanto, estas são pessoas muito sólidas e com personalidades muito estáveis – será realmente raro ver uma delas apresentando mudanças repentinas de comportamento.

Mesmo com toda essa solidez, não são pessoas “pobres” em sua personalidade e espírito, pelo contrário. Assim com a terra que está sobre nossos pés, tais pessoas possuem uma série de camadas sob sua face exterior. São pessoas multifacetadas e compostas de muitas partes distintas, como os muitos compostos minerais que fazem a terra como ela é. A aparência rígida e uniforme pode esconder um mundo completamente novo em seu interior.

Esse aspecto rígido muitas vezes lhes dá a fama de mal-humorados. Isso não reflete bem a verdade, já que a grande questão é que possuem um modo de pensar muito diferente dos signos aéreos por exemplo; eles não possuem a cabeça nas nuvens e têm sempre uma posição muito firme sobre todas as coisas, sendo realistas como poucos.

Estes não são signos mutáveis e de constante metamorfose. A terra é estável, a terra não muda, e é preciso uma forte resolução para que deixem sua posição atual. Os signos da terra mantém suas posições tanto por seu desejo de servir de porto seguro às pessoas que os cercam, como pela firmeza de suas próprias convicções.

Elas realmente não se sentem à vontade com mudanças e se identificam mais com ambientes estáveis e facilmente previsíveis. São pessoas que gostam de saber o que esperar de suas vidas e ter a certeza de que as sementes que plantaram irão germinar e crescer.

Elas não se importam em deixar passar algumas oportunidades de avançar, pois preferem jogar pelo seguro. Não são grandes apostadores e seguem a filosofia de “por que começar algo novo, se o que tenho já está bom?”.

O triângulo terrestre do zodíaco também abriga as pessoas mais materialistas e possessivas de todos os elementos astrológicos do zodíaco. Mesmo elas próprias sendo tão multicamadas, as pessoas da Terra estão mais preocupadas com o que está na superfície e nunca se importam realmente em cavar para chegar ao fundo – normalmente ficam satisfeitas com o que está diante de seus olhos. Daí sua fama de duronas e conformadas.


signos da terra

Signos da terra no amor

No amor, os signos da terra mostram certa dualidade, pois ao mesmo tempo em que podem ser amantes vigorosos e muito bem-dispostos, eles podem deixar alguns parceiros insatisfeitos com sua falta de interesse na profundidade emocional do relacionamento.

Eles possuem muitas vezes necessidades amorosas primárias. Desejam grande sensualidade, mas também segurança, estabilidade e tranquilidade. Aliás, segurança é fundamental no elemento terra, e um parceiro que apresente muito altos e baixos em suas emoções e transpareça pouca confiabilidade terá chances praticamente nulas com um signo deste elemento.

Eles simplesmente fogem do que não podem confiar. Com raras exceções, eles têm um grande apreço por suas famílias e pela entidade familiar; um de seus maiores desejos é construir sua própria família, mesmo que sejam relativamente jovens. A terra costuma parecer indecisa em muitos momentos, mas diferente dos signos que realmente não sabem o que desejam. O que acontece com a terra é que ela gosta de ter muita certeza de suas decisões, e por isso leva bastante tempo analisando as possibilidades para reduzir os riscos a um mínimo possível.


Leia também: Signos da Água: os trio imaginativo e cheio de percepções


Particularidades de cada signo

A ponta mais estável e firme do triângulo de terra é certamente o Touro. São conhecidos por sua natureza teimosa e sua relutância em mudar, mas também são grandes exemplos de ternura e sensualidade.

Estão sempre à procura de harmonia emocional e da felicidade, mas para isso tentam criar seu próprio mundo ao redor de si, segurando com muita firmeza todas as amarras necessárias para manter as pessoas e coisas que deseja bem próximas. Eles possuem uma base muito sólida de vida e desejam ajudar os outros a também construir a deles. São amigos e amantes muito confiáveis e sábios – as chances de ser traído por um Touro são praticamente zero.

Da outra extremidade desse triângulo encontramos o materialista Capricórnio, representando a porção mais inferior da terra – é a terra em sua forma mais básica e purista. Assim como a terra pura é composta de vários elementos, Capricórnio tem muitos lados e interesse em tudo, desde posses materialistas a um sólido e poderoso status social.

Como as profundezas da Terra, Capricórnio é misterioso e profundo. Não é raro que eles pertençam a escuridão, não em um sentido malicioso, mas de uma forma depressiva. Uma vez que eles são muito conservadores, eles têm dificuldades em ter momentos reais de prazer. Isso também é relacionado ao fato de serem extremamente dedicados ao trabalho e os aspectos mais práticos da vida.

O ponto mais equilibrado e que procura balancear o triângulo talvez seja Virgem; eles não vivem completamente na superfície da terra, tampouco completamente ao fundo. Estão presos em meio ao limiar da indecisão. Virgem vive em seu próprio mundo, em um plano terreno-mental, observando e pensando com precisão analítica e rápida. São mais flexíveis que os outros, sempre procurando ser úteis e claro, estáveis. Virgem também é o menos físico dos signos da terra.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: