.
Sexo astral: o que é e como funciona a prática durante o sono

Sexo astral: o que é e como funciona a prática durante o sono

Mesmo que não esteja totalmente familiarizado, você possivelmente já ouviu falar em projeção astral, certo? Mas e sexo astral? Te parece absurdo? Na realidade, ambos os fenômenos estão diretamente ligados, e para que o segundo aconteça, é preciso haver um encontro entre dois espíritos projetados.

O que é e como funciona o sexo astral?

A projeção astral, em sua essência, consiste na saída consciente do espírito de um corpo físico. Essa experiência, após muita prática, é controlável, e o indivíduo é levado ao plano espiritual assim que estiver relaxado a ponto de adormecer. Durante essa “viagem”, o espírito encarnado desdobrado (pertencente a você, enquanto dorme) pode se relacionar sexualmente com outro espírito, geralmente desencarnado.

Em algum momento da vida, você provavelmente já teve um sonho mais “caliente”, e acordou se perguntando como faria para reproduzir sensações tão vívidas novamente. Em casos como estes, é provável que você tenha tido apenas um sonho erótico, geralmente elaborado a partir de elementos como a cena de um filme, uma conversa, ou outro tópico abordado nos dias anteriores.

O sexo astral, por sua vez, é muito mais intenso e se assemelha a realidade. Algumas pessoas podem chamar de sonhos eróticos, mas quando há uma projeção astral a partir de um indivíduo de alto nível de consciência, as sensações físicas são muito evidentes. Nesse caso, após o retorno ao corpo físico, fica tão clara a diferença entre um sonho e o sexo astral que se torna possível compreender a plenitude dessa experiência.

O segredo para toda essa intensidade é o fato de que, no plano astral, somos nós mesmos. Não há medos, pudores, amarras sociais, e até mesmo seus pensamentos mais sombrios ficam em evidência. Durante uma projeção astral seu espírito pode ser muito melhor ou muito pior do que você é enquanto lúcido. E a partir desse seu magnetismo é que os espíritos “compatíveis” surgem.


Clique Aqui: Rituais da Pombagira: feitiços poderosos para amor e sexo


É possível encontrar pessoas específicas?

Ao obter tais informações sobre a possibilidade do sexo astral, muitas pessoas podem passar a alimentar fantasias, e tentam incansavelmente encontrar no plano astral pessoas como parceiros amorosos, celebridades ou outro alvo de desejos no plano físico. Esse acontecimento pode não ser descartado, mas é altamente improvável.

Como citado, o encontro de almas geralmente tende a acontecer entre um encarnado e um desencarnado. Portanto, se quiser aproveitar de fato essa experiência, não tente buscar por almas específicas durante a viagem astral.

Não há nada de errado ou mórbido nisso. Afinal, mesmo em vida, nós também somos espíritos, por sua vez responsáveis temporariamente por um corpo físico. Após o desencarno, continuamos sendo exatamente quem somos. Gostos, costumes, pontos de vista e até a aparência tendem a permanecerem os mesmos.


Clique Aqui: Garrafa do amor: ritual mágico para amor, sexo e paixão


As advertências para o sexo astral

Até o momento, você provavelmente não tem ressalva alguma quanto a prática do sexo astral. No entanto, em se tratando do plano espiritual, é importante lembrar que essa relação pode acontecer com o sem o consentimento de sua parte.

Algumas pessoas podem até mesmo perceber a aproximação do espírito, seu cheiro, o toque de sua pele, tudo claramente, como se estivesse no plano físico. No entanto, tentam acordar, se desvencilhar do que está acontecendo, mas não conseguem. Essa condição é conhecida como paralisia do sono, sob a visão espírita.

Às vezes, é preciso que o encarnado passe por essa experiência por muitas vezes até que consiga entender e administrar melhor o que está acontecendo. Quando há um consentimento imediato entre encarnado e desencarnado, forma-se uma espécie de parceria, e o espírito fica à sua espera quando se deita para dormir, auxiliando no desdobramento astral.

Mas se o encarnado não consente com o ato, pode haver uma série de experiências desagradáveis, confusas; o indivíduo pode acordar com suas energias esgotadas e sem se lembrar do que é real e o que é sonho. Isso acontece geralmente quando o espírito desencarnado permanece preso aos desejos carnais, apegados aos desejos da matéria. Nesse caso, aproveitam-se da energia dos encarnados.

Em geral, esse tipo de espírito é atraído especialmente por indivíduos que têm o pensamento constantemente voltado ao sexo. Se você é um consumidor ávido de pornografia e banaliza as relações sexuais, atrairá companhias astrais com o mesmo teor vibratório que o seu.

Uma coisa é fato: você controla quem você é somente aqui no plano físico. No aspecto astral você é quem realmente é; sem máscaras e pudores. Caso esteja sendo sugado por espíritos perseguidores, cabe a você entender em que momento da vida você desenvolveu demais seu lado sexual. Entenda essa questão e resolva-a sinceramente dentro de si.

Enquanto estiver acordado, ore e peça ajuda ao seu espírito protetor, para que não deixe nada de mal lhe acontecer no plano astral.


Saiba mais :

Heloisa Von Ah Heloisa Von Ah

Designer e redatora, respira arte desde que se entende por gente. Apaixonada por gatos, literatura, cinema e músicas que já ninguém mais se lembra, vê na calmaria e na simplicidade o cenário ideal para se viver. Aprendeu de tudo um pouco, de instrumentos musicais a artes marciais; e não vê a hora de mais, já que a vida não pode parar