.
Salmo 41 – para acalmar sofrimento e perturbações espirituais

Salmo 41 – para acalmar sofrimento e perturbações espirituais

O Salmo 41 é considerado um salmo de lamentação. Entretanto ele começa e termina com louvores, por isso alguns estudiosos consideram que este salmo de Davi é também um salmo de louvor. As palavras sagradas falam da situação de um sofredor de doenças físicas e espirituais e pede proteção a Deus de seus inimigos.  Veja a interpretação abaixo:

Afaste as más energias!
Afaste as más energias da sua vida!
Atraia bons fluidos! Liberte-se das más energias e vibrações negativas que possam perturbar você. Não temos a solução dos problemas, mas podemos ajudar na descoberta para o caminho melhor. Saber mais >>

O poder espiritual de louvor do Salmo 41

Leia com atenção e fé as palavras sagradas abaixo:

  1. Bem-aventurado é aquele que considera o pobre; o Senhor o livrará no dia do mal.
  2. O Senhor o guardará, e o conservará em vida; será abençoado na terra; tu, Senhor não o entregarás à vontade dos seus inimigos.
  3. O Senhor o sustentará no leito da enfermidade; tu lhe amaciarás a cama na sua doença.
  4. Disse eu da minha parte: Senhor, compadece-te de mim, sara a minha alma, pois pequei contra ti.
  5. Os meus inimigos falam mal de mim, dizendo: Quando morrerá ele, e perecerá o seu nome?
  6. E, se algum deles vem ver-me, diz falsidades; no seu coração amontoa a maldade; e quando ele sai, é disso que fala.
  7. Todos os que me odeiam cochicham entre si contra mim; contra mim maquinam o mal, dizendo:
  8. Alguma coisa ruim se lhe apega; e agora que está deitado, não se levantará mais.
  9. Até o meu próprio amigo íntimo em quem eu tanto confiava, e que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.
  10. Mas tu, Senhor, compadece-te de mim e levanta-me, para que eu lhes retribua.
  11. Por isso conheço eu que te deleitas em mim, por não triunfar de mim o meu inimigo
  12. Quanto a mim, tu me sustentas na minha integridade, e me colocas diante da tua face para sempre.
  13. Bendito seja o Senhor Deus de Israel de eternidade a eternidade. Amém e amém.

(Salmos 41:1-13)


Clique Aqui: Salmo 29: o salmo que exalta o poder supremo de Deus


Interpretação do Salmo 41

Para que você consiga interpretar toda a mensagem deste poderoso Salmo 41, a Equipe WeMystic fez uma descrição detalhada de cada trecho dessa passagem, confira abaixo:

Versículo 1 – Bem-aventurado

Essa é a mesma palavra que abre o Salmo 1, que fala que é bendito aquele que é caridoso. É uma frase de exaltação, de louvor, pois bendizer a Deus é identificá-lo como fonte de nossas bênçãos. O pobre aqui mencionado não se refere a alguém que não tenha dinheiro, mas sim a quem sofre de doenças, de infelicidades, de problemas a que não tem culpa. E assim, o caridoso ajuda e sabe que Deus o irá abençoar por esse gesto.


Versículos 2 e 3 – O Senhor o guardará

Quando o samista diz que você será abençoado na terra, quer dizer que Deus proverá à ti saúde, longevidade, riquezas, harmonia e vitalidade espiritual. Deus não o abandonará à sorte com os seus inimigos, estará contido até no leito da enfermidade. A aflição neste salmo 41 talvez seja a doença mais grave de Davi.


Clique Aqui: Salmo 28: promove a paciência para enfrentar obstáculos


Versículo 4 – Porque pequei

Dentro deste Salmo, percebe-se a necessidade do salmista pedir a Deus que compadeça de sua alma, pois ele sabe que quem peca deve implorar pelo perdão e redenção divina.


Versículos 5 a 8 – Os meus inimigos falam mal de mim

Nestes versículos do Salmo 41, Davi enumera as ações negativas que seus inimigos infringem contra ele. Entre elas, ele diz sobre a pena de não ser lembrado. Nas culturas antigas, uma pessoa não ser mais lembrada era como dizer que ela nunca existira. Os justos de Israel esperavam que seus nomes perdurassem depois de sua morte.


Versículo 9- Até o meu próprio amigo íntimo

Neste trecho percebemos a mágoa de Davi por ter sido traído por alguém que confiava tanto. Na situação de Jesus e Judas, é impressionante a concretização deste versículo, pois eles dividiram a última refeição (“e que comia do meu pão”) e por isso Jesus cita esse versículo no livro de Mateus 26. Ele observou como isso se cumpriu com Judas, que ele confiava.


Versículos 10 a 12 – Senhor, compadece-te de mim e levanta-me

Nas palavras desses versículos conseguimos encontrar diversas interpretações e associações com passagens bíblicas. Davi usa dessas mesmas palavras quando precisava da cura de uma doença que o colocava de cama. São palavras também que prenunciam a ressurreição de Jesus. Mas o salmista é um justo e sabe da sua integridade e por isso confia a sua face à Deus. Ele está batalhando por uma vida eterna na presença de Deus.


Clique Aqui: Salmo 27: Afaste os medos, intrusos e falsos amigos


Versículo 13 – Bendito

Assim como este salmo terminou com uma benção de Deus sobre os justos, ele termina com um justo bendizendo o Senhor. A palavra Amém parece aqui duplicada, como forma de reforçar o seu dignificado de: “assim seja”. Ao repetir ele confirma a sua concordância com o louvor do salmo 41.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: