.
Salmo 39: as palavras sagradas de quando Davi duvidou de Deus

Salmo 39: as palavras sagradas de quando Davi duvidou de Deus

O Salmo 39 é um salmo de sabedoria em forma de lamentação pessoal. É um salmo incomum em vários aspectos, especialmente porque o salmista finaliza as palavras pedindo a Deus que o deixe em paz. Entenda o significado dessas palavras sagradas.

Afaste as más energias!
Afaste as más energias da sua vida!
Atraia bons fluidos! Liberte-se das más energias e vibrações negativas que possam perturbar você. Não temos a solução dos problemas, mas podemos ajudar na descoberta para o caminho melhor. Saber mais >>

O poder das palavras do Salmo 39

Leia as palavras abaixo com muita fé e sabedoria:

  1. Disse eu: Guardarei os meus caminhos para não pecar com a minha língua; guardarei a minha boca com uma mordaça, enquanto o ímpio estiver diante de mim.
  2. Com silêncio fiquei qual um mundo; calava-me mesmo acerca do bem; mas a minha dor se agravou.
  3. Escandeceu-se dentro de mim o meu coração; enquanto eu meditava acendeu-se o fogo; então com a minha língua, dizendo;
  4. Faze-me conhecer, ó Senhor, o meu fim, e qual a medida dos meus dias, para que eu saiba quão frágil sou.
  5. Eis que mediste os meus dias a palmos; o tempo da minha vida é como que nada diante de ti. Na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade.
  6. Na verdade, todo homem anda qual uma sombra; na verdade, em vão se inquieta, amontoa riquezas, e não sabe quem as levará.
  7. Agora, pois, Senhor, que espero eu? A minha esperança está em ti.
  8. Livra-me de todas as minhas transgressões; não me faças o opróbrio do insensato.
  9. Emudecido estou, não abro a minha boca; pois tu és que agiste,
  10. Tira de sobre mim o teu flagelo; estou desfalecido pelo golpe da tua mão.
  11. Quando com repreensões castigas o homem por causa da iniquidade, destróis, como traça, o que ele tem de precioso; na verdade todo homem é vaidade.
  12. Ouve, Senhor, a minha oração, e inclina os teus ouvidos ao meu clamor; não te cales perante as minhas lágrimas, porque sou para contigo como um estranho, um peregrino como todos os meus pais.
  13. Desvia de mim o teu olhar, para que eu tome alento, antes que me vá e não exista mais.

(Salmos 39:1-13)


Clique Aqui: Salmo 26 – Palavras de inocência e redenção


Interpretação do Salmo 39

Para que você consiga interpretar toda a mensagem deste poderoso Salmo 39, a Equipe WeMystic fez uma descrição detalhada de cada trecho dessa passagem, confira abaixo:

Versículo 1 – Enfrearei a minha boca

Neste versículo, Davi mostra-se determinado a sofrer em silêncio, a tapar a sua boca para não dizer tolices frente aos ímpios.


Versículos 2 a 5 — Faze-me conhecer, Senhor

Esses versículos resumem um pedido de Davi para que Deus o faça mais humilde, ele reforça que toda a força que os homens dizem ter é pura vaidade, como algo que não tem significado e que passa depressa.


Versículos 6 a 8 – A minha esperança está em ti

Neste versículo, Davi mostra como ele sabe que a sua única chance de misericórdia, a sua única esperança. Entretanto, esse salmo é incomum pois ele revela que Davi tem problemas com os castigos impostos por Deus. Ele encontra-se em um dilema: não sabe se pede ajuda a Deus ou se pede que Ele o deixe em paz. Isso não acontece em nenhum outro salmo, pois em todos Davi fala de Deus com atos de louvor. No fim desse trecho, ele reconhece o seu pecado, suas transgressões, e se entrega à misericórdia divina.


Versículos 9 a 13 – Ouve, Senhor, a minha oração

Davi permaneceu em silêncio durante algum tempo de sua aflição, mas diante de tanto sofrimento, não conseguiu se calar. Ele clama que Deus o salve, que Deus diga alguma coisa, e mostra um ato desesperado. Como não ouve qualquer resposta de Deus, ele pede que Deus o poupe e o deixe em paz. A dor e a angústia de Davi foram tão grandes que ele duvidou que valia a pena aceitar o castigo e esperar a misericórdia divina.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: