.
Salmo 26 – Palavras de inocência e redenção

Salmo 26 – Palavras de inocência e redenção

O Salmo 26 é um salmo de lamentação e redenção que finaliza com um protesto de inocência. Confira as palavras sagradas e a interpretação WeMystic desse salmo.

Afaste as más energias!
Afaste as más energias da sua vida!
Atraia bons fluidos! Liberte-se das más energias e vibrações negativas que possam perturbar você. Não temos a solução dos problemas, mas podemos ajudar na descoberta para o caminho melhor. Saber mais >>

Salmo 26 – o cordeiro que segue a Deus merece a redenção

Leia com atenção e muita fé as palavras sagradas:

“1. Julga-me, ó Senhor, pois tenho andado na minha integridade; no Senhor tenho confiado sem vacilar.

  1. Examina-me, Senhor, e prova-me; esquadrinha o meu coração e a minha mente.
  2. Pois a tua benignidade está diante dos meus olhos, e tenho andado na tua verdade.
  3. Não me tenho assentado com homens falsos, nem associo com dissimuladores.
  4. Odeio o ajuntamento de malfeitores; não me sentarei com os ímpios.
  5. Lavo as minhas mãos na inocência; e assim, ó Senhor, me acerco do teu altar,
  6. para fazer ouvir a voz de louvor, e contar todas as tuas maravilhas.
  7. Ó Senhor, eu amo o recinto da tua casa e o lugar onde permanece a tua glória.
  8. Não colhas a minha alma com a dos pecadores, nem a minha vida a dos homens sanguinolentos,
  9. em cujas mãos há malefício, e cuja destra está cheia de subornos.
  10. Quanto a mim, porém, ando na minha integridade; resgata-me e tem compaixão de mim.
  11. O meu pé está firme em terreno plano; nas congregações bendirei ao Senhor.”

(Salmos 26:1-12)


Leia também: Salmo 24 – o louvor da chegada de Cristo à Cidade Santa


Interpretação do Salmo 26

Versículos 1 e 2 – Julga-me

O salmista mostra-se como uma pessoa justa e sincera e por ter a consciência limpa, pede ao Senhor que faça o seu julgamento. Essas são palavras de um pecador que já foi perdoado e vive no temor de Deus. Ele já sofreu muito e agora quer seguir na retidão do Pai.


Versículos 3 a 5 – Não me tenho assentado com homens falsos

Nestas palavras ele dá provas ao senhor de quem tem feito de tudo para evitar o mal e seguir firme na sua fé. Ele sabe que só foi capaz de manter-se no caminho certo porque Deus, em sua infinita bondade, esteve sempre à frente de seus olhos.


Versículos 6 a 8 – Lavo as minhas mãos na inocência

Aqui ele faz o apelo de inocência e diz que quer bendizer e fazer ouvir a voz do Senhor, mostrar aos seus semelhantes como o Pai lhe salvou e o manteve no caminho do bem.


Leia também: Salmo 23: Afastar a falsidade e atrair a segurança


Versículos 9 a 11 – Não colhas a minha alma com a dos pecadores

Davi pede aqui, que exista a discriminação divina. Que Deus separe os ímpios, pecadores e que lhe fizeram tão mal de si. Que pela sua integridade, ele merece a misericórdia e compaixão divina.


Versículo 12 – Bendirei ao Senhor

Como sempre acontece nos Salmos, o louvor é uma atitude pública e em voz alta, que seu tem lugar apropriado nas congregações dos crentes.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: