.
Salmo 13 –  o lamento de quem precisa do auxílio de Deus

Salmo 13 – o lamento de quem precisa do auxílio de Deus

O Salmo 13 é um Salmo de lamentação atribuído a Davi. Nestas palavras sagradas, o salmista faz um pedido emocionado e até desesperado por ajuda divina. É um salmo curto e até considerado por alguns como abrupto, pelas suas palavras vigorosas. Leia este salmo, sua interpretação e uma oração para rezar junto com ele.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

O lamento emocionado do Salmo 13

Salmo 13

Leia estas palavras sagradas com muita fé e atenção:

  1. Até quando, ó Senhor, te esquecerás de mim? Para sempre? Até quando esconderás de mim o teu rosto?
  2. Até quando encherei de cuidados a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Até quando o meu inimigo se exaltará sobre mim?
  3. Considera e responde-me, ó Senhor, Deus meu; alumia os meus olhos para que eu não durma o sono da morte;
  4. para que o meu inimigo não diga: Prevaleci contra ele; e os meus adversários não se alegrem, em sendo eu abalado.
  5. Mas eu confio na tua benignidade; o meu coração se regozija na tua salvação.
  6. Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem.

    Leia também: Salmo 7 – palavras sagradas que pedem por justiça divina


Interpretação do Salmo 13

Versículos 1 e 2 – Até quando, Senhor?

Nesses dois primeiros versos do Salmo 13, Davi parece desesperado pela misericórdia divina. Deus permite que ele desabafe diante dele, chore suas mágoas e acalme o seu coração. Ao ler as primeiras estrofes pensamos: Davi está a questionar Deus. Mas não se engane, esse é o lamento de um homem desesperado que só lhe resta a confiança na misericórdia divina.


Versículos 3 e 4 – Alumia os meus olhos

Assim como alguém que sente a morte se aproximando, Davi pede a Deus que ilumine seus olhos para que ele não morra. Davi tem certeza que se Deus não vier, não intervir, ele irá morrer e, portanto, ele é sua última salvação. Ele tem medo que seus inimigos se vangloriem de suas vitórias contra ele, zombando de sua devoção e fé em Deus.


Versículos 5 e 6 – Acredito na tua benignidade

Nos últimos versos do salmo 13, percebemos que Davi não duvida de Deus. Ele confia, passa do desespero à confiança, relembra do seu compromisso com Deus e descreve o seu amor fiel a ele. Diz que cantará, sem dúvidas e com louvor, a sua fé e que Deus o libertará.


Oração para rezar junto com o Salmo 13

“Senhor, que meus sofrimentos nunca me façam duvidar da tua presença junto de mim. Sei que tu não és indiferente aos nossos problemas. Tu és um Deus que caminha e faz história conosco. Que eu nunca deixe de cantar por todo o bem que tu fazes a mim e aos meus irmãos. Amém!”


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!