.
Reclamar com frequência prejudica o seu cérebro

Reclamar com frequência prejudica o seu cérebro

Tem gente que é verdadeiramente viciado em reclamar. Reclamam por tudo e por nada e carregam a sua vida, o ambiente e a vida das pessoas ao seu redor com vibrações energéticas negativas. O peso da reclamação prejudica não só o espírito mas também o nosso corpo físico. Veja como reclamar com frequência tem reações negativas em nosso cérebro.

encontre resposta para os seus pedidos

Quero a ajuda do meu Anjo!

O peso da reclamação – a influência no nosso cérebro


Nunca podemos nos esquecer o quanto as palavras têm poder. Se nós estamos constantemente reclamando, estamos emitindo ao universo vibrações negativas muito fortes e o universo nos envia energia semelhante, também negativa, nos dando mais motivos para reclamar, num ciclo sem fim. E os efeitos são tanto espirituais quanto físicos.

Um filósofo e cientista da computação americano chamado Steven Parton realizou um experimento para comprovar a ação negativa que a reclamação causa em nosso cérebro. Ele analisou a reação cerebral de voluntários que reclamavam e que recebiam reclamações dos outros. Os resultados do seu estudo geraram uma teoria que afirma que as ligações cerebrais feitas no momento da reclamação alteram fisicamente a estrutura da nossa mente e do nosso pensamento.

Leia Também: Que tipo de inteligência você possui? Descubra!

Donald Hebb, psicólogo canadense doutor pela Universidade de Harvard também confirma tais mudanças cerebrais. A descrição de como o cérebro se altera é bem científica e um pouco difícil de explicar em linguagem mais simples, mas o que acontece de forma resumida é: o nosso cérebro sempre procura a forma mais rápida e já conhecida de transmitir as informações às células cerebrais. Quando reclamamos, geramos um caminho, um circuito elétrico de transmissão cerebral que fica memorizado em nosso cérebro. Assim, sendo frequentemente utilizado, esse caminho se torna o mais fácil, o mais acessível ao cérebro, e ele acaba sempre optando por esse caminho, ou seja, ele nos leva a utilizar o caminho da reclamação cada vez mais, pois é assim que ele foi treinado: a ir pelo caminho mais utilizado, mais simples, de ligações mais curtas pelo excesso de uso.

Leia Também: Descubra como atrair pessoas e sentimentos positivos através do desapego

Quanto mais você reclamar, pior é


Portanto, se você é uma pessoa que adora reclamar, saiba que o seu cérebro já se acostumou com isso e tende a te fazer reclamar cada vez mais. Perder esse ‘vício’ não é fácil, mas é possível, pois você pode forçar o seu cérebro a fazer outras ligações e estabelecer outros caminhos, deixando as ligações da reclamação mais fracas ao utilizá-las com menor frequência. Não estamos dizendo que é proibido reclamar, muitas vezes a reclamação nos ajuda a aliviar a tensão e o estresse, o ideal é equilibrar as energias e os pensamentos para que a reclamação seja uma válvula de escape e não uma medida a ser utilizada excessivamente por qualquer motivo pequeno.  Tendo autoconsciência, calma, respirando fundo e tentando irrelevar os pequenos problemas da vida, estaremos nos recarregando com energias positivas e evitando de nos tornarmos pessoas rabugentas e reclamonas.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!