.
O Salmo 25 – orientação para quem busca por pessoas desaparecidas

O Salmo 25 – orientação para quem busca por pessoas desaparecidas

Os salmos presentes na Bíblia são atribuídos ao Rei Davi (autor de 73 deles), a Asafe (autor de 12 salmos), aos filhos de Corá (autores de 9 salmos), ao  Rei Salomão (autor de pelo menos 2 salmos) e ainda há muitos outros que são de autoria anônima. São palavras de fé e poder que ajudam a nos guiar, a nos conectar com Deus e seguir o caminho do bem. O salmo 25 é utilizado para alcançar graças e louvores para diversas causas, mas a principal é no consolo e orientação para quem está em busca de pessoas desaparecidas.

encontre resposta para os seus pedidos

Quero a ajuda do meu Anjo!

O salmo 25 completo


“A ti, Senhor, levanto a minha alma. Deus meu, em ti confio, não me deixes confundido, nem que os meus inimigos triunfem sobre mim. Na verdade, não serão confundidos os que esperam em ti; confundidos serão os que transgridem sem causa.

Faze-me saber os teus caminhos, Senhor; ensina-me as tuas veredas. Guia-me na tua verdade, e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação; por ti estou esperando todo o dia. Lembra-te, Senhor, das tuas misericórdias e das tuas benignidades, porque são desde a eternidade.

Não te lembres dos pecados da minha mocidade, nem das minhas transgressões; mas segundo a tua misericórdia, lembra-te de mim, por tua bondade, Senhor. Bom e reto é o Senhor; por isso ensinará o caminho aos pecadores. Guiará os mansos em justiça e aos mansos ensinará o seu caminho.

Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade para aqueles que guardam a sua aliança e os seus testemunhos. Por amor do teu nome, Senhor, perdoa a minha iniquidade, pois é grande. Qual é o homem que teme ao Senhor? Ele o ensinará no caminho que deve escolher.

A sua alma pousará no bem, e a sua semente herdará a terra. O segredo do Senhor é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança. Os meus olhos estão continuamente no Senhor, pois ele tirará os meus pés da rede.

Olha para mim, e tem piedade de mim, porque estou solitário e aflito. As ânsias do meu coração se têm multiplicado; tira-me dos meus apertos. Olha para a minha aflição e para a minha dor, e perdoa todos os meus pecados.

Olha para os meus inimigos, pois se vão multiplicando e me odeiam com ódio cruel. Guarda a minha alma, e livra-me; não me deixes confundido, porquanto confio em ti. Guardem-me a sinceridade e a retidão, porquanto espero em ti.

Redime, ó Deus, a Israel de todas as suas angústias.”

Leia Também: O poderoso Salmo 93 entre os versos da Realeza

Interpretação do Salmo 25


O Salmo 25 começa com os dizeres “A ti, Senhor, levanto a minha alma”. Elevar a alma quer dizer entrar em oração, abrir a mente e o coração para sair do mundo físico e estar em presença de Deus.  Em seguida o salmo pede consolo a Deus, orientação, pede por ensinamentos, pela companhia de Deus, para que ele ande junto a nós nos nossos caminhos.

No 14º verso, o salmo reforça a necessidade do caminhar com Deus ao afirmar “A intimidade do Senhor é para aqueles que O temem. A esses o Senhor dará a conhecer a Sua Aliança”. Quando o salmo diz a intimidade é para aqueles que O temem, muitas pessoas interpretam errado achando que devemos ter medo de Deus, não é isso que o salmo quer dizer. O temer a Deus é ter respeito por ele, pela autoridade dele perante nós, é perceber que estamos diante do Rei do Universo e que ele está nos dando a chance de estar perto dele, de andarmos junto a ele.

Leia Também: Afaste os medos, intrusos e falsos amigos com o Salmo 27

O salmo termina com o pedido a Deus que retire as angústias e a solidão: “Olha para mim, e tem piedade de mim, porque estou solitário e aflito. As ânsias do meu coração se têm multiplicado; tira-me dos meus apertos.”. São sentimentos comuns a muitas pessoas, em especial por quem busca por um ente querido que está desaparecido. Esse salmo é muito forte e muito poderoso, sempre que sentir necessidade, ore-o com muita fé e Deus há de te ouvir.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!