.
O que significa Quaresma? Veja o real significado

O que significa Quaresma? Veja o real significado

A quaresma é um período litúrgico de 40 dias que começa na Quarta feira de Cinzas, após o carnaval e vai o Sábado Santo ou de Aleluia, anterior ao Domingo de Páscoa. Entenda o seu significado abaixo.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

O que é a Quaresma para a igreja?

A quaresma é considerado para a Igreja um período de conversão, é quando nós devemos nos arrepender de nossos pecados e mudarmos para nos tornar pessoas melhores e mais próximas de Cristo. É tempo de nos prepararmos para a grande festa da Páscoa arrependidos e purificados dos nossos pecados. A quaresma dura 46 dias e é quando Cristo nos convida a mudar de vida e nos esforçarmos para vivermos como filhos de Deus.

A cor da Quaresma é o roxo, uma cor que significa luto e penitência. É assim pois a quaresma é um período de reflexão dos nossos atos, de penitência, de conversão espiritual e preparação para o período pascal. Durante a quaresma devemos orar, seguir o caminho indicado por Jesus Cristo e ajudar o próximo. Ter atitudes justas e cristãs, nos afastando do pecado. É também o período do perdão e da reconciliação fraterna, é tempo de afastar dos nossos corações toda a mágoa, o ódio, o rancor e a inveja, tudo que se oponha ao amor de Cristo.


Leia também: Meditação pode curar medos e traumas


A quaresma e a penitência

Durante este período, os cristãos se recolhem à oração e a penitência para lembrar o sofrimento de Cristo ao se recolher no deserto por 40 dias e também por todo o sofrimento que ele teve na cruz para salvar cada um de nós. Para a igreja, conversão e penitência são sinônimos, e por isso muitas pessoas fazem promessas e realizam penitências durante esse período. A oração, penitência jejum e esmola são meios de se atingir os objetivos da quaresma. A igreja diz que não é preciso multiplicar as suas orações cotidianas, mas sim realizá-las apaixonadamente, participar das missas dominicais com atenção e dedicação e redimir-se em uma penitência.

Os dias de jejum prescritos na Bíblia – onde não devemos consumir carne – são a Quarta feira de Cinzas e a Sexta Feira da Paixão. Mas o jejum deve ser maior do que esse: evitar tudo que envolva o pecado: programas de televisão onde mostra a prostituição, a banalização do sexo, a vulgarização da mulher, a falsidade, o sentimento de rivalidade entre os semelhantes, a egolatria, a mesquinharia. Os vícios também devem ser evitados: afaste-se do cigarro, do álcool, de todas as drogas, das mentiras, da fofoca e tudo aquilo que é contrário ao amor de Deus como forma de penitência e de remissão dos pecados.

Por fim, a quaresma é um tempo de amor e fé, de orar por aqueles que ainda não encontraram o caminho da Vida e pela paz no mundo. Um bom exercício para se fazer no período da quaresma é: ao fim de cada dia coloque-se em oração e examine a sua consciência para ver se pecou naquele dia. Reflita e diga: “Nisto eu errei; aquilo poderia ter feito diferente, melhor. Amanhã vou melhorar, com a vossa Graça”.


Leia também: Técnicas de meditação para acalmar a mente


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: