.
O que é magia negra: mitos e verdades sobre a prática

O que é magia negra: mitos e verdades sobre a prática

O mundo do ocultismo gera curiosidades e conceitos pré-julgados por todo o mundo há milênios, e não à toa; o mundo da magia é cheio de mistérios e informações que são restritas a pequenos círculos, o que acaba por levar ao não entendimento ou a uma compreensão errônea do que se passa no mundo mágico. A magia negra também se encaixa nesse conceito confuso e restrito, mas já vamos entender o porquê.


O que é magia negra?

A magia negra é na verdade um conceito que normalmente está associado ao uso das forças sobrenaturais para fins maléficos, que pode ou não estar ligada à entidades demoníacas. Os sistemas mágicos empregados no uso de magia negra são muito diversificados e tem origens em diversos povos como os acadianos, assírios, semitas, sumérios, amoritas, caldeus, persas e basicamente todos os povos mesopotâmicos.

Leia também: 7 Dicas para encontrar um vidente confiável ►

Tais povos não empregavam a magia negra como algo pertencente ao bem ou ao mal dentro do ocultismo, ela era entendida como um meio de alcançar determinado objetivo em favor do progresso; para obtê-lo, cabe ao mago dar um fim maléfico ou não às forças mágicas. A grande maioria dos praticantes das artes da magia negra se utiliza de rituais e cerimonias que dão acesso a certas entidades ocultas e, uma vez que conseguem essa conexão, é possível pedir algo que seja valioso ou vantajoso para o mago. Na maioria das vezes, o contato é utilizado como uma forma de se obter conhecimento, consultando sobre passado, presente e futuro.


Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

As intenções da magia negra

Como todo o resultado depende da vontade e das intenções no coração do mago, por essa razão ela é muito confundida com o satanismo, que se trata de outro sistema marcado por pactos e acordos com as forças demoníacas; entretanto, a magia negra pode invocar tanto demônios como anjos. Diz a lenda que o próprio rei Salomão se utilizou dessas práticas, as quais foram reveladas pelo próprio Deus, onde permitia que ele invocasse 72 anjos e demônios para que cumprissem suas vontades, daí viriam todas as riquezas e a sabedoria que imortalizaram o rei.

Leia também: Tudo o que precisa saber sobre Circulo Mágico ►

O que mais cria desconforto perante as práticas de magia negra está na responsabilidade implícita a ela. Ao contrário da magia branca onde a regra é a "Tua/Vossa Vontade será feita", nos círculos de magia negra o que impera é a "Minha Vontade será feita", trazendo ao usuário a obrigação em assumir qualquer risco e total responsabilidade por seu ato e qualquer consequência que ele desencadeie. Esse é o principal fator que intimida a todos que têm algum contato com a magia negra e cria uma grande aura obscura sobre ela, afinal, um mago com intenções nebulosas e movidas pelo egoísmo pode tanto causar grande mal a alguém como ter de pagar um alto preço pelas suas decisões.


Descubra a sua orientação! Encontre-se!

Gostou? Compartilhe!