.
O que a Bíblia diz sobre reencarnação ?

O que a Bíblia diz sobre reencarnação ?

A Igreja Católica utiliza a Bíblia como livro sagrado e nela afirma-se que os seres humanos morrem apenas uma vez, descartando a hipótese de reencarnação presente em outras religiões como a espírita e judaica, por exemplo.  A reencarnação, segundo essas doutrinas, ocorre quando uma pessoa morre e sua alma reencarna em outra vida que acaba de nascer, tendo outra oportunidade aqui na terra. Veja o que a Bíblia diz sobre isso.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

A Bíblia prova que reencarnação não existe?


A Bíblia Sagrada afirma que após a morte, vem o julgamento:

“O homem está destinado a morrer uma só vez e depois enfrentar o juízo, assim como Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez para retirar os pecados do mundo. Ele aparecerá uma segunda vez não para tirar os pecados, mas para trazer a salvação daqueles que o aguardam” (Hebreus 9,27-28)

Portanto, para o livro sagrado dos católicos, as almas não teriam uma segunda chance, mas sim pagariam, diante do juízo, pelos seus pecados.  Mas, a doutrina diz que existe na própria Bíblia uma contradição que sugere a existência da ressurreição no caso de Elias e João Batista.

Elias e João Batista – um caso de reencarnação na Bíblia?


A Bíblia sugere que o profeta Elias, do Antigo Testamento, reencarnou em João Batista, do Novo Testamento.  A Bíblia conta que o profeta Elias foi arrebatado ao céu vivo, e depois o profeta Malaquias disse que ele voltaria à Terra para o julgamento. Até aqui se presume que Elias não morreu, foi elevado vivo ao céu. Depois, já no Novo Testamento, o anjo Gabriel anuncia que o profeta João Batista estaria com o espírito e o poder de Elias (Lucas 1,11-19) e Jesus confirma que João Batista é Elias, que deveria vir (Mateus 11, 13-14). Após algum tempo, morre João Batista e após a sua morte ele reaparece como Elias e fala com Jesus em uma montanha (Mateus17,1-8).

É uma história um tanto confusa, pois a Bíblia não fala da morte de Elias mas diz que João Batista teria o seu espírito e poder.  Como a Bíblia não apóia a existência da reencarnação, muitos católicos dizem que João Batista não era Elias, era apenas um profeta com a mesma unção dele.  Mas a Bíblia é clara quando diz que Deus falou: “Eis que vos enviarei o profeta Elias” (Malaquias 4,5) e que Jesus também disse: “Esse é Elias que havia de vir. Mas eu lhes digo: Elias já veio e eles não o reconheceram, mas fizeram com ele tudo o que quiseram.  Da mesma forma como o filho do Homem será maltratado por eles. Então os discípulos entenderam que era João Batista que ele tinha falado.” (Mateus17, 12-13).

Não existe qualquer explicação na Bíblia sobre o caso de Elias e João Batista, por isso é razão de dúvidas sobre a existência da reencarnação, se esse caso seria uma exceção à regra.

Por mais que a Igreja negue a existência da reencarnação, outras passagens da Bíblia também sugerem a hipótese, como em:

“É chegada a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz e sairão; os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo.” (João 5:28-29).


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!
Veja também:

Gostou? Compartilhe!