.
O poder do Salmo 139 para cercar-se da proteção divina

O poder do Salmo 139 para cercar-se da proteção divina

Composto por 150 “capítulos”, por assim dizer, os Salmos sucedem o livro de Jó na ordem bíblica do Antigo Testamento, sendo considerado o maior livro de toda a Bíblia. Tendo escrito ao menos 73 textos, a autoria de Davi também atribuiu a cada Salmo características específicas capazes de direcionar cada um dos seus versos aos cuidados para com seu povo.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Existem ainda os que afirmam que o livro dos Salmos teria cunho profético e messiânico, apontando para a vinda do Messias. No caso, a vinda seria marcada pelo nascimento de Jesus Cristo, cumpridor de tal promessa e atuante no Novo Testamento.

Proveniente da poesia hebraica, a leitura do Salmo está estritamente ligada à música. Com isso, repleto por mensagens atuais, o livro continua sendo contemporâneo em sua leitura e permite ao fiel recitar ou cantar os Salmos, sempre mantendo do caráter musical, adaptando-os de forma a suprir angústias cotidianas ou agradecer a Deus pela graça alcançada.

Leia Também: A magia do Salmo: conheça a importância e os significados deste livro bíblico

Salmo 139: a Coroa dos Salmos de Davi


Atribuída sua criação e dedicação a Davi, o Salmo 139 é considerado o “A Coroa de Todos os Salmos”, consistindo em um louvor descritivo, onde descreve-se as características do Senhor não como uma entidade abstrata, mas com qualidades reais, através das quais se relaciona com Seu povo. Deste modo, o Salmo divide-se em seis partes claramente notáveis, onde ficam reforçadas as três características-base do Criador: a onisciência, onipresença e onipotência.

Em momentos de dúvida ou mesmo a plena certeza de corações impuros próximos de si, utilize a oração do Salmo 139 para se ver livre dos maldosos e das forças negativas que rondam seu sossego. Espíritos sem luz, situações que envolvam a calúnia e a perversidade também são amenizadas e afastadas diante da leitura deste Salmo.

Para os que se sentem injustiçados ou em vias de resolver alguma questão que exija um bom trabalho da justiça, o Salmo a seguir poderá auxilia-lo a obter o melhor resultado. Ainda sobre o poder de tais versos, estes permitem ao que ora se cercar pela proteção Divina, prevenindo-se contra feitiçarias. Em suma, as palavras de Davi expressam a confiança pessoal na soberania amorosa proferida por Deus, demonstrando sua ansiedade por ter sido auxiliado pelo Criador e digno da amizade divina.


“Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos. Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso; todos os meus caminhos te são bem conhecidos.

Antes mesmo que a palavra me chegue à língua, tu já a conheces inteiramente, Senhor. Tu me cercas, por trás e pela frente, e pões a tua mão sobre mim. Tal conhecimento é maravilhoso demais e está além do meu alcance, é tão elevado que não o posso atingir.

Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença? Se eu subir aos céus, lá estás; se eu fizer a minha cama na sepultura, também lá estás. Se eu subir com as asas da alvorada e morar na extremidade do mar, mesmo ali a tua mão direita me guiará e me susterá.

Mesmo que eu dissesse que as trevas me encobrirão, e que a luz se tornará noite ao meu redor, verei que nem as trevas são escuras para ti. A noite brilhará como o dia, pois para ti as trevas são luz. Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.

Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.

Como são preciosos para mim os teus pensamentos, ó Deus! Como é grande a soma deles! Se eu os contasse seriam mais do que os grãos de areia. Se terminasse de contá-los, eu ainda estaria contigo. Quem dera matasses os ímpios, ó Deus! Afastem-se de mim os assassinos!

Porque falam de ti com maldade; em vão rebelam-se contra ti. Acaso não odeio os que te odeiam, Senhor? E não detesto os que se revoltam contra ti? Tenho por eles ódio implacável! Considero-os inimigos meus!

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo que te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno”.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!