.
O poder aromático da Rosa de Jericó - a flor da ressurreição

O poder aromático da Rosa de Jericó - a flor da ressurreição

A Flor de Jericó, ou Rosa de Jericó é uma planta ainda pouco conhecida pela cultura ocidental e, assim como diz em seu nome, ela pode ser encontrada em sua forma nativa na região de Jericó, na Palestina. Essa planta de origem desértica pode parecer como todas as outras, mas diferencia-se pela intrigante habilidade a qual lhe rendeu lendas e histórias.

Propriedades aromáticas da Rosa de Jericó


A Rosa de Jericó possui a impressionante habilidade de entrar em um estado de dormência e parecer praticamente morta quando o ambiente se torna inóspito, perdendo grande parte de sua folhagem e apresentando galhos secos e retraídos. Logo em seguida, suas raízes também se soltam, dando à planta um formato esférico. Ela pode permanecer nesse estado por muito tempo até que encontre novamente um ambiente propício para sua sobrevivência. É só então que, muito rapidamente, ela volta a criar raízes, desabrochar e ganhar novamente um ar verdejante no solo.

► Descubra como prevenir e tratar doenças através das cores e aromas


Na aromaterapia, a Rosa de Jericó também possui algumas funções muito interessantes, sendo capaz de beneficiar em muito um ambiente. Ela pode ser utilizada para sintonizar e atrair energias que favoreçam conquistas financeiras, ajudem a eliminar tensões e a inveja, permitam conquistar um novo emprego e tragam muita paz e felicidade para seu lar.

Pegue a Rosa de Jericó e coloque-a em um recipiente grande - lembre que ela irá se abrir e portanto, ocupar muito mais espaço do que ocupa agora. Embaixo baixo da rosa, mais precisamente sob suas raízes, devem ser colocadas 5 moedas que sejam válidas no mercado e cobrir toda a rosa com água. A rosa então deve logo iniciar seu processo de “ressurreição” e em breve deverá estar totalmente aberta e com sua tonalidade esverdeada característica.

Leia Também: Conheça os 4 principais óleos vegetais usados na aromaterapia


É neste momento que ela começa a produzir seu efeito no ambiente e a liberar seu aroma, o que inicialmente pode ser um pouco incômodo e ainda acompanhado da liberação de um pouco de muco pela rosa. Não se preocupe, pois essa condição deve melhorar e é um sinal de que ela está captando energias negativas do ambiente, para então transforma-las em energia positiva e devolver à casa.

Durante o processo, é possível também que surjam alguns pequenos pontos brancos ou castanhos na rosa, indicando a transformação energética. Assim que notar que estes sintomas estão bem aparentes, retire a rosa do recipiente, lave-a para tirar toda a impureza e então coloque-a em outro recipiente com água limpa e fresca, mantendo-a assim.

Quem desejar maximizar os poderes de transformação e os aromas da rosa pode, sempre que achar necessário, recitar a seguinte oração da Rosa de Jericó.

Leia Também: A importância da diluição em óleos vegetais para a aromaterapia


“Divina Rosa de Jericó, pela energia cósmica que tu encerras e, pelo poder que te foi concedido, ajuda-me a vencer as dificuldades da vida, dando-me Saúde, Força, Felicidade, Tranquilidade e Paz no meu lar, Sorte nos meus negócios, destreza no meu trabalho para ganhar mais dinheiro para cobrir as minhas necessidades, as do meu lar e de toda a minha família. Divina Rosa de Jericó, tudo isto é o que te peço pela virtude que tu encerras e pelo poder de comunicação que tu tens.”

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!