.
Numerologia Bíblica – o que é? O que ela representa?

Numerologia Bíblica – o que é? O que ela representa?

Você já ouviu falar em Numerologia Bíblica?  Ela estuda os números mais comumente repetidos na Bíblia e aponta o que eles querem dizer. Conheça abaixo os seus significados.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

O que é a Numerologia Bíblica

A Numerologia Bíblica é o estudo dos números presentes na Bíblia e a sua simbologia para a história sagrada. Os números mais repetidos em todo o livro é o 7 e o 40. Se os números possuem ou não um significado especial dentro da Bíblia, isso ainda é um mistério que está sendo debatido pelos estudiosos. Não existe qualquer apontamento nos livros sagrados sobre esses simbolismos, mas os numerólogos e teólogos mostram evidências dessa importância a partir da repetição de certos números. Veja as características apontadas pela numerologia bíblica.


Número 7

O número 7 significa perfeição ou conclusão, simbologia do Gênesis 7:2-4, e também do Apocalipse 1:20. É apontado como o número de Deus, o único número perfeito e completo. Os números 7 e 14 aparecem sempre juntos no texto bíblico, no Apocalipse Deus é descrito como possuidor de 7 espíritos, descritos como 7 castiçais. O Candelabro de Sete (Menorah) define sobre o Tabernáculo em Exodo e Deuteronômio como uma homenagem a Deus, dos 7 espíritos.

Outras simbologias do 7:

  • Noé levou para a Arca 7 pares de cada espécie
  • Josué levou os israelitas, com a Arca, 7 vezes ao redor de Jericó
  • “João Batista” tem 14 letras, que é duas vezes 7. “Jesus Cristo” também tem 14 letras.
  • Segundo o Apocalipse, a tribulação que irá sucumbir o fim do mundo irá durar 7 anos
  • Quando Jesus alimentou a 4000 pessoas no milagre da multiplicação, os seus discípulos pegaram 7 cestos para a realização dos milagres. Ele alimentou esta multidão com sete pães, além de alguns peixes.
  • Há quem defenda que as chagas de Jesus sejam 7 e não 5: nas duas mãos, os espinhos, a lança, a flagelação em si, e os dois pés.

Número 40

O número 40 é usado na Bíblia para denotar conclusão ou realização, é considerado como o número do julgamento ou da provação. Ele apareceu 146 vezes durante ambos os Testamentos e possui algumas simbologias de acordo com a numerologia bíblica, veja alguns casos de aparecimento deste número no livro sagrado:

  • Moisés ficou no monte por 40 dias
  • Jonas advertiu Nínive que o julgamento viria após 40 dias
  • Jesus jejuou durante 40 dias no deserto antes de ser tentado por Satanás
  • Passaram-se 40 dias entre a ressurreição e a ascensão de Jesus aos céus
  • A quaresma tem 40 dias
  • Os israelitas foram feitos escravos e mantidos em servidão pelos faraós egípcios por 400 anos, 10 vezes 40.
  • Há inúmeras referências a uma espera de “40 dias e 40 noites” por toda a Bíblia, incluindo os 40 dias e 40 noites que choveram durante o dilúvio de Noé.

Número 4

O quatro é conhecido na Numerologia Bíblica como o número da criação. São 4 os pontos cardeais: norte, sul, leste, oeste. São 4 as estações do ano: primavera, verão, inverno e outono. E muitas outras citações referentes a este número, que tem semelhanças em significado com os número 3 e 10. Veja outras referências:

  • Das 12 tribos de Israel, a linhagem de Jesus remonta a Judá, a tribo nº 4.
  • Há quatro grandes profetas da escrita, Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel.
  • São 4 os cavaleiros do apocalipse
  • São 4 os anjos que estão prontos para defender os 4 cantos da terra
  • São 4 os pontos do sinal da santa cruz

Número 6

O número 6 na Bíblia é apontado como o número do homem ou o número da imperfeição. É chamado de o número do homem pois o homem foi criado no sexto dia, e o homem precisa trabalhar seis dias e descansar no sétimo, assim como Deus no ato da criação. Entretanto, o capítulo 13 do Apocalipse deixou este número marcado como o número da imperfeição ao dizer que o 666 é o número anticristo. O 666 é conhecido como a trindade profana, é a antítese do Espírito Santo (que é representada pelo 777), o falso profeta, a antítese de Deus.


Número 1

O número 1 é utilizado em toda a Bíblia como símbolo da Unidade de Deus, o primeiro mandamento diz “Não terás outros deuses além de mim”. Deus é considerado um só, único e Verdadeiro. Isto lembrava os judeus da época que era preciso adorar a Deus e não os múltiplos deuses adorados nas civilizações ao redor. Assim como Deus é um só, Satanás também é. Uma entidade única, no último livro. A representatividade do 1 é singular, como um único bem e um único mal.


Número 12

O número 12 na Numerologia Bíblica é considerado o número da totalidade. São muitas as referências, veja algumas delas:

  • São 12 as tribos de Israel
  • São 12 os apóstolos
  • O Apocalipse incorpora o uso de múltiplos de 12. A Nova Jerusalém, cidade do céu, é descrita com paredes espessas, 144 côvados simbólicos das 12 tribos e 12 apóstolos. E muitas outras referências.
  • Daniel, profeta do Antigo Testamento, tem no seu livro 12 capítulos. Em Daniel 0:12 diz: “Bem-aventurado é aquele que espera e chega ao fim dos 1.335 dias.” 1 + 3 + 3 + 5 é igual a 12.

 


Existem muitos outros números que são avaliados pela Numerologia Bíblica como simbólicos, este são apenas os mais expressivos. Você acha que estes números carregam alguma simbologia? Há razões divinas para a repetição destes números na Bíblia? Deixe a sua opinião nos comentários.


Leia também: Como é o seu beijo? A numerologia define!


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: