.
Mudras: as dez maneiras de curar o corpo e a mente com as próprias mãos

Mudras: as dez maneiras de curar o corpo e a mente com as próprias mãos

Utilizados no antigo Oriente há milhares de anos, os mudras se originaram como importantes práticas entre líderes espirituais, o que inclui Buda. Baseados nas posições das mãos e dedos, os mudras são utilizados com a finalidade de influenciar a energia presente no corpo de cada um dos indivíduos praticantes, possibilitando curar o corpo, a alma e a mente quando realizadas nas medidas corretas.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Os dez mudras com o poder de curar o corpo e a mente


Praticados atualmente em sessões de reiki, yoga, nas danças indianas e no próprio budismo, os mudras são capazes de aumentar as capacidades cognitivas, além de curar enfermidades do corpo, mente e espírito, como questões digestivas, emocionais, superficiais e hormonais. Veja quais são os movimentos essenciais dos mudras.

1. Gyan Mudra
Conhecida como o Mudra do Conhecimento, para fazer esta posição basta que seu dedo indicador toque a ponta do polegar, enquanto os demais dedos permanecem retos. Entre os benefícios, o mudra proporciona uma melhora em sua capacidade de conhecimento e memória, trazendo clareza, contribuindo para o bom humor e ainda auxiliando nos processos de meditação.

A níveis físicos, previne a insônia, estimula a hipófise e glândulas endócrinas. Pode ser praticada a todo e qualquer momento, estando sentado, em pé ou deitado em uma cama.

2. Prithvi Mudra
Conhecido como o Mudra da Terra, o movimento consiste no toque do dedo anelar no polegar enquanto os demais permanecem retos. Seus benefícios incluem a redução de deficiências físicas e espirituais, podendo aumentar a vitalidade, auxiliar na limpeza da pele e ainda otimizar a funcionalidade do corpo como um todo. Pode ser feita a qualquer momento.

3. Varuna Mudra
O chamado Mudra da Água funciona com o toque no dedo mindinho no polegar enquanto os demais permanecem retos. Contribui para equilibrar emoções, reter água, aliviar a prisão de ventre e cólicas, além de auxiliar na regulagem de ciclos menstruais e demais condições hormonais. Pode ser executada durante 15 minutos, três vezes ao dia.

4. Vayu Mudra
O Mudra do Ar é feito a partir da sobreposição do polegar ao dedo indicador enquanto os demais permanecem retos. Entre seus benefícios, o mudra ajuda a acalmar mentes ansiosas, amansando vozes tensas, reduzindo o stress e ainda amenizando sentimentos de impaciência e indecisão. O movimento pode ser realizado de 10 a 15 minutos, durante três vezes ao dia.

5. Shunya Mudra
Chamado de Mudra do Vazio, nele a ponta do polegar deverá pressionar o dedo do meio para baixo, enquanto os demais permanecem retos, para cima. Como benefícios, o movimento reduz a fadiga, podendo ainda ser altamente eficaz no combate às dores de ouvido; auxilia ainda a restaurar a confiança e aumentar sua capacidade de cognição mental.

O movimento pode ser realizado de 40 a 60 minutos por dia ou de 4 a 5 minutos para o combate às dores de ouvido.

6. Surya Mudra
O também conhecido como Mudra do Sol, pode ser realizado ao dobrar o dedo anelar sob o polegar, mantendo os demais dedos em linha reta. Entre os benefícios apresentados, o movimento ajuda no estímulo da tireóide, auxiliando na perda de peso e reduzindo o apetite. Também contribui para facilitar a digestão, aliviar a ansiedade, o stress e ainda para lhe ajudar a guia-lo até seu propósito de vida. O mudra pode ser realizado de 5 a 15 minutos, duas vezes ao dia.

7. Prana Mudra
O Mudra da Vida, como também é chamado, é formado quando os dedos anelar e mindinho se dobram para alcançar o polegar, ao mesmo tempo que os demais permanecem apontados para cima. Este poderoso movimento entre os mudras beneficia a força da vida, ajudando a fortalecer a mente, corpo e espírito, bem como nas tomadas de decisões. Contribui ainda para uma melhor imunidade e motivação, beneficiando a visão e reduzindo a fadiga. Pode ser feita a qualquer momento.

8. Apana Mudra
Chamado de Mudra da Digestão, nele o dedo médio e anelar ficam dobrados sob o polegar, enquanto os demais dedos (mindinho e indicador) permanecem voltados para cima. Entre seus benefícios, o mudra auxilia para um sistema excretor melhor regulado, na desintoxicação e estímulo dos movimentos intestinais, além do alívio da prisão de ventre e hemorroidas. Pode ser realizado durante 45 minutos por dia.

9. Apana Vayu Mudra
No Mudra do Coração, basta dobrar o indicador até que este toque a base do polegar, enquanto a curva dos dedos médio e anelar tocam a ponta do polegar. O dedo mindinho deve permanecer esticado. Entre os benefícios deste mudra estão o estímulo para a cura do coração, ajudando ainda a protege-lo fisicamente; é bastante eficiente na redução de gases e azia. Pode ser realizado durante 15 minutos, por duas vezes ao dia.

10. Linga Mudra
Por fim, o também chamado de Mudra de Calor deve ser feito da seguinte maneira: entrelace os dedos de suas duas mãos, mas mantendo o polegar da mão esquerda apontado para cima. A seguir, leve o polegar direito ao redor do esquerdo, até que este toque o dedo indicador da mão direita.

Como benefícios, o movimento ajuda a estimular o calor no corpo, além de reduzir sintomas como o catarro e congestão nasal. Fortalece ainda os pulmões e auxilia no vigor e equilíbrio do corpo. Pode ser feito a qualquer momento, desde que sem excessos.


Descubra a sua orientação espiritual! Encontre-se!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!