.
Momentos de força e superação proporcionados pelo Salmo 66

Momentos de força e superação proporcionados pelo Salmo 66

Um Salmo tem funções e características muito próximas às dos chamados mantras da maneira como conhecemos. Através dele, é possível declamar uma oração em versos cantados, com a presença de palavras que teriam o poder de sintonização com as energias celestiais, proporcionando um contato mais próximo com Deus. Essa relação de proximidade permite como melhor comunicação acerca de seus pedidos ou agradecimentos ao Divino, demonstrando devoção dos que recitam e facilitando o modo em que seus pedidos são atendidos.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

As palavras e versos ali contidos carregam o poder de transmitir mensagens e influenciar diretamente sobre o salmista, mostrando o caminho que Deus gostaria que fossem guiados. Isso também é parte da versatilidade dessas orações, pois cada uma delas foi construída para atender um momento especial da vivência humana, com versos dedicados a quem precisa de proteção, outros para agradecer por toda a ajuda recebida em conquistas, bem como celebra-las. Já certos textos são produzidos com o intuito de trazer orientação e paz para quem se encontra desacreditado e com profunda tristeza em seu coração, promovendo mais ânimo e autoconfiança.

Leia Também: Encontre alento aos corações desesperados com o Salmo 40

Facilitando um árduo recomeço com o Salmo 66


O Salmo 66 é um pouco mais extenso que a maioria e trata de um momento muito delicado, amparando indivíduos que se encontram em uma profunda crise ou que estejam travando uma dura e longa batalha.

Durante o texto é possível notar que se trata de uma situação de intenso desgaste, porém a situação que gerou esse desgaste já encontrou seu fim e o que o salmista deseja agora é expressar sua gratidão à Deus, bem como rogar por uma nova vida mais justa e pacífica para si e para todos os que o rodeiam.

Leia Também: A magia do Salmo: conheça a importância e os significados deste livro bíblico


Alguns estudiosos dizem que o momento onde de originou o texto do Salmo 66 remete à libertação dos israelitas do exército de Senaqueribe onde conta-se que, após uma dura batalha cerca de 185 mil soldados assírios teriam amanhecidos mortos, o que forçou a retirada inimiga.

E suma, a oração pode ser muito útil a todos que se encontrem desgastados após um período difícil de suas vidas, almejando por um recomeço mais feliz e justo, afastando toda a tristeza causada pelos momentos de tensão e combatendo a falta de estímulo proveniente do cansaço. Há ainda quem empregue o Salmo para ter um sono mais regular e reparador, bem como para promover a justiça social.

Leia Também: Salmo 91 – o mais poderoso escudo de proteção espiritual


“Celebrai com júbilo a Deus, todas as terras. Cantai a glória do seu nome; dai glória ao seu louvor. Dizei a Deus: Quão tremendo és tu nas tuas obras! Pela grandeza do teu poder se submeterão a ti os teus inimigos.

Todos os moradores da terra te adorarão e te cantarão; cantarão o teu nome. (Selá.) Vinde, e vede as obras de Deus: é tremendo nos seus feitos para com os filhos dos homens. Converteu o mar em terra seca; passaram o rio a pé; ali nos alegramos nele.

Ele domina eternamente pelo seu poder; os seus olhos estão sobre as nações; não se exaltem os rebeldes. (Selá.) Bendizei, povos, ao nosso Deus, e fazei ouvir a voz do seu louvor, Ao que sustenta com vida a nossa alma, e não consente que sejam abalados os nossos pés.

Pois tu, ó Deus, nos provaste; tu nos afinaste como se afina a prata. Tu nos puseste na rede; afligiste os nossos lombos, fizeste com que os homens cavalgassem sobre as nossas cabeças; passamos pelo fogo e pela água; mas nos trouxeste a um lugar espaçoso.

Entrarei em tua casa com holocaustos; pagar-te-ei os meus votos, os quais pronunciaram os meus lábios, e falou a minha boca, quando estava na angústia. Oferecer-te-ei holocaustos gordurosos com incenso de carneiros; oferecerei novilhos com cabritos. (Selá.)

Vinde, e ouvi, todos os que temeis a Deus, e eu contarei o que ele tem feito à minha alma. A ele clamei com a minha boca, e ele foi exaltado pela minha língua. Se eu atender à iniquidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá;

Mas, na verdade, Deus me ouviu; atendeu à voz da minha oração. Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia.”

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!