.
Medo de água? Pode ser trauma de vidas passadas. Entenda!

Medo de água? Pode ser trauma de vidas passadas. Entenda!

Você tem algum medo de água injustificável? Pode significar um trauma não superado de vidas passadas que se reflete em sua vida atual. Veja uma história e reflexão sobre esse tema.

Traumas de vidas passadas que se refletem no dia a dia

Eventos traumáticos ou angustiantes ocorridos em vidas passadas podem se manifestar como trauma em vidas posteriores. Sentimentos de angústia, medo, indecisão, inseguranças, dentro outros, podem ser explicados por fatos anteriores e aliviados através de sessões de terapias. É claro que nem todos os sentimentos descritos acima são necessariamente originados de vidas passadas, mas quando eles são intensos e injustificáveis – ou seja não existe qualquer razão lógica para ele existir – o mais provável é que seja uma lembrança de outra vida. Se a pessoa tem muito medo de água e nunca teve nenhum episódio de quase afogamento, de medo relacionado à água, e tem pânico só de pensar em entrar em uma piscina, mar ou cachoeira, ela deve ter esse trauma de vidas passadas.


Clique Aqui: Vidas passadas: sinais de que você já conheceu alguém antes


Exemplo de uma paciente com medo de água

A terapeuta Valéria Centeville conta a história de uma paciente que chegou ao seu consultório relatando que tinha muito medo de água. E o medo era específico: de água doce e fria. Após uma conversa aprofundada, Valéria constatou que esse medo da paciente não tinha justificativa na vida atual e por isso, pediu aos seus mentores espirituais que mostrassem à paciente a origem de seus medos.

Foi então que a paciente conseguiu visualizar-se em uma encarnação passada, muito antiga, fugindo de inimigos. Durante a fuga, ela acaba caindo em uma cachoeira com fluxo muito intenso da qual ela não conseguiu sair, e acabou morrendo em agonia e desespero nas águas frias da cachoeira.

A paciente relatou que sempre que estava em um ambiente competitivo – seja na vida profissional ou mesmo em um simples jogo entre amigos – sentia uma sensação ruim, de sufocamento e angústia. E quando estava relacionado à água, piorava. As vezes o simples fato de tomar banho a fazia ter pânico.

Foram então realizadas limpezas espirituais e energéticas profundas para livrar o seu EU do passado desse trauma, amenizando os sintomas. Suas memórias antigas foram tratadas com amor e carinho e integradas ao psique.  Após o tratamento, a paciente melhorou muito a sua vida, passou a tomar banhos facilmente e inclusive entrar em piscina e mar.


Os traumas não são apenas com a água

A água é apenas o trauma de vidas passadas mais comum em manifestação na vida atual. Outros medos como de escuro, de animais, de cores específicas e de determinadas situações sociais também podem ter origem em eventos traumáticos passados. Por exemplo: uma mulher que foi espancada e maltratada pelo marido em vidas passadas pode reencarnar com aversão ao casamento. O medo extremo de andar de barco pode ser resquício do trauma por ter morrido em uma embarcação ou por ter morrido afogado (ou experimentado uma experiência de quase morte). O medo exagerado de cobras também pode significar um trauma – é natural termos medo de cobras, pois é um animal potencialmente perigoso, mas quem tem aversão inexplicável pode ter sido picado por uma cobra em vidas passadas.

A terapeuta Denise Linn reforça: “O medo do escuro, principalmente, parece ser originário de algum acontecimento aterrorizador que ocorreu na escuridão, numa vida passada. Uma mulher descobriu que as origens da sua fobia de estar só durante a noite — e a sua convicção de que seria assassinada, caso isso acontecesse — provinham de uma experiência anterior idêntica. Outra doente ficou espantada por descobrir que o fato de ter evitado toda a vida viajar de trem era causado por ter visto a sua irmã ser esmagada pelas rodas de um trem, numa vida anterior. Uma jovem que não suportava olhar para nada que fosse vermelho-vivo (e consequentemente todos os Natais sentia uma crescente ansiedade), revivendo, viu a sua mãe, sangrando muito, depois de ter sido brutalmente apunhalada — numa vida anterior”.


Clique Aqui: Acesse as memórias de suas vidas passadas


Existe possibilidade de melhorar os traumas de vidas passadas

Muitos são os traumas de vidas passadas que podem nos acompanhar, mas eles podem ser amenizados através da terapia, de limpezas energéticas e da conscientização do seu EU interior sobre aqueles eventos traumáticos. Se você sente alguma fobia ou sentimentos de pânico sem uma causa determinada, procure um terapeuta ou um médium que possa ajudar você a lidar melhor com essas memórias e aliviar os seus sintomas.


Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual