.
Mandrágora: conheça a planta mágica que grita

Mandrágora: conheça a planta mágica que grita

A Mandrágora tem vários nomes. Cientificamente esta planta mágica é conhecida como Mandragora officinarum L. É possível encontrar quem a chave de limão-selvagem, semente-amarela, raiz-do-diabo, raiz-de-bruxo, homem-dragão, maçã-de-satã, entre tantos outros nomes.

Esta planta humana, e também dita mágica, participa de muitas lendas e há muito nos acompanha na história da humanidade.


Leia também: Rosa de Jericó - a enigmática planta que ressurge dos mortos

A Mandrágora na história

Desde a antiguidade, a mandrágora é considera uma planta mágica. Bastante presente na história da humanidade, ela chegou a ser citada em alguns textos do antigo testamento, no livro do Gênesis e também no Cântico dos Cânticos.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Encontre já o seu Bem Estar Espiritual!

Aceito a ajuda! >

Esta plana, desde os tempos mais remotos, é usada para diversos fins. Há quem diga que ela possui diversas qualidades de natureza medicinal. Por conta disso, muitos médicos e curandeiros já a recomendaram como analgésico e como narcótico, por exemplo. Há quem diga também que a mandrágora é afrodisíaca e alucinógena.

Pelos antigos romanos, a planta foi muito usada como anestésico durante cirurgias.


Seu formato

A raiz da mandrágora é comparada a um feto humano, devido à sua semelhança com tal. Por conta disso, muitas lendas e mitos foram criados e perpetuados sobre esta planta. Seu uso na magia e na bruxaria também são relacionados a esta similaridade existente.

De acordo com uma antiga lenda medieval, a raiz da mandrágora seria como um pequeno homem dormindo sob a terra. Quando retirado de seu descanso, ele daria um grito tão agudo que poderia ensurdecer a alguém, enlouquecer a esta pessoa ou mesmo levá-la a morte, em alguns casos.

Se você é um fã da saga de Harry Potter, já deve ter visto no livro e no filme que existem técnicas criadas para que se retire uma mandrágora do solo sem que se sofra com o grito da mesma. Na saga, usava-se tapa-ouvidos para se fazer isso. No entanto, há outras técnicas que foram desenvolvidas com base na crença do fatal poder do grito da mandrágora. Alguns afofavam a terra ao redor da planta, amarravam-na ao pescoço de um cachorro e o faziam correr, para que assim a mesma fosse arrancada do solo, por exemplo.

Atualmente, a mandrágora ainda é utilizada como um amuleto de sorte, proteção e prosperidade. Ela também é usada para fins afrodisíacos e magísticos. Há também quem a use em doses seguras para a fabricação de medicações homeopáticas ou mesmo como uma droga criativa.


Leia também:  A oração poderosa das plantas: energia e gratidão.


Na arte

Além de aparecer em Harry Potter, a mandrágora também foi parte do filme O Labirinto de Fauno, de Guillermo Del Toro, e do jogo MMORPG Ragnarok.
 

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: