.
Lua em Câncer – muito carinho e excesso de apego

Lua em Câncer – muito carinho e excesso de apego

O posicionamento da lua no momento em que você nasceu sugere como você lida com os sentimentos e as emoções. Veja como são as pessoas que nasceram com a Lua em Câncer.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Lua em câncer – muitas emoções e sensibilidade


Quem nasce com a lua em câncer tem o dom de expressar suas emoções de forma clara, amável e carinhosa. Como câncer é um signo regido pela lua, que possui a lua em câncer sabe lidar bem com os seus sentimentos, não tem vergonha de demonstrá-los e são muito receptivos aos sentimentos dos outros.

As emoções são parte importante da vida de quem nasce sob a influência dessa lua, são pessoas que têm, entre os planos de vida, a realização emocional como prioridade. Sonham em ter alguém para amar, um apego emocional a certas pessoas (sejam elas parentes, amigos ou parceiros) e gostam que suas emoções sejam retribuídas. É tanto apego que muitas vezes podem ser considerados “pegajosos”.

Leia Também: O que a lua diz sobre a sua personalidade?

Proteção e segurança emocional


Quem tem a lua em câncer gosta de dar e receber proteção emocional, precisa de acolhimento e conforto na presença daqueles que amam, a satisfação com os relacionamentos é algo muito importante para eles – se quem tem a lua em câncer está brigado ou passando por um problema com alguém que ele ama, isso atrapalha toda a sua vida, ele fica instável e precisa resolver isso pois não consegue se concentrar em outra coisa.

Tem dificuldades em lidar com pessoas muito frias e ambientes desconhecidos. Precisa ter sempre alguém a quem se agarrar se tiver de enfrentar situações novas e mudanças.

Leia Também: Lua Cheia: bela, misteriosa e energizada

Não gostam de pressão


Quem tem a lua em câncer normalmente não trabalha bem sob pressão, pois isso lhe dá muita ansiedade emocional. As suas emoções precisam ser bem controladas para que ele consiga raciocinar direito, ou então ele entra em crise emocional e desaba no choro. É preciso ter os pés bem firmes no chão e a cabeça no lugar para não entrar em desespero, e nesse momento ele vai precisar muito das pessoas que gosta para apoiar.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!