.
O karma e o espiritismo – causa e efeito

O karma e o espiritismo – causa e efeito

O karma e o espiritismo possuem uma relação delicada. A palavra karma não é encontrada em nenhuma das obras de Allan Kardec, o codificador do Espiritismo. O termo começou a ser usado recentemente no espiritismo pelas obras subsidiárias, os livros psicografados que são escritos por espíritos a partir de um médium. A palavra Karma é utilizada nas religiões budista, hinduísta, jainista, sique e teosófica. Ela tem origem na Índia, na antiga língua sagrada – sânscrito. Seu significado literal é “ação”, “efeito” ou “trabalho”. No sentido secundário, a relação entre karma e o espiritismo é uma espécie de lei universal de causa e efeito.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Através de orientações dos espíritos, o espiritismo acredita que na reencarnação não se escolhe o destino, mas sim um tipo de prova que cada um tem o direito de aceitar ou recuar. Portanto, o termo mais correto para ser utilizado no espiritismo seria Causa e Efeito e não karma. Os acontecimentos ao longo da vida dependem das ações das pessoas. O Karma, se baseia nas más ou boas intenções, a lei da Causa e Efeito considera nossas ações e traz consequências de acordo com seu caráter ruim ou bom.

karma e o espiritismo

Qual a principal diferença entre o karma e o espiritismo?

Existe uma diferença crucial entre o karma e a lei da Causa e Efeito do espiritismo. A lei da Causa e Efeito leva em consideração o livre arbítrio das pessoas, considera a possibilidades de os seres humanos mudarem o rumo de sua vida, através de suas escolhas. Diferente do Karma, em que as pessoas nascem predestinadas a pagar suas ações desta e de vidas passadas.

Podemos exemplificar com uma pessoa que comete más ações e muda os rumos de sua vida com a prática de ações positivas. No espiritismo, acredita-se que assim, ela pode amenizar as consequências do ato ruim que cometeu. Já no Karma, você vai necessariamente pagar pelos os atos que cometeu, mesmo que mude sua postura e comportamento.


Leia também: 8 livros para quem busca espiritualidade sem religião


Conceitos de Karma, Livre Arbítrio e Destino

Os conceitos de Karma, Livre Arbítrio e Destino devem ser tratados de uma forma não determinada, para uma visão transcendente e ampla. O espiritismo codificado por Alan Kardec, mostra que o ser humano está em constante evolução e os estudos sobre a reencarnação também. Segundo o Livro dos Espíritos, o destino poderia interferir no livre arbítrio, pela sua fatalidade. A fatalidade é escolhida pelos espíritos antes de encarnar, porém, o livre arbítrio permite que as pessoas façam escolhas, que vão fatalmente interferir em seu destino. Conheça os conceitos de Karma, Livre Arbítrio e Destino.

Karma – É o peso do destino que as pessoas carregam. No espiritismo, se refere à Lei de Causa e Efeito, cada ação no plano espiritual ou físico causará uma reação.

Livre Arbítrio – É o direito que as pessoas têm de fazer suas próprias escolhas.

Destino – É o fado que o espírito decide carregar em sua reencarnação. São fatos determinados por leis fatais ou necessárias.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!