.
Feng Shui: os passos para a harmonia

Feng Shui: os passos para a harmonia

Mesmo nos dias de hoje, é muito comum que nos encontramos com pessoas que ainda não conheçam o Feng Shui e os seus milhares de benefícios para a nossa saúde física, mental e espiritual. Esta arte, às vezes tão falada, pode parecer assustadora e misteriosa para as pessoas que nunca a estudaram a fundo.

Hoje iremos apresenta-las para todos aqueles que ainda não a conhecem e querem começar a adotá-la em sua vida. Seja para um melhor equilíbrio espiritual, para uma harmonia da casa ou, até mesmo, para uma maior sensação de bem-estar no ambiente doméstico. Descubra abaixo a história do Feng Shui.

Feng Shui: de onde vem?

Feng Shui (风水) é um termo de origem chinesa que denomina esta maravilhosa arte que iremos tratar hoje. Feng (风) significa vento e Shui (水), água. Ambos os símbolos sempre se mostraram como uma confluência no mundo chinês. Assim, esta ligação sempre foi muito discutida.

O universo, segundo o taoísmo, é uma junção de várias energias que, fluidas entre si, se mostram como participativas e perfeitas uma para com a outra. É exatamente isto que acontece no Feng Shui. Até mesmo se formos analisar a pronúncia desta expressão.

Feng é pronunciado de maneira retilínea e linear, como se fosse realmente uma brisa suave. E o Shui, é pronunciado como se algo tocasse firme em nossa garganta, imitando o som de uma água que assa, que goteja. Essa junção do pacífico com a tempestade é a perfeição natural desta arte.

Assim, o Feng Shui vai nos dizer como harmonizar de maneiras natural e produtiva os ambientes onde vivemos, como fazer isto com tudo, como se sentir bem estando em casa ou no trabalho, como ser mais positivo!


Clique Aqui: 7 dicas do Feng Shui para melhorar a harmonia com Cristais


Feng Shui: domínios tratados

Os principais domínios trabalhados pelo Feng Shui são os ambientes. Neles podemos destacar os seguintes pontos:

  • Forma dos objetos: este é um dos principais. Se você procura uma casa harmônica, não há possibilidade de que os objetos sejam pontudos ou difíceis de se manejar. A forma deve ser sobretudo curvilínea, com cantos arredondados e um charme natural.
  • Cores: a cor é outro fator importantíssimo para o Feng Shui. Casas que procuram conforto não podem ter suas paredes pintadas de cores quentes misturadas, como metade vermelha e metade rosa. Isto gera conflitos internos onde ninguém se sentirá à vontade.
  • Materiais: numa casa equilibrada pelo Feng Shui, os materiais nunca se mostram em excesso. A casa toda em madeira com móveis em madeira não é positiva para esta atmosfera, assim como janelas, portas e mesas feitas em ferro pode destruir qualquer hipótese de “lar”.

Clique Aqui: Harmonia e meditação – conheça os benefícios do Jardim Zen


Feng Shui: Dicas de como utilizar o Feng Shui em seu dia a dia

  1. Relaxe: sim, este é o primeiro passo. Você nunca pode querer fazer uma mudança Feng Shui tensa ou ansiosa para que tudo dê certa. Talvez uma das coisas mais importantes nestas mudanças é a diversão. Você deve se divertir, até que sinta que a está fazendo por prazer e alegria. Isto te proporcionará bons momentos e deixará todo o processo muito mais leve e saudável!
  2. Mas seja focado: mesmo que a diversão existe, o foco não pode ser perdido. Desde o começo, se coloque claro em frente aos seus objetivos. Se você sente a atmosfera da sua casa muito pesada, prefira cores mais leves e procure esticar esta ideia para toda a casa, para que os cômodos não fiquem muito diferentes e mesclem energias híbridas, desconsiderando o pontapé inicial.
  3. Seja econômica: falando em organização, também falamos sobre utilidade. A economia é um papel muito importante na reviravolta do Feng Shui. Você deve se livrar de tudo aquilo que não usa mais, como roupas, acessórios, móveis, etc. Estas coisas não vão te servir mais para nada. É hora de dar um tchau e tocar a vida para a frente!
  4. Higiene e limpeza: este ponto é muito importante. A limpeza da casa deve estar impecável. Manchas no chão e na parede não ajudam em nada o processo do Feng Shui. Você precisa se soltar e apreciar um ambiente com um bom cheiro e de boa visão. Para isto, mesmo que as cores doo chão sejam escuras, a limpeza deve ser, ao menos, semanal.
  5. Paciência: e, por fim, temos a paciência. Para um reajuste Feng Shui, a paciência é imprescindível. Quando você começa a fazer as coisas com muita ansiedade, tudo vai dar errado. Você precisa relaxar e pensar que tudo dará certo, que você fará as coisas com calma e nada vai sair de seu lugar. Quando fazemos as coisas lentamente, não deixamos nenhuma energia em atrito e nada pode vir a te atacar posteriormente. Respire fundo e mande ver!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.