.
Durga: barreira forte que nunca cai

Durga: barreira forte que nunca cai

Durga


Durga, deusa do inacessível e do invencível

É também uma guerreira combatente de demônios terrenos. Seu nome significa “barreira forte que nunca cai” e está muito ligada à eliminação dos sofrimentos e à segurança como figura de porto seguro.

Deusa protetora de seus devotos removendo todos os mistérios e intrigas, Durga é a deusa dos três olhos (representando o desejo, a ação e a sabedoria). Além disso, ela é o princípio do feminino e da natureza cósmica feminina. Durga é considerada a mãe do Universo. Ela representa a força que gera e concretiza a vontade divina e manifesta todas as formas pelas quais a vida se expressa.

A deusa Durga representa o poder de ação supremo que revela a espiritualidade, inspira a ética e preserva a ordem moral e a consciência do homem. Ela protege a humanidade do mal, das tristezas e das doenças, destruindo as energias negativas e outras manifestações do ego que fazem mal às pessoas e à boa convivência consigo mesmo e com os outros.


Descubra aqui quais são deuses Indianos!


Para os hindus fazer adoração a essa deusa é muito importante para a manutenção e prática da fé. Louvada não apenas pelas representações anteriores, mas também por ser expoente de beleza e harmonia, essa protetora e fiel deusa possui uma energia que potencializa a vida de quem a crê, provendo alegria, harmonia, saúde e prosperidade.

Sua figura traz exatamente essas características simbólicas, sendo muito adornada e de pé em um lótus aberto, com trajes vermelhos e detalhes dourados, além de carregar muitas moedas. Com 18 braços, ela ainda possui outros objetos que simbolizam seus poderes.

Mãe Durga é também uma figura iluminada e resplandecente como a Lua, podendo estar montada em um leão ou tigre, o que mostra seu domínio sobre o ego e as emoções. Suas égides são símbolo de sua prontidão e força de guerreira. Já os discos representam o mundo sobre o seu comando. A espada demonstra sua sabedoria. A clava significa sua firmeza diante das decisões, enquanto o tridente é símbolo de suas três qualidades e a concha de seu apego divino em forma de som universal.

Por fim, o arco e a flecha que ela carrega são o controle e a consciência sobre as energias que o homem emana e concentra, sendo a flor de lótus a certeza do sucesso se o equilíbrio, a paz interior e a sabedoria são mantidos conforme mandam os ensinamentos hindus.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

David Fregate David Fregate

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: