.
Descubra como rezar o Terço da Misericórdia

Descubra como rezar o Terço da Misericórdia

O Terço da Misericórdia é uma devoção católica que foi baseada em aparições de Jesus Cristo à Santa Faustina Kowalska (1905-1938). A devoção consiste na recitação do conjunto de jaculatórias que foram ditadas por Jesus, a partir do uso de um terço comum do Santo Rosário. Santa Faustina fazia parte da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia, ela relatou em seu diário que recebeu as orações durante visões e conversas que teve com Cristo. A santa escreveu que os propósitos das orações do terço são: confiar na misericórdia de Cristo, obter misericórdia e mostrar a misericórdia com os outros. Neste artigo, vamos mostrar como rezar o Terço da Misericórdia e falar um pouco mais sobre sua história.

“Quando rezarem esse terço junto aos agonizantes, Eu me colocarei entre o Pai e a alma agonizante, não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso”.
Jesus Cristo

Como rezar o Terço da Misericórdia?

Recomenda-se rezar o Terço da Misericórdia às 15h, que é considerado o horário da misericórdia. Mas, essa não é uma regra. Como toda oração,o Terço da Misericórdia Divina poderá ser recitado em qualquer hora do dia e será bem aceito. Veja como orar abaixo:Jesus Cristo

Comece rezando:

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Pai-Nosso…

Ave-Maria…

Creio…

Nas contas do Pai-Nosso, diga:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, a Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.

Nas contas das Ave-Marias, diga:

Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro. (10 vezes)

Ao fim do terço, diga:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.


Clique aqui: Como rezar o Rosário e qual é a sua importâncias


Um pouco mais sobre o Terço da Misericórdia

O Terço da Misericórdia foi apresentado ao mundo na década de 30, pela Irmã Faustina. Santa Faustina nasceu na Polônia, em 1906 e era discípula da Divina Misericórdia.Durante o período em que esteve em Vilnius, na Lituânia, a Irmã Faustina relatou em seu diário, no dia 13 de setembro de 1935,como Jesus lhe ensinou o Terço da Misericórdia. Cristo disse à Irmã que concederia grande misericórdia no momento da morte daqueles que recitassem o terço e que nunca alguém que houvesse recorrido à sua misericórdia decepcionara-se.

Após a canonização de Santa Faustina e de inúmeras peregrinações do Papa João Paulo II, o culto pela Divina Misericórdia aumentou tanto que acabaram construindo um centro de culto mundial à Misericórdia, a Basílica da Divina Misericórdia, na Cracóvia – Polônia.

Durante a Quaresma, especificamente no segundo Domingo, o Papa Francisco pediu que repartissem aos assistentes que estavam na Praça São Pedro uma caixinha denominada como Misericordina. Dentro da caixinha, estava uma imagem de Cristo, a história do Terço da Misericórdia e um rosário para ajudar a orar o mesmo.  Em carta apostólica escrita pelo Papa, Santa Faustina foi denominada como “grande apóstola da misericórdia”e sua intervenção foi solicitada.

Da mesma forma com que a vida da Igreja, a Liturgia e a piedade se associam intimamente, na espiritualidade da divina misericórdia sugerida por Santa Faustina é feito igualmente o encontro dessas dimensões, particularmente através do Terço.

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.