.
Descubra como prevenir e tratar doenças através das cores e aromas

Descubra como prevenir e tratar doenças através das cores e aromas

Existem doenças que naturalmente já fazem parte da lista dos males da vida moderna, uma vez que se tornam cada vez mais presentes. Os motivos em geral estão intrínsecos ao estresse crescente, gerando aumento da ansiedade e uma maior sensação de esgotamento.

Entre as doenças provenientes de toda essa tensão, podem se encontrar quadros de dores de cabeça persistentes, dores musculares, má digestão, enjoos e até mesmo tonturas e labirintites; tais condições podem ter uma profunda ligação com seu estado emocional e um esgotamento de energias. A boa notícia, entretanto, é que muitas delas podem ser tratadas e ter seus sintomas reduzidos ou até mesmo eliminados, fazendo o uso de aromas e cores terapêuticas.

Cura pelas cores


 

Descubra os Benefícios da Aromaterapia


 

Como tratar e prevenir doenças por meio de cores e aromas


Grande parte das doenças que acometem o corpo físico são o resultado de alterações em seu campo energético que não foram tratadas. Algumas técnicas como a Aromaterapia e Cromoterapia fazem uso de óleos essenciais e cores específicas, tanto para o tratamento quanto para a prevenção dessas enfermidades.

Lembrando que é preciso avaliar cada caso individualmente e estar ciente que tais tratamentos alternativos não devem substituir nenhum método da medicina tradicional sem a prévia autorização de um médico especialista. No entanto, estão liberadas para utilização como tratamento auxiliar.

  • 1

    Dores de cabeça


    Para combater dores de cabeça, a Aromaterapia indica o uso de óleo essencial de Lavanda, devido a sua ação analgésica e sedativa. Basta massagear as têmporas em movimentos circulares, após colocar uma ou duas gotas do óleo em cada dedo. Já dentro da Cromoterapia, a cor que possui os efeitos calmantes e analgésicos necessários para combater as dores de cabeça é a cor azul. Para usufruir destes benefícios, caso não possua um ambiente com predominância desta cor, é possível realizar a aplicação da cor com o auxílio de uma lâmpada por cerca de 5 minutos diários, ou ao beber um copo de água solarizada azul.

  • 2

    Enjoos


    Para tratar enjoos pode-se fazer uso do óleo essencial de Hortelã Pimenta, o qual pode ser facilmente aplicado em um lenço, de modo a permitir que se inale seu aroma toda vez que surgirem os sintomas. Lembrando que o uso deve ser recomendado por um profissional responsável, já esse óleo não deve ser utilizado por pessoas com epilepsia, convulsões ou asma. Para estes enjoos, a cromoterapia aconselha as cores azul e verde, proporcionando um efeito calmante e reduzindo o enjoo. Para aplicá-las, podem ser usadas lâmpadas ou mesmo aproximar objetos destas cores em seu campo visual.

  • 3

    Má digestão e Dores abdominais


    O óleo essencial de Hortelã Pimenta também pode ser utilizado para combater a má digestão, dores abdominais e a flatulência. Para isso, o óleo deve ser massageado na região abdominal, podendo ainda adicionar o óleo a um creme ou gel de massagem para facilitar a aplicação, adicionando cerca de 5 gotas do óleo a cada 30g de produto. Permanecem as mesmas contraindicações para pessoas com epilepsia, convulsões ou asma. As cores capazes de surtir bons efeitos no alívio desses sintomas são as tonalidade de verde e laranja, de modo que profissionais costumam fazer aplicações de 3 minutos para a verde e 10 para a laranja, em sequência. É possível também ingerir água solarizada na cor laranja uma vez por semana.

  • 4

    Dores musculares


    Como dito, o óleo essencial de Lavanda possui boas propriedades analgésicas e pode surtir efeitos anti-inflamatórios para os músculos. Ao misturar cerca de 5 gotas do óleo de lavanda em 30 ml de óleo vegetal de Copaíba, por exemplo, é possível utiliza-lo para massagear a região afetada pela dor. Aqui também se obtém benefícios ao utilizar a cor azul. Este pode ser administrado através da utilização de lâmpadas para direcionar o tratamento, permanecendo em um ambiente preparado, ou mesmo utilizando roupas e acessórios na cor azul.

  • 5

    Tontura


    Novamente podemos aproveitar os benefícios do óleo essencial de Hortelã Pimenta, mas dessa vez em conjunto com óleo essencial de Vetiver. Para isso, basta pingar uma gota de cada um deles em um lenço para inalar o aroma sempre que for preciso. Lembrando novamente das contraindicações do óleo de Hortelã Pimenta para pessoas com epilepsia, convulsões ou asma.

  • 6

    Estresse e ansiedade


    Para casos de grande estresse e ansiedade, a grande maioria dos aromas cítricos podem trazer alívio aos sintomas, onde destacam-se entre as recomendações os óleos de Laranja, Tangerina e Bergamota. Junto à eles, também podem ser utilizados óleos que proporcionam mais equilíbrio e tranquilidade, como a Lavanda e Vetiver. Quanto às cores, voltamos ao verde, capaz de tranquilizar e equilibrar, e o azul, que atua muito bem em seu sistema nervoso, ajudando a reduzir o ritmo cardíaco em momento de grande ansiedade.

O uso das cores pode ser feito de todas as maneiras que foram possíveis em momentos de grande necessidade, seja através de lâmpadas, ambientes preparados em sua decoração, roupas e até acessórios.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!