.
Descubra 7 posições para abrir seus chakras

Descubra 7 posições para abrir seus chakras

O desequilíbrio ou o fechamento dos chakras nos faz adoecer. Por isso, é importante manter sua vida em dia e praticar exercícios, ter uma alimentação saudável e meditar diariamente. Além disso, para abrir seus chakras, você pode adotar a meditação, a cristaloterapia, a aromaterapia, o Reiki e a Yoga. Com a Yoga, você pode todos os dias fazer posições que auxiliam a abertura dos chakras, energizando seu corpo, mente, alma e espírito. Abra este link e leia este texto ao som das nossa propostas de música Reiki.

Relacionados com o tema:
Princípios do Reiki para uma Vida Harmoniosa ►

São posturas que requerem treino e alongamento, porém que podem trazer energia vital facilmente aos 7 chakras. Isso porque 3 dos chakras mais relevantes estão presentes na nossa coluna vertebral, em linha central, do cóccix ao topo da cabeça. A Yoga foca no alongamento e flexibilidade das nossas costas, então ajuda a dar fluidez às formas energéticas dos chakras, abrindo-os e removendo possíveis bloqueios. Uma série simples de exercícios, que pode ser feita em 20 minutos, vai ajudar você a entrar em contato com seus chakras.

Entenda melhor os Chakras:
Os 7 Principais Chakras e o seu alinhamento através do Reiki ►


Veja abaixo como proceder para cada um dos chakras:

 

Muladhara

Postura: paschimottanasana ou posição da pinça. Com as coxas contraídas, sinta as pernas firmes no chão. Leve então a barriga e o peito em direção aos joelhos, esticando a cabeça como se ela fosse tocar os pés. Concentre-se no alongamento da parte de trás da coxa.

Svadhisthana

Postura: setu bandha sarvangasana ou postura da ponte. Deite-se de joelhos dobrados, com os pés próximos dos quadris e os braços ao lado do corpo. Ao inspirar, levante vértebra por vértebra da coluna começando pelo cóccix, formando um arco com as costas. Mantenha os ombros no chão e não vire a cabeça. Desça expirando devagar.

 

Saiba mais:
10 Terapias Alternativas para Saúde e Bem-Estar ►


Manipura

Postura: ardha chakrasana ou postura da meia roda. De pé, eleve os braços devagar com a palma das mãos voltada uma para a outra. Confortavelmente estique-se para trás, alongando braços e pescoço. Mantenha as coxas contraídas e as pernas bem esticadas, sem dobrar os joelhos.

Anahata

Postura: pose mahavirasana ou postura de mahavira. Comece ficando em pé e colocando a perna direita para a frente, dobrando o joelho. Estique a perna esquerda para trás. Inspirando, apoie as mãos no joelho e empurre os ombros para trás, alongando e expandindo o peito. Lembre-se de alternar as pernas depois.

Vishuddha

Postura: salamba sarvangasana ou postura da vela. Deite de barriga para cima, eleve as pernas em direção ao teto apoiando os quadris nas mãos e o queixo no peito. Tente ficar o mais reto possível. Para sair da pose, deixe os pés caírem um pouco para a frente, e então desenrole a coluna vértebra por vértebra, concentrando-se na parte de trás das coxas.

Ajna

Postura: sash tan gadan dawatasana ou postura da prostração espiritual. Deite-se de barriga para baixo, leve os braços para a frente, cruzando os pulsos. A ênfase é dada na atenção à respiração, que deve ser sentida nas costas. Esta postura é utilizada para intensificar a conexão com mestres espirituais.

Sahaswara

Postura: chaturanga dandasana ou postura da prancha. De barriga para baixo, deixe as pernas esticadas, com os calcanhares para cima. Coloque a palma das mãos no chão, ao lado das costelas flutuantes. Eleve o tronco o suficiente para que os cotovelos e os ombros estejam alinhados numa linha paralela ao chão.

Gostou? Compartilhe!