.
Utilizando o Circulo Mágico - Tudo o que precisa de saber

Utilizando o Circulo Mágico - Tudo o que precisa de saber

Agora que você já aprendeu o que é um círculo mágico e como traçá-lo (não aprendeu? Veja aqui) você precisa aprender como utilizá-lo. Essa é uma parte muito importante, pois a magia e a bruxaria são assuntos sérios que podem trazer benefícios ou malefícios a quem realiza e a quem o ritual se destina. Pode ser também perigoso se não for feito da maneira correta, pois você lida com abertura de portais entre mundos. Aprenda como utilizar o círculo mágico de maneira correta e segura.

Precisa de uma orientação espiritual?

Fale agora com a nossa Esotérica.
Saiba qual é o seu Arcano Regente e encontre a orientação espiritual que procura.

 

Lançando o Círculo Mágico


Existem várias formas de abençoar a círculo e começar o seu ritual, algumas simples e outras mais complexas. Indicamos aqui uma das formas de lançar o círculo mágico:

Coloque-se de frente para o seu altar, relaxe por alguns momentos. Depois imagine uma luz azul em torno de você, girando no sentido-horário, e diga as seguintes palavras:

“Com esse athame, abro o círculo. E que todas as coisas ruins fiquem para fora, para proteger as pessoas que estão aqui dentro. Deusa consagre esse lugar.”

A Alta Sacerdotisa (ou Alto Sacerdote) traça o círculo por completo e volta ao seu lugar. Cada pessoa que vai participar do ritual fica em seu respectivo lugar, mas também é possível fazê-lo sozinha(o). Começa o ritual de abertura do círculo então, e cada elemento agradece à Deusa e ao Deus por estarem presentes e falam:

Leste: Salvem os guardiões das torres do Leste. Venham juntar-se a nós neste círculo.

Poderes do Ar vinde. Vigiem este espaço sagrado. Nós os saldamos.”

 “Sul: Salvem os guardiões das torres do Sul. Venham juntar-se a nós neste círculo.

Poderes do Fogo vinde. Vigiem este espaço sagrado. Nós os saldamos.”

 “Norte: Salvem os guardiões das torres do Norte. Venham juntar-se a nós neste círculo.

Poderes da Terra vinde. Vigiem este espaço sagrado. Nós os saldamos”.

Oeste: Salvem os guardiões das torres do Oeste. Venham juntar-se a nós neste círculo.
Poderes da Água vinde. Vigiem este espaço sagrado. Nós os saldamos.”

Todos ficam em forma de pentagrama. A Alta Sacerdotisa desenha o pentagrama de invocação e o ritual começa.
 

Fechando o círculo mágico



A Alta Sacerdotisa e o Sacerdote agradecem à Deusa e ao Deus por terem estado presentes, e aos elementos. Cada pessoa volta ao seu lugar e diz:

Leste: Salvem os guardiões das torres do Leste. Poderes do Ar, nós agradecemos sua

presença aqui, como guardiões no nosso círculo. Vão em paz, oh grandes guardiões do

Leste, com nossas bênçãos e nosso agradecimento. Obrigada e Adeus.”

Sul: Salvem os guardiões das torres do Sul. Poderes do fogo, nós agradecemos sua presença

aqui, como guardiões no nosso círculo. Vão em paz, oh grandes guardiões do Sul, com

nossas bênçãos e nosso agradecimento. Obrigada e Adeus.”

Norte: Salvem os guardiões das torres do Norte. Poderes da Terra, nós agradecemos sua

presença aqui, como guardiões no nosso círculo. Vão em paz, oh grandes guardiões do

Norte, com nossas bênçãos e nosso agradecimento. Obrigada e Adeus.”

Oeste: Salvem os guardiões das torres do Oeste. Poderes da Água, nós agradecemos sua

presença aqui, como guardiões no nosso círculo. Vão em paz, oh grandes guardiões do

Oeste, com nossas bênçãos e nosso agradecimento. Obrigada e Adeus.”

Todos ficam em forma de pentagrama. A Alta Sacerdotisa desenha o pentagrama de expulsão e mais uma vez agradece, e só então fecha o círculo com o Athame de novo. Algumas pessoas começam o círculo pelo Leste, mas a maneira Celta é sempre pelo Norte. Na Tradição Celta, o Norte é sagrado, pois é pelo Norte que o guerreiro entra no círculo do conhecimento, e foi pelo Norte da Terra que os Celtas vieram para a Europa. Veja aqui o vídeo que explica o significado do círculo e ensina como lançá-lo e como fechá-lo.
 


Descubra a sua orientação espiritual! Encontre-se!

Veja também:

Gostou? Compartilhe!