.
As lições dos orixás

As lições dos orixás

Os 19 orixás provêm da cultura africana e cada um tem a sua história, símbolo e outras características. São forças da natureza e estão relacionados às manifestações dessas forças. Todos os orixás têm ainda o seu próprio significado, composto por cores, cantigas, rezas entre outros detalhes que caracterizam cada um deles.

Exu, Pombagira, Caboclos, Boiadeiros, Erês, Oxum, Omulu, Ogum, Oxóssi, Xango, Oxumare, Iansã, Iyewá, Oba, Iemanjá, Nanã, Oxalá, Zambi e Olorum são os orixás. Para descobrir qual é o seu, o jogo dos búzios é uma boa forma de saber. Cinco orixás formam um, numa combinação única, e rege a sua vida, não sendo igual nem semelhante a mais ninguém.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

O que aprender com os orixás

Exu ensina que se você deseja algo tem que vencê-lo. Já a Pombagira ensina que não se pode amarrar o amor verdadeiro, ele tem que ser conquistado. Entre os orixás, Caboclos mostra que a felicidade tem que ser permitida por nós mesmos. Enquanto Boiadeiros ensina que as pessoas que realmente importam estarão sempre do seu lado, Erês demonstra que o único sentimento puro que existe é a fé. Outro dos orixás, Oxum, ensina que o bem mais valioso, ainda mais que o ouro, é o amor.

Omulu pode ajudar a ensinar que para os sofrimentos sempre há um fim. Ogum ensina que para toda a vitória, tem que haver luta. Oxóssi mostra que para realizar os seus sonhos basta coragem. Xango ensina a acreditar na justiça divina, não na que você tem em mente. Oxumare acredita que a bonança só se é alcançada sem arrogância. Iansã ensina a manter a cabeça erguida durante as tempestades da vida. Íyewá ensina que melhor que iludir com mentiras, é ferir com a verdade. Oba ensina que mesmo quando achamos que todos são amigos, a traição vem de onde menos esperamos. Iemanja mostra a diferença entre ser boa e boba ou deixar que nos pisem.

Entre os orixás, Nanã ensina a ter paciência e mais certeza dos nossos objetivos. Oxalá mostra que devemos ser bons e não passar por cima dos outros para termos o que queremos. Zambi ensina que nada nos é tirado, mesmo que seja para dar algo melhor. Por mim, dos orixás, Olorum ensina que tudo que se conquista é mérito pessoal. Quanto mais for possível e se fizer por merecer, ele dará muito mais coisas sem tirar o que uma pessoa já conquistou.
Leia também: Passo a passo para fazer guia de proteção de Orixá e afastar inimigos
Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

WeMystic Brasil WeMystic Brasil

Acima de tudo, queremos ver você feliz e equilibrado. Compartilhamos informação e autoconhecimento. Acreditamos que o conteúdo pode te ajudar a ter uma vida mais equilibrada e tranquila.

 
Artigos mais recentes

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!