.
Aromaterapia para pets – veja benefícios para seu animal de estimação

Aromaterapia para pets – veja benefícios para seu animal de estimação

A utilização dos óleos essenciais da aromaterapia para os animais de estimação tem se tornado cada vez mais comum entre os donos de pets. Eles podem ser usados para acalmar, desestressar, evitar hiperatividade, aliviar a depressão e educar. Veja todos os benefícios da aromaterapia para pets.

Afaste as más energias!
Afaste as más energias da sua vida!
Atraia bons fluidos! Liberte-se das más energias e vibrações negativas que possam perturbar você. Não temos a solução dos problemas, mas podemos ajudar na descoberta para o caminho melhor. Saber mais >>

Por que aromaterapia nos animais?

Hoje percebemos que nossos bichinhos de estimação também sofrem de doenças semelhantes àquelas que nós humanos estamos expostos: estresse, depressão, hiperatividade, desânimos e muitas outras. Uma pesquisa recente mostrou que nos EUA cerca de 20% dos donos de pets já buscam soluções em terapias alternativas para tentar tratar, curar ou educar os seus bichinhos, e a aromaterapia é uma delas.

Segundo a aromaterapeuta e bióloga Luciane Vishwa Shoppan este tipo de tratamento natural possui propriedades curativas presentes nas moléculas químicas dos óleos essenciais que podem beneficiar não só humanos como também animais de médio e grande porte, como cães, gatos ou cavalos. Ele diz que, depois do animal ter sido diagnosticado pelo veterinário, o dono pode fazer uso dos óleos essenciais para ajudar no tratamento. É preciso escolher o óleo certo para ajudar na recuperação do bem-estar e saúde do bichinho.


Como escolher o óleo essencial correto para o meu pet?

O melhor caminho é recorrer a um aromaterapeuta, que vai analisar o diagnóstico do veterinário e utilizar de seus conhecimentos para indicar o óleo (ou a mistura de óleos) indicada para o problema do seu bichinho, como utilizar e em qual quantidade. A funcionalidade é exatamente igual à da utilização em humanos. Por exemplo:

  • Se o pet está muito desanimado, com aparência de cansado e não quer brincar, o melhor é utilizar óleos que aumentam a energia vital, como de manjericão, hortelã, cipreste ou alecrim.
  • Quando os pets ficam muito tempo sozinhos em casa e por isso perdem o apetite e ficam depressivos, o melhor é usar óleos cítricos, como de limão siciliano, tangerina ou mandarina.
  • Quando os pets são muito agitados e hiperativos, o óleo essencial de lavanda é o mais indicado para acalmar.

E muitos outros usos. Basta pesquisar quais são as funcionalidades de cada óleo.  A aromaterapeuta conta ainda que existem óleos indicados para outros problemas, como inflamações, ferimentos e estresse pré-operatório. A aromaterapia pode ainda ser utilizada para controle de microrganismos, fungos, mosquitos, carrapatos e pulgas.


Clique Aqui: Oração para encontrar animais de estimação perdidos


Como aplicar?

Aqui entra um detalhe importante e que é preciso ter cuidado: os animais têm olfato muito mais apurados que o nosso por isso a dosagem precisa ser mínima para não irritá-lo ou estressá-lo.  O tratamento da aromaterapia em pets normalmente é feito por:

  • Massagens: quando o pet é calminho e se deixa massagear, pode-se diluir o óleo essencial em outro óleo vegetal base (como o de amêndoas, por exemplo) e fazer uma massagem suave na barriga, pernas, braços e axilas do animal. Não passe na cara ou patas. Pode ser feito uma ou duas vezes por dia, dependendo da situação do animal.
  • Borrifação ou uso de inaladores: essa é a forma mais comum de utilização e que ainda traz os benefícios dos óleos para todos os moradores da casa. Para borrifar, basta diluir o óleo essencial em álcool de cereais e água floral e borrifar na casa uma ou duas vezes por dia. Os inaladores são ainda mais práticos, basta colocar duas gotinhas para aromatizar todo o ambiente.
  • Dentro do shampoo: basta adicionar algumas gotas dentro do shampoo do animal, mas sem exagerar, algumas gotas bastam. O shampoo com óleos essenciais pode ser utilizado a cada 15 dias.

Cuidados necessários na utilização da aromaterapia para pets

É preciso ter cuidado pois caso os óleos essenciais sejam mal utilizados eles podem trazer consequências negativas. É preciso comprar óleos essenciais certificados e de boa procedência e obedecer às quantidades recomendadas pelo aromaterapeuta para não arriscar a saúde do seu pet. Cuidado também com o uso de óleos que têm aromas muito fortes pois eles podem irritar o animal.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: