.
Aromas que curam - como tratar problemas emocionais com aromaterapia

Aromas que curam - como tratar problemas emocionais com aromaterapia

Você sabia que os aromas são capazes de curar? Veja abaixo como a aromaterapia trata problemas emocionais de forma natural e não agressiva.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Aromas que tratam problemas emocionais

Os aromas são capazes de alcançar as regiões mais profundas do nosso cérebro em centésimos de segundo e evocam memórias do passado ou despertam emoções imediatas. Isto acontece porque o olfato é o sentido que está mais próximo da região do cérebro ligada às emoções: o sistema límbico. Os aromas ativam o nosso hipotálamo, resultando em uma produção de hormônios que controlam as funções do nosso corpo, como o comportamento, o apetite, a disposição e o bom humor. Já outra região do cérebro, o hipocampo, é responsável pela nossa memória olfativa e é ele o responsável por desencadear memórias em nossa mente ligadas a um aroma que já sentimos no passado e associamos a um momento já vivido. Essas memórias olfativas são permanentes, e através da aromaterapia, podemos resgatas ou amenizar estados emocionais ligados a essas memórias. Entenda como.


Como os aromas agem no tratamento

Existem na aromaterapia óleos essenciais que são capazes de limpar velhos sentimentos que estão atrelados em nossa memória olfativa e que podem estar contaminando a nossa vida. Grande parte das doenças têm origem nas nossas emoções mais profundas: a raiva, o desequilíbrio, a angústia, a mágoa, os ressentimentos, os traumas e muitas outras. A aromaterapia nos coloca em contato com esses problemas emocionais para que consigamos entender de onde ela vem e depois amenizá-las.

Como você pode perceber, não é um tratamento simples, é algo que é tão eficaz (e doloroso) como uma terapia, por exemplo, pois você terá que revisitar situações difíceis da sua vida que lhe causam os problemas emocionais a fim de entendê-los e curá-los (ou ao menos, amenizá-los). Normalmente, a aromaterapia é utilizada como uma terapia auxiliar para facilitar o entendimento das emoções e tratamento dos problemas emocionais.

Como utilizar: coloque diariamente 2 gotas de um dos óleos essenciais indicados abaixo no seu difusor pessoal de óleos essenciais. Você pode também pingar a mesma quantidade no seu travesseiro ou lençol 30 minutos antes de dormir.


Leia também: Aromaterapia: o óleo essencial ideal para cada signo


Aromas que aliviam a raiva

Durante a nossa vida, podemos ir acumulando, pouco a pouco, raiva em relação a alguém, a algum assunto ou alguma situação. Essa raiva acumulada vai ser tornando uma amargura e quando nos deparamos com problemas envolvendo essa pessoa ou situação, perdemos o controle, explodimos em raiva e não sabemos como controlar isso. Se a raiva for uma emoção frequente em sua vida, sugere-se o uso dos seguintes óleos emocionais:

  • Óleo essencial de Lavanda: esse óleo ajuda no equilíbrio das emoções e propicia um estado de calma imediato.
  • Óleo essencial de Hortelã: controla as emoções, aumenta a paciência, a tolerância e diminui a irritabilidade.
  • Óleo essencial de Camomila: é um poderoso calmante, alivia as angústias, a amargura, a irritação constante, a tristeza profunda e também a depressão.

Leia também: Aromaterapia contra insônia: combinação de óleos essenciais para dormir melhor


Aromas que aliviam traumas emocionais e físicos

Os traumas são feridas emocionais graves, que podem acontecer em qualquer época da vida e deixar marcas que são frequentemente acionadas no nosso dia a dia. Para aliviar traumas emocionais ou físicos, sugere-se:

  • Óleo essencial de Vetiver: é um óleo que aumenta a autoconfiança, a autoestima e a determinação. Traz coragem para enfrentar desafios,retira bloqueios, coloca os nossos pés no chão, nos dando maior estrutura e flexibilidade.
  • Óleo essencial de Benjoim: este óleo traz sensação de acolhimento para os momentos de desespero causados pelo trauma. Ele ajuda a restaurar a calma, conduz de volta ao eixo, aliviando dores e feridas emocionais.

Leia também: Colar para aromaterapia: um difusor pessoal para óleos essenciais


Aromas que ajudam a expor os sentimentos

Inúmeras pessoas têm dificuldade de dizer o que pensam, de expor os seus sentimentos e ficam com aquilo engasgado, o que faz muito mal para a sua saúde emocional. Quando não conseguimos expor os nossos sentimentos, somos capazes de desenvolver problemas do sistema digestório, como gastrite, azia, queimação e refluxo, por exemplo. Veja os aromas indicados para alívio e tratamento deste problema:

  • Óleo essencial de Capim Limão:este óleo ajuda a controlar as emoções quando estamos diante de situações que nos sufocam, ele ajuda a ter calma para se expressar, conseguir colocar as emoções para fora, faz com que nós não “engulamos sapo”, consiga expressar principalmente raiva e irritabilidade de forma ponderada.
  • Óleo essencial de Pinho: é um óleo que favorece a comunicação, o diálogo aberto, o respeito e o entendimento entre as pessoas.
  • Óleo essencial de Patchouli: este óleo ajuda a quebrar a rigidez de pensamento, quebrando a teimosia de pensamentos obsessivos. Ajuda a evitar padrões de comportamento repetitivos que conduzem a dificuldade de se expressar.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada: