.
Amizade virtual pode ser verdadeira?

Amizade virtual pode ser verdadeira?

A internet passou a fazer da nossa vida de tal forma que muitas vezes não conseguimos nem imaginar como seria a nossa vida sem ela. Como olhar como vai ser o tempo para saber se levo ou não o guarda-chuva? Como saber como está o trânsito e qual caminho pegar para o trabalho? Como saber das notícias ou ter contato com amigos e familiares? Muitas vezes nos vemos dependentes desse meio para quase tudo, e podemos nos esquecer na vida real por estarmos hiperconectados. Com as amizades é semelhante: estamos nos tornando bons amigos virtuais e esquecendo da vida real? É possível que uma amizade virtual seja tão verdadeira quanto uma amizade real? Veja no nosso artigo.

Em busca de respostas? Faça as perguntas que sempre quis numa Consulta de Vidência.

10 min de consulta por telefone SÓ R$ 5.

Os desafios das amizades virtuais


Muitas vezes temos amizades virtuais simplesmente porque não conseguimos – devido à distância – estar perto daqueles amigos queridos. Então, o Facebook, o Skype, o Facetime e o Whatsapp, por exemplo, tornam-se peças chaves para não perder contato com quem tanto se gosta e isso é algo louvável, revela o apreço que amigos têm em manter a amizade.
Mas, muitas vezes nos ancoramos nas redes para manter a ligação e esquecemos o quanto é importante estar próximo. As amizades virtuais podem ser reais? Podem sim, e podem ser reforçadas diariamente na distância da internet, mas é preciso tomar cuidado para não deixar que a proximidade virtual nos torne cada vez mais afastados dos nossos amigos.

Leia Também: Amizade – a família que o nosso coração escolhe

Cuidado com o comodismo


De vez em quando deixamos de sair para encontrar um amigo para conversar porque podemos fazer isso online. Sair de casa para encontrar envolve gastar dinheiro, ficar no trânsito, ter que se arrumar, desprender energia e muitas vezes acabamos preferindo ficar falando com a pessoa através do chat do que se deslocar para encontrá-la. É preciso estar próximo dos amigos, olhar nos olhos, dar-lhes um abraço, mostrar-se presente.
Na internet, muitas vezes deixamos de falar o que realmente sentimos, porque é uma relação fria. Se for possível estar junto, esteja. Não deixe que uma amizade real se torne virtual sem o empecilho da distância, quando ela pode ser vencida com um pouquinho de esforço, o encontro sempre fortalece os laços.

Leia Também: Banho de rosas: As emoções da vida e do amor

Cuidado com as aparências

Na internet podemos ser quem quisermos ser, demonstrar que somos uma coisa quando na verdade somos outra. Demonstrar que estamos felizes quando na verdade estamos amargurados. Fingir que temos uma vida de uma forma e ‘enganar’ os nossos amigos através das redes. Muitos amigos que não se encontram com freqüência acabam se tornando verdadeiros estranhos. Quando estabelecem uma conversa mais demorada, percebe-se que a relação virtual é muito diferente da vida real. Nas redes, podemos até mudar de personalidade – isso ressalta a importância de se estar juntos.

Já sei tudo o que se passa com ele!


O fato de sermos amigos nas redes sociais, vermos as fotos da pessoa, os lugares onde ela faz check in, as músicas que ela compartilha, faz com que, muitas vezes, achemos que nós nem precisamos encontrar a pessoa – já sabemos o que se passa na vida dela. E isso pode não refletir a realidade. Se vocês são realmente amigos, há muito a se falar para além das redes sociais. Ninguém diz tudo o que pensa na rede (mesmo quem passa o dia todo por lá).

Leia Também: Oração poderosa para todos os momentos da vida

O contato é insubstituível

A internet nos traz facilidades incríveis e pode (e deve) ser nossa aliada para manter nossos laços de amizade, afinal de contas nem sempre podemos encontrar aquele amigo querido com a freqüência que gostaríamos. Por isso, façam uso desse meio sem deixar que ele ser torne o único canal de contato de suas amizades.
O sorriso sincero, o abraço, e o falar por horas sem pressa de ir embora é essencial para manter uma amizade, aprofundá-la, tornar-se cúmplice e aumentar o sentimento de amor e carinho que se tem um pelo outro. Afinal, o mundo virtual, mesmo fantástico como é, não pode ser um substituto da interação pessoal.


Descubra a sua orientação espiritual! Encontre-se!

Gostou? Compartilhe!