.
O conceito de alma gêmea no Espiritismo

O conceito de alma gêmea no Espiritismo

Você acredita em alma gêmea? Acha que já encontrou o amor da sua vida ou segue na busca? Veja como o se define o conceito de alma gêmea no espiritismo.

Encontre as respostas para os seus pedidos!

Aceite a ajuda do seu Anjo, viva melhor.

Quero a Ajuda Espiritual!

Alma gêmea no Espiritismo existe mesmo?

Quando estamos bem em um relacionamento, o nosso parceiro parece que nos completa, que foi feito para nos fazer feliz. Costumamos pensar: encontrei a minha alma gêmea. Quando os problemas começam a aparecer, o que é normal em todo e qualquer casal, esse ideal de “metade da laranja” cai por terra. Será que não existem mesmo almas gêmeas?

Para o Espiritismo, não existem duas almas que tenham sido criadas por Deus exclusivamente uma para outra. O que acontece é existirem duas pessoas com interesses em comum, tanto na vida, quanto no amor. Por isso, a afinidade é tão grande que faz com que elas desejem estar juntas para sempre. Ou pelo menos, a intenção é essa. Mas isso não significa que eles são feitos um para o outro, as diferenças sempre vão existir, não existe um casal perfeito.


Para o espiritismo, existem almas afins

alma gêmea no Espiritismo

Existem almas afins, aquelas que buscam a felicidade pelo mesmo caminho e por isso combinam tão bem com pessoas que têm pensamentos semelhantes. O Espiritismo fala também da presença de espíritos mortais, que durante toda a sua trajetória evolutiva, deve encontrar vários amores em várias vidas. Você pode ter encontrado um grande amor nesta vida, uma alma afim, e talvez na sua próxima encarnação nem chegar a conhecê-lo.


O encontro de almas afins em outras vidas

Por mais que não exista, para o Espiritismo, almas predestinadas a ficarem juntas, duas almas que tiveram uma relação de amor intenso em uma vida podem sentir-se atraídas nas próximas encarnações.  Ao se encontrar, uma atração muito forte (e inexplicável) pode aparecer entre essas duas almas, elas compartilham das mesmas afinidades que as fizeram ficar juntas em vidas passadas, mas nem sempre ficam juntas novamente.


Leia também: Feitiço de amor cigano para encontrar sua alma gêmea


Então não existe predestinação na doutrina espírita?

Predestinação em ficar juntos como um casal, não. O que existe são almas que por terem muita simpatia, afinidade e afeto uma pela outra, podem se unir para viver juntos nessa vida, evoluírem juntos na caminhada pela terra. Não precisa exatamente ser um casal, podem ser almas afins que decidem ficar juntas sem razões românticas. Assim como almas que formaram casais românticos em outras vidas podem se encontrar e seguir a trajetória na terra como amigos, parentes ou colegas de trabalho, por exemplo. Nas trajetórias de desencarnação e encarnação, muitos fatores entram em jogo. Mas a história dessas almas pode ficar interligada por uma relação muito forte vivida no passado e tenderem a caminhar pelo mesmo destino.


A programação dos encontros de almas

O encontro de almas afins depende da programação traçada por cada um que ocorre antes de reencarnar. Segundo o Espiritismo, antes de voltar à Terra, cada espírito faz um plano em que define o caminho evolutivo, e neste plano é lançada a possibilidade de encontrar ou não almas afins de vidas passadas. Caso este encontro esteja programado, ele certamente irá acontecer em algum momento da vida. Não quer dizer que irão se encontrar, e logo ficarem juntos para sempre, não é bem assim. As vezes as almas se encontram, se reconhecem e depois se perdem novamente, cada um segue o seu caminho. Existe também a possibilidade de duas almas afins de vidas passadas se encontrarem por acaso, sem que tenha sido traçado o encontro no seu plano evolutivo, pelas voltas que vida dá na Terra. O encontro de almas afins não é facilmente reconhecível, é preciso ter uma sensibilidade aguçada para perceber isso, e normalmente estes encontros não são marcados por um mar de rosa. Eles geram um aprendizado intenso, uma conexão com outras vidas, com o que está além da nossa existência – e infelizmente nem todo mundo está espiritualmente preparado para isso.


Leia também: Sonhos com a alma gêmea – destino ou fantasia?


Almas gêmeas no livro de Emmanuel

No livro “Consolador” do guia espiritual de Chico Xavier, Emmanuel trata do conceito de almas gêmeas. Segundo ele, a expressão refere-se a duas almas ligadas pelo amor, pela simpatia e pela afinidade. Não são duas metades, não são pessoas que necessitam uma da outra para formar um inteiro. São duas almas que suas individualidades completas se assemelham e por isso atraem-se mutuamente e tendem a querer caminhar juntas. No Livro dos Espíritos, na questão 301, diz “A simpatia que atrai um Espírito para o outro resulta da perfeita concordância de seus pendores e instintos”, confirmando a visão de Emmanuel sobre a alma gêmea no espiritismo.


O que a psicologia diz sobre a alma gêmea no Espiritismo?

Na psicologia, a expressão alma gêmea tem descrédito, pois os psicólogos acreditam que é apenas uma versão adulta do “príncipe encantado” ou da “princesa perfeita”. Como esta ciência analisa a mente humana e não a alma, não credita a atração entre pessoas como a relação pré-existente em vidas passadas.


Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Saiba mais :

Ana Luiza Fernandes Ana Luiza Fernandes

Jornalista, mestre em Ciências da Comunicação e escolheu esse destino por amar ler e escrever desde criança. Vive conectada à internet, não perde uma novidade do cinema, da música e da literatura e busca constantemente a evolução pessoal e espiritual

 

Faça aqui a sua Consulta Online Personalizada:

Gostou? Compartilhe!