.
A sabedoria da relação entre as flores e os pássaros

A sabedoria da relação entre as flores e os pássaros

Você já parou para pensar na beleza da relação entre as flores e os pássaros? As flores, belas e cheias de perfume, se abrem iluminando o dia de todos com sua cor e atraindo a atenção dos pássaros. Lá vão eles, com sua alegria e seu canto, sugar o néctar da flor e ao mesmo tempo polinizá-las e multiplicá-las, trazendo ainda mais beleza ao mundo e néctar aos demais pássaros.

encontre resposta para os seus pedidos

Quero a ajuda do meu Anjo!

A espiritualidade entre as flores e os pássaros


É nessa relação linda e recíproca que os pássaros alimentam-se das flores e as flores espalham-se e tornam a nascer graças ao pássaro que podemos ver a relação da espiritualidade e dos homens. As flores representam a espiritualidade, que traz toda a beleza a terra e aos nossos olhos. Os homens são os pássaros, que admiram a beleza e propicia a disseminação da espiritualidade.

A espiritualidade existe por si só, em todos os lugares, assim como as flores, que não precisam do homem para existir, ela é uma criação divina que atrai os olhares dos polinizadores que as disseminam. A espiritualidade é a mesma coisa, ela existe em cada um de nós, cabe a nós espalhar esse conhecimento, nas mais variadas formas de ver e pensar em Deus.

► Saiba preparar um banho de flores

A religião


A religião é uma forma de disseminar o conhecimento da espiritualidade, é uma das maneiras de trabalharmos como pássaros polinizadores. Ela pode funcionar como um adubo, que fortalece a beleza da flor Divina e dá maior visibilidade a ela. Mas outras vezes, a religião pode também envenenar a terra de flores sagradas, retirando-lhes a vida. A religião que não semeia o amor mas sim o ódio envenena a terra, e quem a poliniza (ou seja, a dissemina) espalha esse veneno, e acaba por fim, colhendo deserto.

Leia Também: O poder afrodisíaco das flores

A flor precisa de força, não de uma estufa


As flores são a representação de Deus, em sua infinita beleza e singularidade, e da mesma maneira que Deus não precisa de uma suntuosa catedral com ricos altares para se manifestar e para que nós possamos sentir a sua energia divina, as flores não precisam de uma estufa cheia de adubo para nascerem. Elas nascem nas condições mais improváveis, até em terrenos secos ou em meio às rochas. Deus manifesta-se em todo e qualquer lugar, não somente em redomas sagradas.

Deus aparece onde há a necessidade da vida, oferece luz àqueles que precisam dela. A flor aparece onde há a necessidade da beleza, do pólen, oferecendo o alimento aos pássaros. Cabe a nós, pássaros, preparar a nossa vida para termos um terreno fértil e sempre propício ao aparecimento das flores, preparar o nosso coração para termos sempre a presença de Deus em nossa vida.  Tenha um jardim florido sempre perto (e dentro) de você.

Encontre aqui a orientação espiritual que procura!

Gostou? Compartilhe!